Noivo morre na festa do casamento gay


Terminou em tragédia o primeiro casamento homossexual realizado no balneário argentino de Mar del Plata, a 400 quilômetros ao sul de Buenos Aires.

Enquanto dezenas de familiares e amigos do casal desfrutavam da festa, um dos noivos passou mal e teve de ser levado com urgência a um hospital, onde faleceu mais tarde.

Néstor Berchot ( a esquerda na foto) tinha 45 anos e horas antes havia se casado com Adrián García, de 42. Segundo os familiares e jornais locais, o cabeleireiro teve uma súbita crise de hipertensão.

O Congresso argentino aprovou em 15 de julho a reforma do Código Civil que reconheceu o matrimônio homossexual, que fez com que a Argentina se tornasse o primeiro país latino-americano a autorizar a união gay.

De acordo com os dados de organizações da comunidade homossexual, cerca de 600 casais do mesmo sexo de países latino-americanos e europeus já realizaram consultas a fim de se casarem na Argentina após a aprovação da lei.

Antes da vigência desta normal legal, nove casais já haviam casado no país sob decisões judiciais, ainda que algumas destas reuniões tenham sido depois anulados.

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Trackbacks

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.448 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: