Arquivos de tags: menina

Mãe de Isabella sempre desconfiou de Alexandre

Ana Carolina Oliveira, mãe da menina Isabella, suspeitou desde o início que sua filha poderia ter sido morta pelo próprio pai, seu ex-marido Alexandre Nardoni, e a atual mulher dele, Anna Carolina Jatobá. Quatro dias após o crime, em depoimento prestado na 9ª DP da Polícia Civil de São Paulo, ela disse que o casal poderia estar “envolvido” na morte de Isabella.

O Jornal da Record exibiu hoje, trechos do depoimento de seis páginas prestado por Ana Carolina Oliveira. Alguns fatos despertam mais atenção. Um deles: Isabella, segundo sua mãe, costumava chegar com marcas roxas e mordidas após passar final de semana na casa do pai. Mas sempre dizia que eram causadas pelo irmão mais novo.

Mais: no dia do enterro de Isabella, Anna Carolina Jatobá foi de uma frieza incomum em dias de tragédia. Ela abraçou Ana Carolina Oliveira uma única vez e em tom amargo a acusou – ainda no cemitério -de não ter ligado para a filha no dia de sua morte.

– Você nem ligou para ela [Isabella] no sábado, – repetiu mais de uma vez Anna Carolina Jatobá.

O depoimento da mãe de Isabella foi usado para embassar o pedido de prisão preventiva do casal.

O laudo oficial a respeito da morte da menina ficará pronto amanhã e dirá que Isabella morreu de politraumatismo após cair do sexto andar do Edifício London. Ao atingir o chão ela estava a uma velocidade de 72 km/h. A queda durou dois segundos. Antes de era atirada do 6º andar do Edifico London ela fora asfixiada.

TVRecord/NB

Caso Isabella:”Meu irmão fez uma besteira”

Foi essa a frase que uma testemunha contou ontem à polícia ter ouvido de Cristiane Nardoni, 20 anos, irmã de Alexandre Nardoni, pai de Isabella, de cinco anos, espancada, esganada e depois jogada de cabeça para baixo da janela do apartamento onde morava no sexto andar do edifício London, zona norte da de São Paulo, no último dia 29.

A testemunha, cujo nome está sendo mantido em sigilo pela polícia, disse que estava com Cristiane em um bar do bairro de Santana quando ela recebeu um telefonema e abandonou nervosa o local. Havia ali uma festa. A polícia está à procura da promotora da festa, que também conversou com Cristiane na ocasião. Como a promotora está fora de São Paulo, só deverá ser ouvida na próxima semana.

Ao jornal Folha de S. Paulo, Cristiane confirmou que de fato recebeu uma ligação quando estava no bar. Que não conseguiu entender direito o que lhe disseram. Mas que soube que algo de grave aconteçara com a sobrinha.

A polícia encontrou manchas de sangue na camiseta usada na noite do crime por Anna Carolina Trotta Peixoto Jatobá, 24 anos, madastra de Isabella. A frente da camiseta foi lavada, mas as manchas foram detectadas na parte de detrás dela.

A Polícia Civil de São Paulo informou, nesta quinta-feira, que 99% do caso que apura a morte da menina Isabella Nardoni, de 5 anos, foi esclarecido. Segundo o site G1, imagens da câmera do prédio vizinho na hora que a família chegou ao edifício serão analisadas, para que se identifique se estranhos entraram pela garagem no Edifício London.

Pela manhã, o pedreiro Gabriel Santos Neto, que trabalha na construção de um sobrado que fica atrás do prédio onde morreu a menina afirmou que ninguém entrou na casa que está em obras no dia do crime.

%d blogueiros gostam disto: