Arquivos de tags: Passagem aérea

Gol lança promoção: passagens a R$ 79

A Gol anunciou nesta sexta-feira uma promoção para este fim de semana com passagens a partir de R$ 79. Os clientes poderão comprar os bilhetes aéreos com parcelamento em até 12 vezes sem juros no cartão de crédito.

A promoção é válida para compra de bilhetes das 19h30 de sexta-feira até as 6h da segunda-feira. O cliente poderá voar do dia 31 de março a 14 de maio para os 800 vôos operados pela aérea.

Entre as passagens promocionais estão a viagem entre São Paulo e Curitiba (R$ 79), Rio de Janeiro e Porto Alegre (R$ 149) e São Paulo e Buenos Aires (R$ 179).  Informações  lwgturismo.blogspot.com

Suspensos descontos em vôos internacionais

Uma decisão da Justiça Federal anulou temporariamente a possibilidade de as empresas aéreas brasileiras ou estrangeiras oferecerem descontos nos vôos internacionais a partir de 1º de janeiro de 2009, como previa a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

A agência foi informada oficialmente da decisão nesta terça-feira (30) e ainda não definiu se vai recorrer, mas o Sindicato Nacional das Empresas Aéreas (Snea), autor do pedido de suspensão da medida, promete se manter na disputa judicial e já prevê que a liberação dos descontos saia apenas em 2010, se sair.

Segundo resolução aprovada pela Anac em 20 de novembro, as companhias poderiam adotar, a partir do ano que vem, tarifas até 20% mais baixas do que o piso previsto hoje pela agência. Os descontos valeriam para rotas entre o Brasil e todos os demais países, com exceção dos da América Latina, e poderiam aumentar gradativamente conforme a estratégia de cada empresa, até chegar a 100% em 2010.

Com o pedido do Snea, porém, o desembargador Jirair Meguerian, presidente do Tribunal Regional Federal da 1ª Região,  acatou o argumento do sindicato das companhias aéreas, segundo o qual a Anac deixou de realizar audiência pública para debater a liberação dos descontos.

O desembargador também diz ter levado em conta o fato de que a resolução da Anac poderia favorecer “a prática de dumping pelas companhias internacionais, que usam subsídios governamentais e poderão praticar tarifas muito inferiores àquelas praticadas pelas empresas nacionais”.

A abertura para a prática de dumping  é uma das principais alegações das empresas aéreas brasileiras para se opor à autorização da Anac para passagens mais baratas.

O processo começaria em 1º de janeiro de 2009, quando o desconto permitido seria de 20%. Quatro meses depois, em 1º de abril de 2009, seria ampliado para 50%. No dia 1º de julho de 2009, passaria a 80% e, seis meses depois, em 1º de janeiro de 2010, a liberdade tarifária será total.

Pela legislação atual, por exemplo, um vôo do Brasil para o Reino Unido, Itália ou França custa, no mínimo US$ 869 (ida e volta). Com a resolução da ANAC, as companhias poderiam baixar essa tarifa para US$ 695,20 em janeiro, US$ 434,50 em abril, US$ 173,80 em julho, até a liberação total para qualquer valor promocional em janeiro de 2010.

TAP nega fusão com a TAM

O presidente-executivo da companhia aérea portuguesa TAP, Fernando Pinto, negou nesta quinta-feira a hipótese de fusão da empresa com a TAM e com a transportadora angolana TAAG.

O Jornal de Negócios, de Portugal, noticiou nesta quinta que a TAP estudava um cenário de fusão com a TAM e com TAAG, adiantando que a possibilidade era avaliada pelo presidente da companhia lusa e pelo vice-ministro português de Obras Públicas, Paulo Campos.

A notícia foi negada por Fernando Pinto durante entrevista coletiva sobre o impacto do aumento do preço dos combustíveis nas contas da aérea portuguesa.

“Não existe nada”, afirmou o presidente da TAP, afastando também a hipótese de que a fusão esteja sendo negociada entre os três governos, à margem da TAP, “porque a TAM é uma empresa privada”.

Agencia Lusa

American Airlines cobrará US$ 15 por bagagem

A American Airlines, maior companhia aérea dos Estados Unidos, anunciou ontem que passará a cobrar US$ 15 de passageiros pelo transporte de bagagens, serviço que antes era gratuito. O anúncio foi feito durante a assembléia anual dos acionistas de sua controladora, a AMR Corporation.

Ao mesmo tempo, a empresa anunciou que reduziria sua frota em até 85 aviões até o final do ano, o que representa um dos maiores cortes anunciados no setor. Eles informaram que haveria alguns cortes de funcionários, mas não ofereceram detalhes.

Empresas de aviação de todo o mundo vêm sendo fortemente prejudicadas pela disparada nos preços do combustível de aviação, que subiram 80% no ano passado.

Pelas normas brasileiras, a American Airlines ficaria impedida de aplicar no país a cobrança pela primeira bagagem, informou a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil). Em vôos internacionais, o passageiro tem direito a embarcar, sem taxa extra, duas malas que não excedam o peso de 32 kg, cada uma. A agência explica que a regulamentação se aplica apenas aos vôos que partem do Brasil.

NEW YORK TIMES

TAM elevará preço da passagem aérea

A TAM anunciou  que os preços das passagens deverão subir este ano, para compensar a alta do petróleo e o impacto da valorização do real na operação da empresa. A combinação de forte concorrência no mercado doméstico, com o real forte e a alta recorde do petróleo fez o lucro líquido da TAM despencar 95,53% no primeiro trimestre. A empresa registrou lucro de apenas R$ 2,6 milhões, pelos padrões de contabilidade brasileiros, em comparação a R$ 59,4 milhões em igual período do ano passado. Pela contabilidade americana, o lucro da TAM foi de R$ 46,7 milhões.

A receita bruta da TAM cresceu 22,6%, para R$ 2,3 bilhões.

Segundo o diretor financeiro da TAM, Líbano Miranda Barroso, a empresa deverá reajustar o chamado yield (valor pago por passageiro por quilômetro voado) em 5% no mercado internacional e em 7% no mercado doméstico. “O reflexo nos preços das tarifas deve ser diluído ao longo do ano”, afirmou Barroso, destacando que, mesmo com os aumentos, os preços das passagens devem ficar abaixo dos patamares de 2006.

AE

TAM: passagens com até 95% de desconto

A TAM realiza neste final de semana a campanha “Mega Promo”, com descontos que podem chegar a até 95% para todos os destinos domésticos.

A promoção vale para viagens realizadas de 8 de abril a 8 de junho de 2008, com permanência mínima de dois dias no destino. Para ter direito aos descontos, é necessário comprar os bilhetes de ida e volta no período das 6 horas deste sábado (05/04) até as 23h59 de domingo (06/04).

A empresa informa que a emissão dos bilhetes deve ser feita no ato da reserva, obedecendo às regras da promoção. A compra das passagens promocionais está sujeita à disponibilidade de assentos nas classes tarifárias determinadas. No sábado, os detalhes sobre as regras da promoção estarão disponíveis no site da TAM (www.tam.com.br).

%d blogueiros gostam disto: