Arquivos de tags: Marcos Fernando Ziemer

Ulbra tem novo reitor

Nota atualizada as 23,30hs de 17/04/09

A Comunidade Evangélica Luterana São Paulo (Celsp) anunciou há pouco que o novo reitor da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra) será Marcos Fernando Ziemer, atual diretor geral do Centro Universitário Luterano de Palmas (Ceulp), conhecido como Ulbra/Palmas, em Tocantins. Ziemer também é pró-reitor adjunto de Graduação da universidade.

Ele disputou o cargo com Mauro Roll, diretor do colégio uruguaio Liceo San Pablo da Ulbra, candidato do ex-reitor Ruben Eugen Becker, que deixou o cargo depois de 36 anos à frente da instituição.

Na votação, havia 62 aptos a votar. Como seis se abstiveram, foram 56 votantes. No total, foram 46 votos para Ziemer e 10 para Roll.

………

(abaixo notas mais antigas)

O reitor da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra), Ruben Becker, renunciou ao cargo nesta sexta-feira (17), em razão da crise financeira enfrentada pela universidade.

A crise é resultado de má gestão, segundo o ministro da Educação, Fernando Haddad, afirmou na quinta-feira (16), em reunião com deputados federais e estaduais do Rio Grande do Sul. O novo reitor da universidade será escolhido na noite desta sexta-feira (17), em assembléia da Comunidade Evangélica Luterana São Paulo, mantenedora da universidade.

Segundo o diretor jurídico da Ulbra, Reginaldo Bacci, a carta foi entregue ao presidente da Celsp, Delmar Stahnke.

— Vou fazer o seguinte: como o acervo do museu pertence à minha família e nunca tive tempo de cuidar disso aí, vou cuidar dele pessoalmente. Vou me colocar um turno do dia pelo menos para resolver uma série de coisas que não tínhamos como resolver — disse em carta o ex-reitor.

O ex-reitor afirmou que já entrou na Justiça contra o ministro da Educação, Fernando Haddad, que disse ontem, durante audiência com parlamentares gaúchos, que se depender do governo federal, a solução para a crise financeira da Ulbra tem como pré-requisito a substituição da atual direção da universidade.

— O ministro disse várias coisas que não correspondem com a verdade. Ele se intromete no ministério da Fazenda. Ele não tem nada de falar sobre o ministério da Fazenda. Já ingressamos com o pedido judicial — revelou Becker.

Hoje à noite, na assembleia extraordinária da mantenedora, está prevista a eleição de um novo reitor. Para Becker, isto é impossível pois os compromissos da universidade são incontáveis e o novo administrador não saberia por onde começar. Becker disse ainda que o restante da reitoria, incluindo o filho, vice-reitor Leandro Becker, deverão permanecer.

— Eu estava preparando o meu filho para ser o futuro reitor, mas quem decide é ele e não o pai dele. A Celsp vai ter a assembleia e eles devem tomar algumas medidas. Vão fazer um tal de conselho transitório — concluiu o ex-reitor.

O Ministério da Educação acompanha com atenção os desdobramentos da situação da Ulbra. Contudo, só manifestar-se-á sobre o assunto depois da nomeação oficial do novo reitor e da nova equipe, segundo nota do ministério.

(atualizada na tarde de sexta-feira)

…………………….

Notas anteriores:

A Justiça do Trabalho de Canoas liberou R$ 6 milhões bloqueados em contas da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra) para que sejam colocados em dia os salários de março apenas dos professores da instituição.

O dinheiro será transferido hoje para os docentes, por determinação do juiz Volnei de Oliveira Mayer. Os professores decidiram em assembleia nesta quinta manter a greve, e só devem voltar à sala de aula após o afastamento do reitor de universidade Rubem Becker, apontado pelos funcionários como grande responsável por inúmeras irregularidades administrativas, que resultaram na crise da instituição.

Às 20h de hoje, uma reunião extraordinária da Comunidade Evangélica Luterana São Paulo (Celsp), mantenedora da Ulbra, colocará em xeque o reinado de 36 anos de Becker.

Na quinta-feira, a Celsp decidiu interromper, por tempo indeterminado, os serviços em toda a rede de saúde da instituição, cerrando as portas dos três hospitais — Independência e Luterano, na Capital, e o Universitário, em Canoas. A medida vai sobrecarregar outras instituições na Capital e da Região Metropolitana. O secretário de Saúde de Porto Alegre, Eliseu Santos, viajou a Brasília na tentativa de aumentar o teto do repasse de verba do Ministério da Saúde ao município, o que lhe permitiria redistribuir atendimentos e aliviar a sobrecarga.

Dezenas de professores e funcionários da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra) protestaram, no final da manhã desta sexta-feira, pedindo a saída do reitor Ruben Becker. Reunidos em frente à prefeitura, na Praça Montevidéu, no centro de Porto Alegre, os manifestantes apitam e carregam faixas, com o objetivo de chamar a atenção da população para a crise vivida pela instituição.

RÁDIO GAÚCHA/Fernando Zanuzo

……………….

Governo quer saída do Reitor

Após reunião com a bancada gaúcha da Câmara e do Senado, quarta-feira em Brasília, o ministro da Educação Fernando Haddad afirmou que a salvação para a Ulbra pode estar na substituição do reitor.

De acordo com o ministro, há vários mecanismos legais que podem postergar a cobrança das dívidas, “mas para haver essa espécie de anistia é necessário que haja uma troca no comando da universidade”.

— O MEC está trabalhando há 120 dias neste assunto, infelizmente, sem o apoio da direção da instituição. Tivemos uma única audiência com o reitor, que se recusou a voltar ao ministério. Nesse encontro, o reitor assegurou que a situação estava sob controle e que ele tinha como superar o momento financeiro que a Ulbra estava passando.

Uma minuta de projeto de lei ou de medida provisória deve ser apresentada a partir de amanhã (sexta) para que os benefícios da lei de falência sejam estendidos às instituições sem fins lucrativos.

— A federalização está descartada porque não é política do MEC acolher instituições com gestões temerárias.

O ministro ressaltou que mesmo que o salário deste mês seja pago, dificilmente a credibilidade da instituição perante à comunidade será recuperada. Na próxima semana, o MEC marcou uma reunião com o Ministério Público Federal (MPF).

%d blogueiros gostam disto: