Arquivo do dia: setembro 14, 2008

Cristiano Ronaldo diz ser o melhor do mundo

Favorito para ser escolhido o melhor do jogador do mundo deste ano, o meia-atacante português Cristiano Ronaldo, do Manchester United, deixou a modéstia um pouco de lado e afirmou que merece receber o prêmio da Fifa.

“Para ser honesto, eu acho que fui o mais consistente e o melhor. E quero entrar na lista dos melhores jogadores de todos os tempos”, disse o atleta, que se recupera de uma cirurgia no tornozelo direito.

O português também é o favoritos para o prêmio Bola de Ouro, que é entregue pela revista “France Football”, e deixa claro que aposta em si mesmo: “o melhor candidato para os outros prêmios é Cristiano Ronaldo”.

Ronaldo recebeu no sábado o troféu Chuteira de Ouro, dado ao artilheiro máximo da Europa na última temporada, na ilha da Madeira, em Portugal, sua terra natal.

Sobre o prêmio, ele disse acredita que, ao conquistá-lo, ajudou a mudar o futebol. “Com essa Chuteira de Ouro, eu mudei o futebol um pouco. Normalmente atacantes vencem, e eu sou um ponta”, concluiu.

Uruguaios farão paella gigante em Porto Alegre

O conselho de turismo da cidade uruguaia de Piriápolis organizará, em outubro, uma paella gigante em Porto Alegre, na tentativa de atrair turistas para suas praias. “A idéia é organizar uma paella para que seja degustada por 5 mil pessoas e de quebra divulgar as virtudes turísticas de Piriápolis”, afirmou o diretor do conselho de turismo da cidade, Carlos Repetto.

A paella será preparada dia 16 de outubro no Parque Harmonia de Porto Alegre, mas já há 30 pessoas trabalhando nela, acrescentou o empresário em declarações à imprensa uruguaia. “Levando em conta a mudança de moeda favorável aos brasileiros, pretendemos que eles escolham Piriápolis e outras regiões do Uruguai para suas próximas férias”, ressaltou Repetto.

Piriápolis é a segunda cidade balneário do Uruguai atrás de Punta del Este, está localizada 100 quilômetros ao nordeste de Montevidéu e tem costas no rio da Prata.

ARitter

Volkswagen relança o Voyage

A montadora Volkswagen anunciou que a versão sedã do novo Gol vai se chamar Voyage. O modelo deve ser vendido nas seguintes opções: 1.0 básico e 1.6 básico, Trend e Comfortline.

A multinacional alemã resgata o nome Voyage, que foi fabricado entre os anos de 1981 e 1996. O novo Voyage marca o retorno da marca ao segmento de sedãs compactos, no qual a marca estava afastada desde o antigo modelo.

A Volkswagen liberou uma imagem do modelo sem revelar sua traseira, e agora divulga uma imagem de parte da lanterna.

O site da Revista QUATRO RODAS tem mais informações sobre o retorno do Voyage.

Ministro receberá indenização por exílio no regime militar

O novo ministro da Cultura, Juca Ferreira, recebeu ontem uma boa notícia: a Comissão de Anistia do Ministério da Justiça, em visita à capital baiana, anunciou a concessão ao ministro de uma indenização de 270 salários mínimos, no valor aproximado de R$112 mil. Para obter a reparação, Juca relatou que foi processado pelo regime militar, perseguido e condenado diversas vezes, e que a vida no exílio teria provocado grande sofrimento e desequilíbrio em sua família, levando sua mulher, na época, a cometer o suicídio.

Juca Ferreira, ex-militante estudantil, sociólogo e ambientalista, foi preso na Bahia, em 1970, por envolvimento com grupos políticos de esquerda e viveu na clandestinidade até exilar-se no exterior. O ministro teve garantida a contagem de tempo de serviço durante o período em que esteve exilado para fins previdenciários, e o reconhecimento de seu diploma do curso de sociologia concluído na Universidade de Paris. Com isso, ele terá a possibilidade de se matricular no curso de mestrado em sociologia em qualquer instituição de ensino superior.

Durante os dois dias em que esteve em Salvador, a Comissão de Anistia avaliou 12 requerimentos, envolvendo 72 casos de perseguição política. Ontem, em sessão especial, foi avaliado o caso dos petroquímicos do Pólo de Camaçari, demitidos por justa causa em 1985, já no período de redemocratização brasileira, por uma greve que durou 23 dias. Os envolvidos na greve afirmaram que tiveram seus nomes incluídos em uma lista do Serviço Nacional de Informações (SNI) e, por isso, não teriam mais conseguido trabalhar em nenhuma outra empresa do ramo.

A Tarde

%d blogueiros gostam disto: