Arquivos de tags: Marilyn Monroe

Incrível: artista pinta quadros só com beijos veja o vídeo

irish-beijoMarilyn Monroe: retrato feito só de beijos de batom na tela

Por Rita de Sousa/Veja

Sabemos sobre beijos que matam, beijos que enfeitiçam, beijos que encantam, beijos que conquistam; beijos de amor, de amizade, de paixão, de desejo; beijos de língua, estalados, na bochecha, de esquimó — uma infinitude de beijos, mas beijos que viram arte… essa é a primeira vez.

Observem a delicadeza dos traços na obra, detalhes de sombras, cílios e imaginem que este retrato de Marilyn Monroe foi feitos aos beijos, literalmente.

Esse é o trabalho de Natalie Irish, artista americana do Texas, que desde os 5 anos de idade choca e surpreende com seu trabalho. Sem usar as mãos, ela preenche o vazio das telas com retratos e autorretratos para cuja feitura utiliza apenas batom nos lábios e beijos na tela em branco.

E essa não é sua única especialidade. Trabalha com cerâmica e outras técnicas, desenvolvidas nos vários cursos que frequentou.

Assista ao vídeo, feito por Chris O’Malley.

Marilyn Monroe fumando maconha

Um filme que mostra a atriz Marilyn Monroe fumando um cigarro que seria de maconha foi divulgado 50 anos depois de sua gravação. O filme foi comprado recentemente por US$ 275 mil (cerca de R$ 477 mil) pelo colecionador americano Keya Morgan, que está fazendo um documentário sobre a morte da atriz americana, ocorrida em 1962.

Morgan encontrou o filme no sótão de uma casa do Estado americano de Nova Jersey. A pessoa que filmou Marilyn disse que as imagens foram feitas em uma reunião informal, em 1958 ou 1959.

As imagens mostram um lado mais pessoal e relaxado da atriz, raramente observado em público. Em um momento, Marilyn vira o nariz para a própria axila e ri.

A pessoa que gravou o filme pediu que seu nome não fosse revelado e afirmou que o cigarro mostrado continha maconha. “Era minha, eu apenas passava para as pessoas”, afirmou.

O cineasta amador também deixou claro que a ocasião em que o filme foi feito era informal. “Não era uma festa. Era apenas uma reunião, você sabe, tipo ‘venha e fique por aqui'”, disse.

Filme Marilyn Monroe fazendo sexo é leiloado

Para quem acha que os vídeos com cenas de sexo de famosos é algo típico da atualidade, um filme com imagens de Marylyn Monroe (1926-1962) em cenas quentes feito nos anos 50 comprova que esta cultura existe há tempos.

Segundo o jornal norte-americano “The New York Post”, a cópia de um vídeo da célebre atriz loira fazendo sexo oral em um homem não-identificado foi vendido para um empresário nova-iorquino pela quantia de US$ 1,5 milhão (cerca de R$ 2,6 milhões).

O vídeo, com cerca de 15 minutos e filmado em câmera de 16mm, foi descoberto pelo colecionador Keya Morgan, diretor do longa-metragem “Marilyn Monroe: Murder on Fifth Helena Drive”, programado para chegar aos cinemas em 2009.

O jornal informa que a filmagem, feita em meados dos anos 50, apareceu na década de 60, após a morte da atriz, durante as investigações policiais que buscavam comprovar que o ex-presidente John F. Kennedy ou seu irmão Robert eram amantes de Monroe.

Nas imagens silenciosas, a atriz aparece de joelhos em frente a um homem cujo rosto nunca aparece na filmagem. Monroe, por sua vez, não olha para a câmera em nenhum momento.

Morgan disse ao “The New York Post” que descobriu o vídeo enquanto fazia pesquisa para seu documentário sobre a atriz ao conversar com um ex-membro do FBI, que lhe contou sobre uma cópia que foi feita do vídeo, antes de ser confiscado pelo governo norte-americano nos anos 60.

Reuters

%d blogueiros gostam disto: