Category Archives: Esporte

Nike vai expandir no Brasil operação no varejo

 

A Maior empresa de artigos esportivos do mundo, a Nike desenhou um projeto de expansão no Brasil, chamado internamente de “Vinte Vinte” ou “2020” que envolve medidas de crescimento mais agressivas para a marca nos próximos anos. Esse plano contempla um conjunto de ações que determinará o tamanho da empresa no país em oito anos.

As medidas têm como foco transformar a companhia num negócio de US$ 2 bilhões de receita entre 2016 (ano da Olimpíada no Rio) e 2020, apurou o Valor. É mais que dobrar a operação.

Medalha de ouro é feita de prata e vale R$ 1.400

Nadadoras australianas do revezamento 4X100 m livre receberão uma bolada em dinheiro e uma passagem de avião melhor para voltar para casa – Crédito: Leon Neal/AFP

Da Reuters

Conquistar uma medalha de ouro é a aspiração de todo atleta olímpico, mas o valor real do objeto é simbólico, comparado aos bônus em dinheiro que muitos países pagam aos vencedores e ao impacto no valor de mercado dos atletas.

As medalhas de ouro nos Jogos de Londres são feitas basicamente de prata com uma fina camada de ouro e algum cobre. Elas valem cerca de R$ 1.400 (706 dólares) atualmente, de acordo com o Conselho Mundial do Ouro.

Embora nem tudo que reluza na medalha seja ouro, conquistar tal medalha rende aos atletas uma valorização extraordinária com patrocinadores, ou, para alguns medalhistas, oferecer um valor de revenda atraente.

Veja o quadro de medalhas

Peter Carlisle, diretor-gerente de Olimpíada e Esportes de Ação da consultoria esportiva Octagon, disse que o valor de mercado de uma medalha de ouro varia de esporte para esporte e país para país, mas pode se traduzir em patrocínios no valor de milhões de dólares.

Natação, atletismo e ginástica são os que atraem mais interesse de patrocinadores.

— Os atletas britânicos que conquistarem o ouro em Londres podem esperar salários de sete dígitos nos quatro anos até as Olimpíadas do Rio em 2016.

Mas, diz ele, realmente tem que ser uma medalha de ouro, não prata ou bronze, para ter esse impacto de marketing.

— A menos que o atleta seja um caso excepcional.

No curto prazo, os atletas com toque de ouro podem contar com remunerações de seus países, já que os 204 Comitês Olímpicos Nacionais têm esquemas de incentivo financeiro para medalhistas de ouro.

Atletas de Cingapura, que jamais conquistaram ouro na Olimpíada, receberão os maiores incentivos em caso de ouro — um milhão de dólares cingapurianos (R$ 1,6 milhão) para quem subir no lugar mais alto do pódio.

Os Estados Unidos pagarão R$ 50 mil (25 mil dólares) a medalhistas de ouro, enquanto os australianos receberão R$ 42 mil (20,9 mil dólares), aparecerão em um selo e viajarão para casa com uma passagem de avião melhor.

A Rússia prometeu R$ 270 mil (135 mil dólares) por ouros, e há relatos de que a Itália ofereceu R$ 260 mil (182 mil dólares).

Rádio “Esportes FM 90.3” estréia neste domingo

O Grupo Bandeirantes de Comunicação terá uma nova rádio a partir deste domingo, dia 15 de julho, a ESPORTES FM 90.3. A emissora que já foi inaugurada em São Paulo é a primeira rádio brasileira com 24 horas de programação exclusivamente esportiva, e agora estará também em Porto Alegre com atualizações de oito minutos a cada meia hora trazendo as principais notícias do esporte gaúcho.

A Esportes FM é uma rádio em rede nacional, que fortalecerá o esporte em todo o país, e no Rio Grande do Sul, a 90.3 FM terá uma programação local intensa. Nos finais de semana, a Jornada Esportiva Band Ipanema estará também sendo transmitida na 90.3, além dos pré e pós jogos. Programas especiais também farão parte da grade nos finais de semana, além das transmissões de automobilismo, basquete, vôlei, lutas, corridas e diversas outras modalidades esportivas.

Durante a semana, de segunda a sexta, a rádio contará com três programas locais. Das 10h às 12h, o ouvinte terá o “Nossa Área Notícias”, com o comando de Zé Aldo Pinheiro e Fabiano Baldasso, abordando as notícias mais importantes do dia, com a participação de convidados e entrevistas especiais sobre todos os esportes. Num segundo momento, Zé Aldo terá a participação de dois cronistas no “Nossa Área GRENAL”, onde virá a tona o debate entre colorados e gremistas, a partir de um enfoque jornalístico, sem esquecer a veia emocional da maior rivalidade do futebol brasileiro.

Das 18h às 19h, o programa “Futebol na Geral”, da BAND AM, agora estará na 90.3 sob o comando de Eron Dalmolin, Paulo Pires e Ribeiro Neto, com a mesma mistura de informação, debate e humor. E das 20h às 22h, os ouvintes poderão acompanhar entrevistas, debates dinâmicos, trilha sonora e muito informação no Band Esporte Show, com Vagner Martins e Carlos Guimarães, um programa que traz uma edição das principais informações do dia.

Saúde: Andar, mesmo que pouco, diminui o risco de diabete

DA REUTERS

Entre pessoas que fazem pouca atividade física, aquelas que andam mais ao longo do dia têm menos risco de ter diabetes, de acordo com uma nova pesquisa.

O estudo, publicado na revista “Diabetes Care”, reforça uma ideia crescente na ciência: a de que mesmo pequenas quantidades de exercício fazem muito efeito para pessoas pouco ativas, segundo Catrine Tudor-Locke, pesquisadora do Centro de Pesquisa Biomédica Pennington, em Luisiana (EUA), que não fez parte do estudo.

A recomendação, segundo a pesquisadora, é de 10 mil passos por dia –mil passos equivalem a 800 metros; o ideal, portanto, é andar oito quilômetros diariamente.

Até agora, poucos estudos tinham medido precisamente quantos passos as pessoas andam por dia, de acordo com Amanda Fretts, pesquisadora da Universidade de Washington e autora principal do trabalho.

Para fazer a pesquisa, os cientistas pediram a mais de 1.800 pessoas que usassem um pedômetro durante uma semana. Todos os voluntários eram de comunidades americanas conhecidas por terem baixos níveis de atividade física e altas taxas de diabetes.

Um quarto do grupo andava menos de 3.500 passos diariamente (atividade física muito baixa) e metade dos participantes andava menos de 7.800 passos por dia. Nenhum dos voluntários tinha diabetes no início do estudo, mas, após cinco anos de acompanhamento, 243 pessoas desenvolveram a doença.

Depois de levar em conta outros fatores, como obesidade na infância e tabagismo, os pesquisadores concluíram que quem andava mais tinha 29% menos risco de ter diabetes do que aqueles que caminhavam menos.
Segundo a pesquisadora, o exercício também tem efeitos sobre os níveis de glicose e inflamação no organismo, o que pode influenciar.

Os benefícios da caminhada moderada (menos de 10 mil passos diários), porém, valem só para “aqueles que são realmente inativos, para começar”, de acordo com Tudor-Locke. Não quer dizer, claro, que quem tem um nível alto de atividade precise diminuir o ritmo.

Polêmica: Justiça “censura” livro de Anderson Silva

Tá no  Blog/Coluna do Ricardo Setti

Decisões da Justiça em uma democracia não se discutem, cumprem-se.

O livro proibido: no Brasil democrático, quem censura é a Justiça

Como essa espantosa adotada pelo Tribunal de Justiça do Paraná que, em atenção a medida liminar impetrada por Rudimar Ferdigo, proprietário de uma academia de lutas marciais em Curitiba, mandou proibir a circulação do livro Anderson Spider Silva — O Relato de um Campeão nos Ringues da Vida (Editora Primeira Pessoa), biografia autorizada do grande campeão dos pesos médios do UFC escrita pelo jornalista Eduardo Ohata.

O motivo: ao longo do texto do livro, entre outras declarações, Anderson chama seu ex-treinador de pessoa “do mal”, diz que ele prejudicou pessoas e sugere que comprou sua faixa preta.

Pois então que  Ferdigo processe Anderson criminalmente, peça indenizações, faça e aconteça. Proibir um livro, num Estado de Direito democrático, é um absurdo! Anderson expressou, no livro, suas opiniões. É responsável por elas.

Que seja ele processado, se for o caso. Não é admissível que, uma vez mais em uma biografia, pessoas que se sentem prejudicadas acabem prejudicando o público leitor e a liberdade de opinião, assegurada na Constituição.

É aquela velha história: com a ditadura, foi-se a censura. O que resta de censura, hoje, reside no Judiciário, em casos como esse — como ocorreu, durante anos, com Estrela Solitária (Companhia das Letras, 1995), a excelente (e respeitosa) biografia que o jornalista Ruy Castro traçou do grande craque Garrincha, já falecido, contestada na Justiça por suas filhas.

Pelé leva sua rede de academia para o exterior

Rede Pelé Club abrirá unidades nos EUA e na China em 2013 e outras cinco no Brasil neste ano.

O rei do futebol também mostra ter habilidade para lidar com cifrões. Os negócios do melhor jogador de todos os tempos vão ultrapassar as fronteiras brasileiras no ano que vem, quando a rede de academias Pelé Club vai inaugurar unidades em países como Estados Unidos e China.

Além disso, o preço das franquias caiu 50% no Brasil para atrair mais investidores.

Segundo André Figer, que gerencia as franquias da Pelé Club, os Estados Unidos e os países da Ásia são o foco inicial da expansão internacional.

“Fizemos uma pesquisa e constatamos que esses são os lugares onde a aceitação do nome Pelé é recorde, além de serem locais onde o futebol, principalmente o feminino, tem crescido muito”. A lista de novos destinos também inclui México, Alemanha, Rússia e Portugal.

“Já temos contatos avançados em todos esses países. O nome do Pelé abre muitas portas”, ressaltou Figer, que não soube precisar o valor das franquias internacionais, mas afirmou que os aparelhos necessários para compor as academias são até 60% mais baratos que no Brasil.

Por enquanto, o rei comanda três academias no país, duas em Minas Gerais e uma em São Paulo, ao lado de Figer, empresário com experiência no mercado da bola. Antes de alçar voos internacionais, a Pelé Club quer franquear mais cinco unidades até o fim deste ano.

“No começo da minha carreira eu não tinha estrutura para treinar e fazer musculação. Precisava improvisar e usava sacos de cimentos, não quero mais ninguém passando por isso”, lembrou Pelé.

A ideia de atrelar o nome de ex-jogador a uma rede de academias surgiu em 2005, mas o formato do negócio precisou ser revisto recentemente porque as franquias eram muito caras.

“Agora com R$ 1 milhão é possível ter uma academia com o padrão do rei. Antes, o mínimo era de R$ 2 milhões”, disse André Figer. “E sempre dá para financiar”, completou Pelé com bom humor.

Do total do investimento inicial, 40% é destinado para a compra de máquinas e equipamentos e a taxa de franquia é de cerca de R$ 120 mil. O faturamento das três unidades da Pelé Club no ano passado foi de R$ 15 milhões.

As cinco unidades abertas até o final deste ano serão instaladas nas regiões Sul, Sudeste e Nordeste, em cidades com mais de 200 mil habitantes. “Quem sabe um dia ainda não abrimos uma academia em Três Corações”, brincou Pelé, fazendo referência a cidade mineira onde nasceu.

Brasil Econômico

FUTEBOL: Times são condenados a indenizar torcedores

 

Clubes e federações de futebol têm sido condenados pelo Judiciário a indenizar torcedores que sofreram agressões ou acidentes dentro ou fora de estádios. O Tribunal de Justiça de São Paulo determinou em maio que o São Paulo e a Federação Paulista de Futebol paguem 120 salários mínimos por danos morais a um torcedor corintiano, pintor de paredes, que caiu de uma rampa de acesso ao Morumbi. Além disso, estabeleceram uma pensão mensal de aproximadamente R$ 940, acrescida de juros.

Em Minas Gerais, após assistir a uma partida entre Cruzeiro e Goiás, o advogado Cléscio César Galvão foi vítima de um arrastão em frente ao estádio do Mineirão. Agredido por assaltantes, Galvão moveu uma ação contra seu próprio time, o Cruzeiro, mandante do jogo, e deverá receber, de acordo com decisão da Justiça, cerca de R$ 7 mil de indenização por danos morais e materiais.

Guga engorda a conta bancária com publicidade

 

Gustavo Kuerten parou de jogar tênis em 2008, mas não deixa de engordar a conta bancária. O ex-tenista acaba de ser contratado, por cinco anos, como novo embaixador da grife francesa Lacoste e já posou para sua primeira campanha publicitária.

Nota da Lacoste:

A LACOSTE tem o prazer de anunciar que o famoso jogador de tênis, Gustavo Kuerten, se tornou hoje o novo embaixador da marca por cinco anos e será apresentado na nova campanha publicitária “Unconventional Chic”. O campeão de tênis representa perfeitamente os valores da marca do Crocodilo: elegância descontraida, estilo e “joie de vivre”.

Famoso por sua impressionante carreira como tenista, Gustavo Kuerten – também conhecido como Guga – divide com a LACOSTE uma relação muito especial com o Torneio de Roland Garros. O estádio foi de fato construído nos anos de 1920 para sediar a primeira Copa Davis, vencida pelos “Quatro Mosqueteiros”, incluindo René Lacoste, o fundador da marca. Anos depois, Gustavo Kuerten venceu o prestigioso Torneio de Roland Garros três vezes, em 1997, 2000 e 2001 e estabeleceu um forte relacionamento com a plateia ao desenhar um coração na quadra de argila após sua última vitória.

“Quando eu era mais novo, Roland Garros e LACOSTE eram parte dos meus sonhos. Hoje, eu vivo esta realidade espetacular; é mais uma experiência mágica em minha vida”, diz Gustavo Kuerten, “Estou muito orgulhoso de ser o embaixador da LACOSTE. Para mim, a LACOSTE é referência em termos de estilo e elegância”.

Além de sua carreira como tenista, Gustavo também participa de várias ações de caridade.  Em 2000, ele fundou o Instituto Guga Kuerten, cujo objetivo é ajudar crianças com deficiência e desprivilegiadas por meio do esporte. Em 2001, ele recebeu o prêmio de juventude e civilização da UNESCO por suas ações fora da quadra. Em 2004, Guga também ganhou o prestigioso “Prêmio Humanitário Arthur Ashe” por seu trabalho no Instituto Guga Kuerten.

Lacoste

Skatista de 12 anos é o primeiro a fazer manobra 1080º

Com apenas 12 anos, o norte-americano Tom Schaar escreveu um novo capítulo na história do skate mundial. O jovem de Malibu, na Califórnia, tornou-se, nesta semana, o primeiro skatista a conluir um 1080º, que consiste em três giros completos no ar. A manobra é uma evolução do 900º, que até então era considerada a “mais difícil” de ser realizada.

No vídeo, divulgado nesta sexta-feira, Schaar comprovou que as novidades da prancha com rodinhas está nas mãos dos novos prodígios. Há cerca de dez meses, o também norte-americano Mitchie Brusco, de 14 anos, foi o mais jovem a concluir um 900º, enquanto estava no Brasil para uma competição em megarrampa.

Para realizar a façanha, Schaar precisou fazer adaptações. A pista usada pelo skatista, que conta com um vão de 15,2 metros entre uma descida e outra, o impedia de manter-se na velocidade necessária para a manobra. Ele precisou que fosse construida uma ponte pela qual pudesse passar sem interferências.
ASSISTA:

Skatistas renomados já se arriscaram no 1080º, mas nenhum foi capaz de acertar. O maior campeão do snowboard, Shaun White, foi um dos que tentaram em um skate, usando como pista um half-pipe comum, de cerca de 4m. No entanto, o norte-americano não conseguiu reproduzir a manobra comumente realizada nas competições na neve.

Neymar é o novo Gol da Volkswagen

 

O craque Neymar, do Santos e da seleção brasileira, é o novo gol da Volkswagen. O jogador será garoto-propaganda da montadora de origem alemã. O anúncio oficial da assinatura do contrato ocorrerá na sexta-feira, 30, na cidade de Santos.

Ainda no campo do futebol, a empresa é patrocinadora oficial da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) desde 2009 (o contrato é válido até 2014) e também do time do Resende Futebol Clube, cidade fluminense onde a Volks tem uma fábrica.

%d blogueiros gostam disto: