Arquivos de tags: Impostômetro

Impostômetro atinge hoje recorde de R$ 1,1 trilhão

 

 

A quantidade de tributos pagos pelos brasileiros ultrapassou, às 12h desta segunda-feira, a marca de R$ 1,1 trilhão pela primeira vez. O Impostômetro da ACSP (Associação Comercial de São Paulo) registra os impostos pagos desde o primeiro dia do ano.

A previsão é ainda maior para o final do ano, quando os governos podem arrecadar mais de R$ 100 bilhões a mais do que no ano passado, com o registro de R$ 1,2 trilhão. No ano passado, por exemplo, o índice foi de R$1,088 trilhão. Número acima dos R$ 1,054 registrados em 2008.

Com o dinheiro de tributos pagos este ano, seria possível comprar cerca de 50 milhões de carros populares, cinco milhões de cestas básicas, ou ainda construir mais de 50 milhões de casas populares.

Pela internet, qualquer cidadão pode acompanhar os impostos pagos pelos brasileiros ao governo federal, aos Estados e municípios.

Bárbara Forte

Impostômetro marca R$ 600 bilhões em impostos 2008

A marca de R$ 600 bilhões em tributos pagos pelos brasileiros foi superada neste sábado (2) pela manhã. O total corresponde a toda a receita recolhida pelos municípios, estados e União, desde o primeiro minuto de 2008.

O valor arrecadado pode ser visto, em tempo real, no site http://www.impostometro.com.br. O portal indica os valores somados aos cofres públicos por mais de 60 tributos diretos ou indiretos.
A quantia anunciada será alcançada apenas 12 dias depois dos tributos arrecadados totalizarem R$ 550 bilhões.
Além disso, a arrecadação está mais acelerada do que em 2007, já que, no ano passado, o valor foi superado em 4 de setembro, 34 dias mais tarde.
Novos impostos, ou não
Para o presidente da ACSP, Alencar Burti, a prática está mostrando que é absurdo pensar em criar, ou recriar, novos impostos, como a CSS (Contribuição Social para Saúde).
“A arrecadação está crescendo além do esperado, o suficiente, inclusive, para repor com folga o dinheiro que era obtido com a CPMF”, analisa Burti.
A estimativa da ACSP é que o impostômetro ultrapasse, pela primeira vez, a marca de R$ 1 trilhão até o fim de 2008. No ano passado, foram marcados R$ 921 bilhões, em 2006, R$ 812,7 bilhões, e em 2005, R$ 731,8 bilhões.
Com os cerca de R$ 600 bilhões arrecadados, poderiam ser construídas 44,444 milhões de casas populares de 40 metros quadrados ou serem pagos 1,578 bilhão de salários mínimos. Ou ainda poderiam ser construídas 50 milhões de salas de aula equipadas ou 7,5 milhões de redes de esgoto.
O valor arrecadado também permite fornecer mais de 6,315 bilhões de Bolsas-Família em todo o País.
O impostômetro, que começou a funcionar em 21 de abril de 2005, faz parte da campanha de educação tributária lançada pela ACSP (Associação Comercial de São Paulo) na gestão anterior, de Guilherme Afif Domingos.
O painel eletrônico, instalado no prédio da sede da ACSP, mostra a evolução do montante recolhido por diversos parâmetros, como por estado, hora, minuto, segundo, dia ou mês, entre outros.
%d blogueiros gostam disto: