Arquivos de tags: Mãe

Ator diz estar surpreso com prisão da mãe e do irmão

O ator Vinícius de Oliveira, de “Central do Brasil” e “Linha de Passe”, afirmou esta manhã  que está “totalmente surpreso” com a prisão de sua mãe, Juçara Ferreira de Oliveira, e do irmão, Wagner Campos de Oliveira, suspeitos de integrar uma quadrilha que fraudava cartões de crédito. O grupo deu golpes no total de R$ 5 milhões.

Vinícius mora em São Paulo e veio esta manhã ao Rio justamente para ajudar a família a resolver as questões criminais da mãe e do irmão. O ator ainda não conseguiu falar com Juçara e Wagner.

Ele disse ter sabido só ontem à noite da prisão e embarcou esta semana para a capital carioca, onde a família vive. “Estou totalmente surpreso com tudo isso. Nunca tive notícia de qualquer problema desse tipo antes”, disse o ator, ao iG.

O bando desviada cartões de crédito dos Correios, os desbloqueava e conseguia identidades falsas para um outro grupo comprar eletrodomésticos pela internet. A mãe de Vinícius, Juçara, seria responsável por essa parte.

Juçara estava em um casamento em Magé e foi presa junto com os noivos, Rayza de Souza Gomes e Maxwell da Costa Silva. Foram detidos três convidados e três padrinhos.

Vinícius de Oliveira era engraxate no Aeroporto Santos Dumont, no Rio, e foi descoberto pelo cineasta Walther Salles, que o convidou para ser um dos protagonistas do filme “Central do Brasil”, em 1998. Hoje ele vive em São Paulo, faz curso de fotografia e faculdade.

Congresso aprova “pensão” para gestante

O Congresso criou uma espécie de pensão alimentícia para a gestante. Pela proposta, aprovada na noite de anteontem, a mulher pode pedir na Justiça que o suposto pai de seu filho contribua em despesas de alimentação, exames médicos, remédios e parto.

É preciso, porém, que a mãe reúna provas de que o indicado é pai da criança. Caso ele negue a paternidade, será preciso fazer “exame pericial pertinente”, o que pode ser lido como teste de DNA. O procedimento é desaconselhado por médicos.

Antes de virar lei, o texto precisa esperar um prazo de recurso na Câmara, onde foi avaliado por último, e ser sancionado pelo presidente Lula. Se de fato for regulamentado, pai e mãe terão de compartilhar os custos decorrentes da gravidez. A contribuição de cada um será proporcional às suas respectivas rendas.

Para dar início ao pedido da ajuda financeira, a mulher terá de indicar as circunstâncias em que a concepção da criança ocorreu, quanto ganha aproximadamente o suposto pai e que necessidades terá na gravidez.
Também será preciso reunir provas de que o homem apontado é o pai e possivelmente indicar testemunhas.

Se o resultado do exame for negativo para paternidade, a mãe poderá ser responsabilizada por danos morais e materiais, diz o projeto. Caso a paternidade só seja confirmada após o nascimento da criança, a ajuda financeira da gestante deverá ser transformada em pensão alimentícia em favor do bebê.

Camara

%d blogueiros gostam disto: