Arquivos de tags: The Doors

Jim Morrison: 40 anos sem você

Quarenta anos depois da morte de Jim Morrison, encontrado sem vida em 3 de julho de 1971 na banheira de sua residência em Paris, as circunstâncias do falecimento do Rei Lagarto continuam sendo um mistério. Parada cardíaca? Overdose? Complô de CIA? Encenação?

Condenado nos Estados Unidos por “exibição indecente”, o vocalista do grupo The Doors se exilou em Paris durante a primavera de 1971. Brigado com o grupo, se reuniu com a namorada Pamela Courson com a intenção de dedicar-se à poesia.

Mas a saúde daquele que já havia sido considerado um sex-symbol e se tornara um alcoólatra obeso estava em rápida deterioração. Na manhã de 3 de julho foi encontrado morto na banheira de sua casa parisiense. Ele tinha 27 anos e, segundo a polícia, foi vítima de um ataque cardíaco.

Apesar dos antecedentes de Morrison, a polícia não fez uma necroposia. O empresário do The Doors, Bill Siddons, pegou o primeiro avião para a capital francesa, mas quando chegou o caixão estava fechado.

A tese oficial foi a de Pamela Courson, que o cantor morreu durante a noite em casa. Mas a jovem apresentou duas versões diferentes e às vezes incoerentes até sua morte, por overdose, quatro anos mais tarde.

O cantor foi sepultado em 7 de julho no cemitério parisiense de Père-Lachaise na presença de apenas cinco pessoas. A notícia da morte, que se espalhou pelo mundo, demorou dois dias para receber confirmação oficial.

Em The Doors, A Verdadeira História, do jornalista Jean-Noël Ogouz, Bill Siddons explica que as pessoas ligadas a Morrison tentaram “evitar o circo montado após as mortes de Jimi Hendrix e Janis Joplin”.

Mas todos os ingredientes estavam reunidos para as especulações e teorias da conspiração sobre as causas da morte de Morrison. Em 1983, um jornalista britânico implicou a CIA em um vasto complô que pretendia eliminar grandes figuras da contracultura.

Outros citam o serviço secreto francês ou uma conspiração sionista. As teses, 40 anos depois, continuam sendo debatidas na internet.

O jornalista e escritor Sam Bernett contesta a tese de parada cardíaca e acredita que o ídolo do rock foi vítima de overdose. Em um livro publicado em 2007, Sam Bernett afirma que Morrison não morreu em sua banheira, e sim no banheiro da discoteca parisiense “Rock’n Roll Circus”.

— Lá estava Jim Morrison, com a cabeça entre os joelhos, os braços soltos (…) Rosto cinza, os olhos fechados, com sangue no nariz, uma baba esbranquiçada como espuma ao redor da boca, levemente entreaberta, e na barba — escreve em Jim Morrison, A Verdade.

Segundo o escritor, um médico constatou a morte do cantor e dois homens dos quais Morrison havia acabado de comprar drogas o arrastaram para um taxi, que o levou até sua residência. Por medo do escândalo, o dono da discoteca preferiu não avisar a polícia.

E se Morrison estivesse vivo?, chegou a questionar o tecladista do The Doors, Ray Manzarek. Ao citar uma conversa que teve com o cantor um ano antes da morte, Manzarek declarou a um jornal inglês que se questionou se o amigo não teria encenado a morte para passar a viver no anonimato.

Atualmente, um simples busto com o nome de Jim Morrison é um dos túmulos mais visitados do cemitério de Père-Lachaise, onde também estão sepultados Chopin, Marcel Proust e Oscar Wilde.

O local está repleto de frases que homenageiam o ícone do rock dos anos 60. Várias empresas organizam programas de várias horas por Paris para seguir os passos do cantor, incluindo sua residência e os cafés preferidos.

Cantor Jim Morrison recebe perdão póstumo de condenação por atentado ao pudor

Quase 40 anos depois de sua morte, Jim Morrison, líder do The Doors, recebeu na noite desta quinta-feira (9/12) uma anistia póstuma por crimes de atentado ao pudor pelos quais foi condenado.

O governador da Flórida, Charlie Crist, apresentou hoje o pedido de anulação do processo a um Conselho de Clemência estatal para que, como querem os fãs da banda, o artista fique livre das acusações que pesavam sob ele.

Wikicommons

O conselho, integrado pelo governador do estado e por outros três funcionários estatais, aprovou por unanimidade o pedido.

“Neste caso, culpado ou inocente, está nas mãos de Deus, não nas nossas. É por isso que hoje peço aos meus colegas o perdão para Jim Morrison”, disse o governador ao apresentar a proposta, que foi aprovada com votos favoráveis dos quatro membros do mencionado Conselho.

James Douglas Morrison, nascido em Melbourne, na Flórida, foi acusado de exibir seu pênis, de profanar a moral pública e outros crimes de atentado ao pudor cometidos durante um show em Coconut Groove, sul de Miami, em 1969.

Com testemunhos que negavam o ocorrido e outros que o confirmavam, um tribunal de Miami o condenou a seis meses de prisão, mas o cantor apelou da condenação e pagou uma fiança para evitar ir para a cadeia.

Para integrantes da banda, a luta pelo perdão a Morrison não é uma disputa jurídica, mas sim uma luta cultural. “A batalha daquele tempo era a mesma de hoje em dia”, disse Ray Manzarek, tecladista do The Doors ao jornal The New York Times. “É a batalha que os Estados Unidos vêm lutando”, afirmou Manzarek, referindo-se à fama de rebelde da banda e a “proposta de contracultura em oposição à defesa dos bons costumes”.

Enquanto lutava para se livrar da prisão, Morrison viajou para Paris, onde morreu, em julho de 1971, aos 27 anos.

Val Kilmer quer governar o Novo México

’Batman’ do cinema quer se candidatar às eleições de 2010 nos EUA.
Ele ainda não decidiu, mas promete uma campanha não-convencional.

Val Kilmer quer concorrer ao governo do Novo MéxicoVal Kilmer no baile pré-posse de Obama em  janeiro. (Foto: AP) Clique para ampliar a imagem

O ator Val Kilmer, que interpretou Batman e Jim Morrison no cinema, pode concorrer ao governo do estado americano do Novo México em 2010. Ele fez a revelação em entrevista à Associated Press.

“Estou só buscando meios de contribuir”, disse Kilmer. “E se terminar que, estando lá, eu possa fazer uma contribuição substancial, então eu vou concorrer.”

Mas nada está decidido ainda, segundo ele.

Kilmer ( no cartaz como Jim Morrison no filme The Doors) , hoje com 49 anos, está registrado como democrata e diz que votou em Barack Obama na eleição do ano passado, apesar de estar na Bulgária, onde filmava.

A candidatura Kilmer poderia complicar a situação da vice-governadora, Diane Denish, que já lançou sua candidatura para suceder o também democrata Bill Richardson no cargo.

Kilmer disse que, se concretizada, sua campanha não seria convencional. Enquanto não se decide, o ator disse que está se aconselhando com pessoas. O que eu faço para viver é escutar”, disse.

E ele arrisca: “Se eu concorrer, eu serei o próximo governador.”

The Doors comemora 40 anos em Porto Alegre

O Pepsi on Stage recebe  dia 12 de abril, às 22h, os dinossauros do rock Ray Manzarek e Robby Krieger – fundadores da banda The Doors ao lado do lendário vocalista Jim Morrison e do baterista John Densmore.

 Os roqueiros desembarcam por aqui com a turnê “Riders On The Storm – 40 anos do The Doors”, com o vocalista atual Breet Scallions – ex The Fuel. Antes da capital gaúcha a banda toca em São Paulo (10/04) e Brasília (11/04), sendo os shows de Porto Alegre e Brasília produzidos pela Hit’s.

Com o projeto da turnê “Riders On The Storm” na manga, Ray Manzarek (tecladista) e Robby Krieger (guitarrista) procuravam um vocal novo desde a saída de Ian Astbury – que deixou o grupo para se dedicar à banda The Cult. Atualmente, Manzarek e Krieger e o vocalista Brett Scallions mostram para o mundo a turnê “Riders On The Storm”, tocando os antigos sucessos da carreira do The Doors.

E pra quem sente falta de John Densmore: o baterista não tomou parte do projeto por sofrer de tinnitus – que pode ser descrito como um som parecido com campainhas no ouvido e outros barulhos dentro da cabeça – enfermidade que o limita a tocar bateria. O vocalista Brett Scallions, o baixista Phil Chen e o baterista Ty Dennis acompanham Manzarek e Krieger nessa grande turnê.
Serviço: Data: 12 de abril  Horário: 22h

Local: Pepsi On Stage – Av. Severo Dullius, 1995

Ingressos: VIP: R$ 150,00 Mezanino: R$ 120,00 Pista: R$ 80,00

Desconto Clube do Assinante ZH: 10% titular e acompanhante

Pontos-de-venda: telentrega Hit’s: (51) 8401.0557.ou acesse http://www.hitsprodutora.art.br

Sbardecar Canoas – Av. Getúlio Vargas, 5995 BR 116 Fone: 51 3052.07777

Sbardecar Porto Alegre – Av. Farrapos, 4521 Fone: 51 3027.7777

Hits

%d blogueiros gostam disto: