Arquivos de tags: sonegação

Empresas brasileiras sonegam R$ 200 bi ano

A sonegação no Brasil chega a R$ 200 bi, diz estudo. Pesquisa analisa autuações a 9.925 empresas e aponta indústria como o setor líder; alta tributação é o principal motivo.

Estudo feito a partir de autuações fiscais aplicadas em 9.925 empresas entre 2006 e 2008 estima que a sonegação chegou a R$ 200,29 bilhões no ano passado, segundo o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário.
Com o valor seria possível construir 10 mil escolas públicas de alto padrão, com biblioteca, teatro e piscina.

As empresas que sonegaram tiveram um faturamento de R$ 1,32 trilhão não declarado aos fiscos federal, estaduais e municipais.

A indústria é apontada no levantamento como o setor com mais indícios de não pagar todos os impostos. Comércio e serviços vêm em seguida. Os tributos mais sonegados são a contribuição previdenciária, o ICMS e o Imposto de Renda.

A forma mais comum de driblar o pagamento de impostos é a venda sem nota. A alta carga tributária, que chegou a 36,5% do PIB (Produto Interno Bruto), é apontada como o principal motivo para a sonegação.

Folha de São Paulo

Receita Federal investiga 22 mil por sonegação

Segundo Jorge Rachid, secretário da Receita Federal, o órgão fará, a partir da próxima segunda-feira, uma operação contra cerca de 22 mil contribuintes que estariam sonegando impostos.

Para isso, serão utilizadas as informações sobre a movimentação financeira dos contribuintes durante os últimos anos. Rachid estima que 50% dos investigados são pessoas físicas, sendo que o resto é composto de pessoas jurídicas.

A operação será focada nos brasileiros com movimentação financeira incompatível. Após serem intimados, os contribuintes terão um prazo para contestar as acusações.
JP

Filho de governador é preso por sonegação

A PF (Polícia Federal) prendeu nesta segunda-feira 22 pessoas, sendo 13 no Espírito Santo, três em São Paulo e seis em Rondônia, acusadas de integrar uma quadrilha que sonegou, no último ano, R$ 7 milhões em importações de carros, motos e mercadorias de luxo. Entre os presos está Ivo Junior Cassol, filho do governador de Rondônia, Ivo Cassol (sem partido), acusado de tráfico de influência.

Os dois líderes do esquema –Adriano Mariano Scopel e Pedro Scopel, pai e filho– estão entre os detidos no Espírito Santo. Em Rondônia, também foi confirmada a prisão do ex-senador Mário Calixto Filho, dono do maior jornal em Rondônia.

A pedido do Ministério Público Federal, a Justiça decretou a prisão temporária de 23 pessoas na chamada Operação Titanic. Um dos investigados, um capixaba que está nos Estados Unidos, será preso pelo FBI e deportado para o Brasil.

Também foram presos três auditores da Receita Federal em Vila Velha e um servidor da Anvisa .

A participação do governador Ivo Cassol não foi confirmada. 

Uol 

%d blogueiros gostam disto: