Ulbra em Greve


Os professores da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra) decidiram ontem entrar em greve por tempo indeterminado.

A paralisação do Ensino Superior já começou nas aulas da noite passada, devendo se fortalecer durante o dia de hoje. Os docentes da Educação Básica poderão cruzar os braços a partir da próxima segunda-feira.

Afalta de pagamento dos salários de março dos cerca de 2 mil professores, que deveriam ter sido depositados na sexta-feira passada, motivou a mobilização. Em assembleia, a categoria decidiu fazer no fim da tarde de hoje um protesto em frente ao campus de Canoas, onde serão distribuídos folhetos explicando o movimento. Os professores entregarão também um manifesto exigindo a saída da atual reitoria da Ulbra.

– Não é mais uma questão só de salário. É um desrespeito total essa continuidade de descumprimentos de acordos. Queremos a destituição da reitoria para que a instituição possa se reorganizar – aponta o diretor do Sindicato dos Professores do Ensino Privado do Rio Grande do Sul(Sinpro), Marcos Fuhr.

O diretor ressalta ainda que a Ulbra teria desobedecido ao acordo judicial, que previa o pagamento dos contracheques atrasados e o comprometimento de quitar em dia os salários dos professores.

Os campi de Canoas, Guaíba e Gravataí concentram a maior parte da mobilização, mas a direção do Sinpro espera a adesão de docentes de outras unidades ainda esta semana.

A Ulbra, por meio da assessoria de imprensa, preferiu não se manifestar ontem e afirmou que o resultado da assembleia deverá ser avaliado hoje pela instituição.

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Comentários

  • Fernanda  On outubro 19, 2010 at pm:43 pm

    Olha isso ja virou palhaçada so quero saber se essa faculdade nao der em nada se vao devolver nosso dinheiro.

  • Anônimo  On abril 24, 2009 at pm:31 pm

    Enquanto os alunos pagam em dia suas mensalidades, os professores da Ulbra de Itumbiara, ficam sem receber. Hoje dia 24/04/2009, os prefessores ainda noa receberam, ISSO TUDO É UMA PALHAÇADA e os professores ainda vão a esta instituição. ONDE ESTA O APOIO DOS ALUNOS? CADE O DCE DA ULBRA DE ITUMBIARA PARA MOBILIZAR A FAVOR DE SEUS PROFESSORES. SÃO TODOS DESUNIDOS. VAMOS, REAJAM afinal todos estão perdendo com isto. E coordenadores puxa sacos, estão com suas contas cheias?

  • Aluno  On abril 13, 2009 at pm:24 pm

    O que eu gostaria mesmo que melhorasse na Ulbra é a qualidade de ensino, pelo menos no meu curso Ciência da Computação o aluno não sai formado em nada, e chega no final do curso eles exigem trabalhos de conclusão muito pesados, ou seja, o aluno tem de provar que aprendeu o que não aprendeu, a maioria que consegue terminar o curso já entrou na Ulbra com grande experiência na área, e tem muitos que chegam no final do curso e não concluem devido a este TCC muito rigoroso, eu conheço várias pessoas, ou seja, eu concordaria com este tipo de cobrança nos trabalhos se o curso realmente preparesse o aluno para isto, por que não existe relatórios a disposição de todos com percentuais de quantos alunos entram no curso e quantos se formam por semestre e qual o nível de formação e conhecimento de cada um ao entrar?

  • DJ  On abril 13, 2009 at am:40 am

    Bom dia!

    Colegas, Amigos e Professores, é com grande decepção que escrevo esse e-mail

    Sinto-me desiludido quanto ao meio de gestão de nossa universidade, onde a gestão atual não cumpre com suas obrigações junto a justiça e com seus colegas de trabalhos que são os professores, nossos mestres e mentores, o que a digníssimo gestão esta demonstrando a nós alunos? Sinceramente, não quero concluir meu ensino superior em uma universidade que será conhecida como universidade da falcatrua onde seu reitor demonstra possuir empresas de fachada, onde seu reitor adquire carros importados tudo isso informado pela imprensa e enquanto isso seus professores que são as pilastras de nosso ensino ficam na ilusão e enganação, hoje tais circunstâncias fazem-nos lembrar do histórico período do Brasil Império, no qual reinava em demasia a ausência de direitos e obrigações entre os cidadãos. O regime era imperial com características totalmente diferentes das de hoje, o despotismo era o carro chefe dos desmandos e abusos dos reis, cujo poder se sucedia de pai para filho sem a participação do povo. Com isso, todos estavam expostos, a qualquer momento, aos horrores da anarquia e da insegurança social e política. Figuras como D. João VI, D. Pedro I e D. Pedro II não saem da nossa memória, uma vez que, quando colônia, éramos vistos como fontes de especiarias a ser explorada até as últimas conseqüências, tudo isso é demonstrado para nós alunos, ao qual pagamos nossas mensalidades em dia, cumprimos com nossas obrigações para podermos ter um aprendizado digno como sempre foi mas desde o ano passado estamos aprendendo o outro lado da vida, estamos regredindo, onde um reitor entra com pedido de habeas corpus para não ser preso por dividas com o fisco que exemplo esta passando para nós alunos senhor reitor, a imagem de nossa querida universidade diante aos meios de comunicação esta na lama.

    No entanto ao término da greve no ano passado ao entrarmos na sala de aula cada aluno recebeu uma carta do digníssimo reitor dizendo que tudo estava normal para ninguém se preocupar o que é normal? Normal para quem? Hoje estou demonstrando aqui o que a constituição me garante conforme Art. 5º IV – é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato.

    Diante de tamanho descaso e insatisfeitos, exigimos como alunos que a gestão atual revise seus atos e suas leituras aprendidas nos bancos da Universidade por que estão ultrapassadas ou sem conhecimento de causa. Pois nesse intervalo de tempo duas partes estão sofrendo e sendo prejudicadas as quais são os professores e funcionários e nós alunos, assim como não sujem mais a imagem de nossa universidade mais do que já esta, pois se houver mais algum escândalo estará bem difícil os próximos semestres, pois os professores existentes hoje não estarão aqui amanhã quem irá substituí-los, quem desejará trabalhar em uma universidade sem salário e o mais importante qual será o aprendizado superior que teremos?

    É doloroso, principalmente por que eu tinha orgulho de ser aluno da ULBRA da suposta tão eficaz universidade, mas eficaz sim por seus professores e funcionários mas pela gestão essa não posso dizer o mesmo, e mais uma vez estamos tendo uma paralisação.

    Mas não tenho outra opção, senão falar. Afinal, para isso, eu não preciso de liberação de ninguém!

  • Traída pelo Coelho  On abril 12, 2009 at pm:09 pm

    Nada melhor que uma festa religiosa para arrasar com a plebe! Sonhem com o salário de março, com o acordo que, gentilmente, enviamos a todos, sonhem… sonhem… Enquanto isso, alguns seres supostamente religiosos vivem, viajam, adquirem bens, criam empresas.
    Basta, a tentativa de aniquilar funcionários, professores e clientes da rede ULBRA deve parar.
    Os parlamentares, não custeados pela instituição, devem posicionar-se agora, o MP, o poder judiciário, a Polícia Federal devem agir e a Igreja Luterana e suas comunidades tem obrigação ética de posicionar-se frente a um escândalo de tal proporção, afinal é o nome LUTERANA que está nas manchetes.
    Socorro, será que as pessoas ficaram cegar, surdas, mudas e débeis?
    PLEBE DA ULBRA, coitados que até agoram trabalharam para enriquecer a família que não digo o nome e seus comparsas, NÃO HÁ MAIS O QUE FAZER, SOMENTE COM NOSSA MOBILIZAÇÃO E PARALISAÇÃO PODEREMOS SALVAR NOSSA DIGNIDADE E A INSTITUIÇÃO! TEMOS QUE PARAR, ENFRENTAR E, ASSIM, VIVER!
    NÃO CAIAM MAIS EM PROMESSAS DE MEIO DE SEMANA, NÃO HÁ DINHEIROOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Giselle  On abril 11, 2009 at pm:26 pm

    Poisé, eu to indo lá agora pagar a minha mensalidade. R$ 743 por mês, se não perco o desconto de 10% por pontualidade. Só meu, imagina juntando todas as mensalidades? Ridículo. O único jeito de acabar com essa palhaçada seria o governo tomando a ulbra e fazendo dela uma semi-estadual. Ia ser ótimo, mensalidades pela metade pra todo mundo, vestibulares concorridos, maior nível de ensino, professores bem pagos…Mas aí eu acordo 😦

  • irritado  On abril 9, 2009 at pm:05 pm

    CAMBADA DE SEM VERGONHAS, Q SEJAM CRUCIFICADOS COMO PAULO…………E AGORA OS Q TEM TCC PRA TERMINAR…………O Q FAREMOS LADRÕES

  • Alexandre  On abril 8, 2009 at pm:29 pm

    Uma PIAADA nossa Instituição mesmo, alem de todas as dividas ano retrasado , devido as ja existentes irregularidades perdemos um projeto que era ligado a ULBRA e ao governo no montande de 2,5 milhões…. FORA REITORIA e toda a sua administração ( se é que podemos chamar assim )

  • ana paula  On abril 8, 2009 at pm:28 pm

    TUDO UMA CAMBADA DE LADRAOO!!!

    FORA JÁ!!! ESSES GESTORES DESVIANDO O DINHEIRO!!!!

    TENHO MESMO É VERGONHA DESSA UNIVERSIDADE, O QUE ESTÃO FAZENDO??

    OS PROFESSORES TINHAM É QUE FAZER PANELAÇO LÁ NA PORTA DO RUBEM BECKER, E A FAMÍLIA DELE TODA CAINDO DA ADMINISTRAÇAO JUNTO COM ELE!!!

    ENQUANTO NÓS ESTUDANTES TRABALHAMOS E FIZEMOS ESFORÇOS PARA PAGAR NOSSOS ESTUDOS, O DR. RUBEM BECKER ANDA DE CARRO IMPORTADO CONSTRUINDO MANÇÃO PARA A FAMÍLIA!!!!

    É SÓ OS CEGOS QUE NÃO QUEREM VER A PILANTROPIA DELE!!!!!!!!

  • Anônimo  On abril 8, 2009 at pm:46 pm

    O silêncio da reitoria frente às dificuldades é o que mais nos angustia. A compra do carro de 800 mil reais pelo Reitor e a empresa RME que indica desvio cristalino de recursos dos acadêmicos estão evidenciadas em decisões judiciais. Em outras palavras, não são fofocas. São palavras escritas em decisões judiciais, as quais são assinadas, respectivamente por Juízes. Então, o que esperam para retirar a reitoria? Existe alguma dúvida? Qual o problema? Precisamos todos levar esta mensagem adiante.

  •  On abril 8, 2009 at pm:11 pm

    É um desrespeito com os funcionários, professores e alunos!!!
    Concordo que muitos alunos estão com a mensalidade em dia, portanto temos direito a ter aula. Mas como os professores podem ir dar aula se não tem dinheiro nem para pagar a condução até a universidade??
    Me sinto roubada duas vezes: Uma por estar com as parcelas em dia e outra por não saber onde a reitoria está colocando toda a verba vinda do Governo Federal, uma vez que a ULBRA é a universidade do estado com maior número de bolsas do Prouni.
    O QUE ESTÃO FAZENDO COM O DINHEIRO???
    Esse reitor deve ser destituído já!!!!

  • domingues  On abril 8, 2009 at pm:07 pm

    como podem atrasar os salários com a grana que pagamos por mês para essa universidade um absurdo

  • Charline  On abril 8, 2009 at am:06 am

    Olá, tudo isso é um absurdo, pois nós alunos pagamos nossas mensalidades todos os meses, isso não deveria estar acontecendo, graças a Deus os professores de Manaus ainda tiveram essa iniciativa. Espero que seja tomada logo uma providência.

  • Zaíne  On abril 8, 2009 at am:06 am

    Sou aluna, isso é uma palhaçada! pagamos normalmente as parcelas da instituição!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: