Arquivos de tags: Sadia e Perdigão

Sadia + Perdigão = Brazil Foods

A fusão entre Sadia e Perdigão criará uma empresa gigante, a Brazil Foods, com forte poder de mercado em carnes, margarinas e na compra de grãos – ela deve consumir 20% do farelo de soja produzido no país.

As duas empresas devem encaminhar hoje à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) o fato relevante anunciando a tão esperada fusão. A nova empresa, que vai desbancar a Bunge Alimentos do topo de maior empresa de alimentos do Brasil, com faturamento bruto de R$ 25 bilhões, deve se capitalizar, inicialmente, a partir da oferta de ações.

Mas quando confirmada, a fusão deverá ser suspensa pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) até que o caso seja analisado. O negócio é visto como um dos maiores desafios já enfrentados pelo órgão, tanto pelo tamanho da nova empresa quanto por envolver diversos mercados no setor de alimentos, o que aumenta a complexidade da análise da operação.

Nos últimos anos, o Cade tem determinado a suspensão de fusões e aquisições com características semelhantes. O objetivo é evitar o fato consumado, preservando as estruturas das empresas em separado para que, caso conclua que deva vetar o negócio, a decisão possa ser implementada. Isso ocorreu com a compra da Garoto pela Nestlé, com a aquisição da Varig pela Gol e com o segmento de provedores de internet na compra da Brasil Telecom pela Oi.

Sadia e Perdigão serão uma única empresa

A fusão entre Sadia e Perdigão, as duas maiores empresas brasileiras do setor de alimentos, está prestes a ser concluída, informam fontes próximas às duas empresas.

O acordo que uniria as operações dependeria de detalhes, mas a perspectiva é que ele seja assinado até o final desta semana.

As negociações tiveram início no ano passado, quando a Sadia registrou prejuízos de 2,5 bilhões de reais com operações de derivativos. Desde então, os controladores da Sadia buscavam saídas para tirar a empresa da crise financeira.

As alternativas iam da fusão com a principal concorrente, a Perdigão, ao aporte de recursos por fundos de private equity.

Ex

%d blogueiros gostam disto: