Arquivos de tags: Naji Nahas

Satiagraha: Globo sabia da operação

O Blog do Noblat ( do jornal O Globo) mostrou na quinta-feira a íntegra do relatório assinado por Amaro Vieira Ferreira, da Corregedoria da Polícia Federal.

O documento aponta o vazamento de informações sobre a Operação Satiagraha, comandada pelo delegado Protógenes Queiroz ( Clique aqui para ler o manual do delegado para a sua equipe) e ainda traz o depoimento dos jornalistas da TV Globo Cézar Tralli e Robinson Braios Cerantula, do cinegrafista William José dos Santos e do motorista da emissora William Marcelo Jorge.

O relatório mostra que a emissora recebeu informações privilegiadas antes da prisão de Daniel Dantas, Naji Nahas e Celso Pitta e que a equipe da Globo filmou, no restaurante El Tranvia, em São Paulo, imagens da tentativa de suborno do policial Vitor Hugo, a pedido de Protógenes.

Para ler a íntegra do relatório…

Embora neguem, o documento aponta que no vídeo feito dentro do restaurante é possível ver a imagem de Cerantula refletida no espelho, comprovando que ele e Santos realizaram a filmagem.

O corregedor também afirma que Protógenes passou as informações sobre a operação com certa antecedência para outros policiais federais que participaram da ação como forma de tentar confundir uma possível investigação sobre o furo concedido à Globo.

Andréa Michael, repórter da Folha de S. Paulo que escreveu reportagem revelando que a PF investigava Daniel Dantas, também é citada no relatório, que aponta dois agentes da Abin que tiveram acesso às informações da Satiagraha, já que Protógenes envolveu a agência na operação, como as fontes da jornalista.

O relatório pede o indiciamento de Protógenes nos crimes de quebra de sigilo funcional e violação da lei de interceptação telefônica. Os escrivães Roberto Carlos da Rocha , Eduardo Garcia Gomes, Amadeu Ranieri e Walter Guerra, que participaram da operação, também devem ser indiciados, a pedido da Corregedoria da PF.

Comunique-se/Noblat

Delegado que prendeu Dantas deixa o caso


O delegado Protógenes Queiroz ( à direita na foto) se afastou do comando da Operação Satiagraha, realizada pela Polícia Federal e que culminou na prisão de Daniel Dantas, Naji Nahas e Celso Pitta, entre outros.

Segundo a assessoria da PF, ele deve concluir o Curso Superior de Polícia, obrigatório para todos os agentes que já têm pelo menos dez anos de serviço. Protógenes estava acompanhando o curso pela Internet, mas agora deve comparecer a 30 dias de aulas presenciais em Brasília. Ao final do curso, ele não deve retomar o comando da operação.

Os demais delegados (Carlos Eduardo Pellegrini Magro e Karina Murakami Souza) continuam no caso somente até o dia 21, quando deixarão a investigação. Segundo a PF, a saída deles não teria relação com a polêmica operação, mas ambos teriam dito a um procurador da República e a um juiz que foram afastados pela direção da Polícia Federal.

%d blogueiros gostam disto: