Fase (ex Febem) abre licitação para comprar 13 pênis de borracha para adolescentes


A Fundação de Atendimento Sócio-Educativo do Rio Grande do Sul (Fase) pretende comprar pênis de borracha para 13 instituições distribuídas pelo Estado. Cada unidade deve receber um equipamento para oferecer aulas de orientação sexual a quase mil adolescentes apreendidos.

A proposta da Fase, encaminhada à Secretaria da Administração, era de investir R$ 308 para comprar o material. Entretanto, durante a realização do pregão eletrônico de hoje, o valor mais baixo oferecido foi do fabricante ProLab, que cobrou R$ 626 reais pelos equipamentos. O governo deve avaliar o preço antes de efetuar a compra.

O coordenador de Saúde da Fase, Ricardo Piovesan, esclareceu que não é a primeira vez que materiais como este são adquiridos. Piovesan sustenta que os adolescentes que cometeram crimes entram em um processo de ressocialização. O coordenador justificou que os profissionais precisam de equipamentos adequados para as aulas de orientação sexual, a fim de prevenir gravidez e também para evitar doenças sexualmente transmissíveis.

O secretário da Justiça, Fabiano Pereira, foi surpreendido pela reportagem, e afirmou desconhecer esse tipo de aquisição. A Secretaria da Justiça é responsável pela Fase.

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Comentários

  • Carlos  On abril 15, 2011 at am:07 am

    PENSEI QUE FOSSE CRIME COMPRAR MATERIAL PORNOGRÁFICO PARA MENORES! ABSURDO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: