Arquivos de tags: salvador

Travesti eleito vereador quer usar banheiro feminino na Câmara

O travesti Leo Kret do Brasil (PR), 24, que ficou em quarto lugar na disputa pela Câmara de Salvador com 12.861 votos, ainda não assumiu o posto e já está causando polêmica ao afirmar que não vai seguir o regimento interno da Casa.

De acordo com as normas, por ser do sexo masculino –seu nome é Alecsandro de Souza Santos–, Leo Kret terá que vestir terno e gravata nas sessões e usar o banheiro masculino. “Sou vereadora. Fui eleita como mulher. É assim que os eleitores querem me ver. Vou me vestir como sempre e usar banheiro feminino”, disse Leo Kret, que é estreante na política e já pensa no que vai usar na cerimônia de posse.

“Estou recebendo propostas de umas grifes, mas não sou disso. Sou do gueto. Acho que vou usar um tailleurzinho, um escarpin e maquiagem bem sóbria. Só sei que a roupa vai ser rosa, pois rosa é minha cara.”

A Procuradoria da Câmara de Salvador informou, por meio da assessoria de imprensa, que eventuais punições só serão discutidas após o não cumprimento do regimento. Ontem, Leo Kret foi a uma cerimônia de boas-vindas na Câmara e disse ter sido muito bem recepcionada pelos “colegas”.

Leo Kret diz que focará o seu mandato na questões ligadas aos jovens, população carente e na comunidade LGBT. Sobre a sua relação com a militância homossexual da Bahia, a vereadora diz que contou com o apoio dos mais jovens e que não teve o apoio de alguns que se consideram “os reis do movimento”.

Leo Kret, que ganhou fama dançando em uma banda de pagode, afirmou que não pretende deixar a vida artística. “Se o ministro continuou a cantar, por que vou deixar de dançar?”, disse, referindo-se ao ex-ministro da Cultura Gilberto Gil. Em seus planos, estão terminar o ensino médio, fazer um curso superior e alçar vôos mais longos na política.

“Quero ser prefeita de Salvador e, depois, presidente da República. Mas, no momento, vou dar prioridade à minha gestão como vereadora. Vou lutar em favor do povo que me elegeu.”
A campanha, segundo Leo Kret, foi pobre, com o apoio de amigos que imprimiam os santinhos em casa.

O nome “Kret”, segundo ela, vem de “cretina”. Mas nada a ver com política. “É pelas minhas caras e bocas no palco.”

FSP/

Casa de Zélia e Jorge Amado será memorial

Os filhos de escritora Zélia Gattai e do escritor Jorge Amado, Paloma e João Jorge, confirmaram hoje a intenção de criar um memorial em homenagem a seus pais, na tradicional casa da família, no Rio Vermelho.

Zélia Gattai morreu ontem, aos 91 anos. O prefeito João Henrique Carneiro (PMDB-BA), uma das muitas personalidades políticas que estiveram hoje no velório de Zélia, anunciou sua adesão à proposta e disse que criará uma comissão municipal para apoiar o projeto.

O dia chuvoso em Salvador não impediu que centenas de políticos, intelectuais e populares comparecessem ao velório, todos lamentando a perda de Zélia e ressaltando o papel de destaque que ela e Jorge Amado ocuparam na cena cultural baiana e nacional. “Os que conviveram com Jorge e Zélia sentem muito a falta que eles fazem”, disse o artista plástico Mario Cravo Neto.

A cerimônia de despedida a Zélia começou no fim da tarde em uma das capelas do Cemitério Jardim da Saudade, mas a cremação só deverá ocorrer nesta segunda-feira, com a entrega das cinzas à família prevista para terça-feira.

AE

%d blogueiros gostam disto: