Arquivos de tags: Universidade Estácio

Falso engenheiro dava aula em universidade

Foto: Reprodução / TV Globo

Preso falsificou até um certificado de conclusão do mestrado em engenharia de uma universidade da Califórnia (Foto: TV Globo)

O falso engenheiro e professor universitário, Edson de Abreu, 45 anos, foi preso por policiais da 13ª Delegacia de Polícia (Ipanema), na Zona Sul da cidade. Ele foi desmarcarado quando tentava conseguir uma terceira identidade falsa.

Segundo o delegado Antenor Júnior, da 13ª DP (Ipanema), onde o caso foi registrado, ele assumiu a farsa durante depoimento na delegacia nesta quinta-feira (2).

O falso engenheiro dava aulas para o curso de engenharia da Universidade Estácio de Sá, e trabalhava como engenheiro na empresa multinacional Sotreq. Ele foi preso ao dar entrada no Detran para a retirada de uma nova carteira de identidade.

Edson de Abreu, 44, apresentava-se como engenheiro civil formado pela UFF (Universidade Federal Fluminense), com duas especializações concluídas nos Estados Unidos- messtrado em administração de empresas pela Universidade da Califórnia e pós-graduação em marketing pela Universidade de São Francisco- e uma em curso no Rio –pós-graduação em gestão de projetos na Universidade Gama Filho.

Abreu só concluiu o curso de técnico em edificações, equivalente ao ensino médio, na Escola Técnica Federal de Campos (a 286 km do Rio), e cursava teologia numa escola de Macaé (a 188 km do Rio).

“Ele é um cara muito esperto, domina dois idiomas e construiu um personagem muito bem articulado. Ele tinha um alto padrão de vida, recebia quase R$ 6 mil de salário de uma empresa multinacional de engenharia e mais R$ 2.500 pelas aulas que dava na Universidade Estácio de Sá” explicou o delegado.

Pedido de nova carteira de identidade

O falso engenheiro foi preso ao tentar tirar uma terceira identidade no Detran. Segundo o delegado, o impostor foi à delegacia diversas vezes reclamar da demora da emissão do documento, e foi constatado que ele já tinha identidades falsas.

“Os funcionários do Detran acharam muito estranho o pedido da nova identidade, e entraram em contato com os agentes da 13ª DP. Aí nós começamos as investigações e descobrimos a farsa” revela o delegado.

Em uma nota, a assessoria de imprensa da Universidade Estácio de Sá diz que “está acompanhando as investigações da polícia até que haja esclarecimento sobre a denúncia e irá auxiliar as instituições competentes em todas as informações que forem solicitadas”. O comunicado ressalta que o suspeito não está dando aulas na instituição neste semestre.

GP Investimentos compra 20% da Estácio

 

A GP Investimentos comprou 20% da Estácio de Sá, o maior grupo de ensino universitário do Brasil. Pagou 259 milhões de reais. E, a partir de agora, dividirá o controle da instituição com a família Uchoa Cavalcanti, fundadora da Estácio. A família passa agora a deter 55% do negócio – mas o controle e a gestão passam a ser compartilhados.

Pelo acordo, o novo conselho de administração da Estácio terá um total de seis integrantes: a GP e os Uchoa Cavalcanti indicarão três cada um. É o primeiro investimento da GP, o maior fundo de private equity do Brasil, em educação.

As negociações começaram três meses atrás e foram concluídas ontem à noite. Há três semanas, o movimento do mercado financeiro parecia indicar que algo estava acontecendo. No dia 25 de abril, uma sexta-feira de calmaria na bolsa, as ações subiram 10%. Desde julho de 2007 a empresa tem papéis negociados na Bovespa.

A aquisição da GP teve uma peculiaridade. Nenhum banco de investimentos participou da operação. O negócio foi feito diretamente entre as partes e os advogados. Pela GP, Antonio Bonchristiano comandou a transação. Do lado da Estácio, Marcel Uchoa Cavalcanti, filho do fundador da empresa, que hoje conta com cerca de 200 000 alunos em doze estados do país – Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina, Bahia, Pernambuco e Fortaleza, entre eles. As universidades que a família Uchoa Cavalcanti têm no Paraguai e no Uruguai ficaram fora do negócio.

%d blogueiros gostam disto: