Arquivos de tags: Paraná

PR: a maior apreensão de remédio ilegal do ano

Cerca de 34 mil comprimidos de remédios antirreumáticos, abortivos e estimulantes sexuais paraguaios de comercialização proibida no País foram apreendidos no domingo.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), esta foi a maior apreensão de medicamentos contrabandeados registrada neste ano pelo corporação e equivale a 30% do que foi apreendido em 2008.

A apreensão ocorreu durante fiscalização na altura do quilômetro 642 da Rodovia BR-277, em Céu Azul, oeste do Paraná.

A mercadoria estava na bagagem do passageiro de um ônibus estadual que fazia o itinerário Foz do Iguaçu – Curitiba. Foram encontrados 20 mil comprimidos de Rheumazim, remédio utilizado para reumatismo; 10 mil unidades de Pramil, também conhecido como Viagra paraguaio; e 4 mil comprimidos do abortivo Citotec, escondidos dentro de um microcomputador e de um aparelho de som.

O dono dos produtos, de 49 anos, assumiu a propriedade dos medicamentos e foi preso em flagrante por contrabando. Aos policiais, ele disse que pegou as cartelas em Foz do Iguaçu e receberia R$ 500 para levá-las até Maringá.

PR: quem não entregar CNH cassada será preso

O motorista do Paraná que tiver sua CNH (Carteira Nacional de Habilitação) cassada e não entregar em 48 horas poderá ser preso em flagrante por desobediência. Há uma estimativa no Estado de que apenas 10% dos motoristas que têm a habilitação suspensa entregam o documento. Outros 90% continuam com a CNH e ainda continuam dirigindo.

O secretário da Segurança Pública do Paraná, Luiz Fernando Delazari, anunciou nesta quarta-feira que irá colocar a polícia para “caçar” os motoristas com a CNH suspensa. A resolução foi assinada hoje por Delazari.

“Temos mais de 100 mil notificações de suspensão da CNH enviadas aos motoristas. A partir de agora, todos eles, sem exceção, poderão receber a visita de policias militares em suas casas e deverão ser encaminhados à delegacia mais próxima para responderem ao crime de desobediência. É melhor que todos comecem logo a procurar o Detran para entregar seus documentos”, disse o secretário.

De acordo com a resolução, após o período de 48 horas da notificação, o Detran -PR (Departamento Estadual de Trânsito) irá encaminhar uma lista à Polícia Militar com os dados dos motoristas que não entregarem a CNH. A PM deverá ir atrás dos condutores para recolher o documento. Em caso de desobediência à ordem policial, o motorista será preso e encaminhado à Delegacia de Delitos de Trânsito.

A medida também se estende à autoridades que descumpram a ordem, segundo o secretário.

Atualmente, o Estado do Paraná tem cerca de 3,9 milhões de pessoas habilitadas. Até abril deste ano, o Detran contabilizava pouco mais de 112 mil notificações enviadas de aviso de suspensão de carteira que ainda esperam cumprimento. Outros 139,5 mil motoristas estão cumprindo a suspensão conforme a lei.

A secretaria de Segurança Pública do Paraná divulgou, nesta quarta-feira (10), em sua página na internet, a lista dos motoristas que estão com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa no Estado e ainda não entregaram o documento ao Departamento de Trânsito (Detran). A relação pode ser acessada por qualquer pessoa.

Carteira cassada

O deputado Fernando Carli Filho (PSB) que  se envolveu no acidente que provocou a morte de Gilmar Rafael Souza Yared, 26, e Carlos Murilo de Almeida, 20, estava com a carteira de habilitação cassada.

A CNH do parlamentar foi suspensa porque excedeu o total de pontos permitidos –totalizava 130 pontos, enquanto o máximo permitido é de 20. De acordo com informações do Detran, o deputado possuía 30 multas, desde 2003. Destas, 23 eram por exceder limites de velocidade. O deputado recorreu de 12 das 30 multas.

CVC compra golf resort em Foz do Iguaçu

A partir desta quinta, dia 12, a GJP Administradora de Hotéis Ltda, empresa do Grupo CVC, passa a ser proprietária do Iguassu Golf Resort, em Foz do Iguaçu (PR).

O hotel é administrado pela Rede Bourbon e pertence a um investidor estrangeiro.

O valor da negociação não foi revelado. Atualmente o resort, que tem um campo de golfe de 18 buracos, oferece 75 apartamentos. “É pouco, o ideal seria ter entre 150 e 160 quartos. E o terreno é ótimo e bem grande que comporta, inclusive, uma área imobiliária de alto padrão. Também vamos estudar isso”, afirmou o diretor da GJP, Baltazar Saldanha.

Com a compra do Iguassu Golf Resort, a GJP passa a ter sete hotéis no diretório entre administrações e próprios: Serrano Resort e Alpen Haus (Gramado-RS); Hotel Sete Coqueiros (Maceió-AL); Costa Brasilis (Santo André-BA); Marupiara (Porto de Galinhas-PE); e Yak Hotel (Natal-RN). “A meta da empresa é ter 20 unidades daqui a um ano e meio”, previu  Saldanha.

PanRotas

Banco de DNA de criminosos contra a pedofilia

As estatísticas do governo do Paraná revelam: a cada seis horas, uma criança é vítima de violência sexual no estado. Só neste mês, quatro crianças foram assassinadas. Por isso, o governo paranaense decidiu implantar um banco de DNA de criminosos, o primeiro do Brasil.

Quando um suspeito for preso, amostras do DNA serão transformadas em dados e incluídas em um cadastro. Se a pessoa voltar a cometer um crime e deixar vestígios, bastará comparar com o material genético arquivado.

“A grande vantagem de se ter um banco de DNA com pessoas já previamente catalogadas nesse grande banco seria o fato de poder identificar essa pessoa sem ter um suspeito imediato ou apontado naquele momento”, diz Carlos Alonso, do laboratório de genética.

O serviço de investigação de crianças desaparecidas da polícia paranaense já mantém um banco de dados com os criminosos mais procurados. Um dos nomes da lista é o do ex-pastor Jonatas Aurélio Velozo Lourenço. Ele tem mandado de prisão por violentar uma criança de seis anos e é investigado por outros casos envolvendo meninas de nove a 11 anos. A polícia suspeita que ele esteja escondido em São Paulo.

Altair Rodrigues Farias, outro nome da lista, foi condenado por estuprar e matar uma menina de sete anos. Está foragido há dois anos. Já Célio dos Santos Vieira violentou um menino e chegou a ser preso, mas conseguiu escapar de dentro do carro da polícia.

A polícia diz que os pedófilos agem de maneira parecida. É comum praticarem o mesmo crime mais de uma vez. Na maioria dos casos, são apanhados e presos. Mas, por bom comportamento na cadeia, recebem benefícios da Justiça e têm a pena reduzida. Aí, quando ganham as ruas, voltam a agir.

“Essa pessoa costuma ser uma pessoa muito inteligente, metódica, que procura estar em ambiente onde haja muitas cranças e sem que ele seja visto. De repente ele se aproxima de uma mulher para ser companheira dele que tenha filhas da idade da preferência dele. Ou então, profissões mesmo, como professor. Pode ser escoteiro, padre, pastor. Ele procura estar próximo a crianças”, diz a delegada Ana Cláudia Batista.

Gazeta do Povo

%d blogueiros gostam disto: