Arquivos de tags: senador Magno Malta

Senador pede que RBS esclareça comentário de colunista

.

O senador Magno Malta (PR-ES) defende que os donos da RBS (SC), afiliada da TV Globo, esclareçam o comentário de Luiz Carlos Prates, que em seu quadro, no Jornal do Almoço, culpou as pessoas de baixa renda pelo trânsito nas estradas.

Na ocasião, Prates usou termos como “miseráveis” e “desgraçados” para descrever os novos consumidores, que conseguem comprar automóveis pelo crédito fácil.

“(…) traga aqui os donos e esse jornalista macho que ataca a honra das pessoas mais simples desse País sem o menor escrúpulo (…) Convoca os donos, faz uma denúncia na Anatel, no Ministério das Comunicações”, declarou o senador, sugerindo a senadora Ideli Salvatti (PT-SC), que faça a proposta ao presidente da Casa. Segundo Malta, por se tratar de uma concessão pública, os donos da TV RBS (SC) e o jornalista devem esclarecer o fato.

Malta fez o pedido durante o pronunciamento da senadora, que atacou Prates, em sessão nesta quinta-feira (18/11).

“Eu considero esse assunto tão grave, tão delicado (…) Um jornalista utilizando a concessão pública para fazer a propagação do preconceito contra as pessoas de menor poder aquisitivo, dos ‘miseráveis’, como ele denominou”, contestou Ideli.

Após a sugestão do senador, Ideli informou que pedirá que o Senado tome alguma medida, de acordo com a proposta de Malta. O senador Paulo Paim também concordou com a ideia (PT-RS).

Do Blog de Jamildo

http://jc3.uol.com.br/blogs/blogjamildo/index.php

CPI da Pedofilia aprova quebra de sigilo do UOL

A CPI também deverá apreciar projeto que altera o Código Penal firmando que sejam enquadrados como crimes qualificados o estupro e o atentado violento. A mudança permitiria ainda aumentar a pena desses delitos quando praticados contra criança.

Na última quinta-feira (26), a CPI da Pedofilia aprovou um requerimento de quebra de sigilo do conteúdo e usuários de 23 páginas da internet mantidas pelo UOL, com o objetivo de acessar dados cadastrais e de identificação dos internautas que freqüentam as páginas.

Os integrantes da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) encaminharam ainda um pedido de informações referentes a todas as denúncias registradas ao longo deste ano contra o site de relacionamentos Orkut, pertencente ao Google que, segundo a organização SaferNet, mantém material de conteúdo pedófilo em alguns álbuns.

A Brasil Telecom e a NET, que mantém provedores de acesso à web, bem como outras empresas, também receberam o pedido de envio de informações dos senadores. As empresas terão cinco dias úteis para fornecer as informações solicitadas pela CPI.

Na próxima semana, o senador Magno Malta (PR-ES) acredita que será possível apreciar projetos de lei que alteram o Estatuto da Criança e do Adolescente para aumentar a pena para crimes de exploração sexual e criminalizar a conduta daquele que pratica sexo com criança e adolescente.

Conjur.

%d blogueiros gostam disto: