Arquivos de tags: Greve da Policia

Porto Alegre: Delegados apóiam greve de 3 dias


A direção da Associação dos Delegados de Polícia do Rio Grande do Sul (Asdep) divulgou nota oficial, hoje (3), manifestando total apoio à mobilização dos agentes policiais que iniciam uma paralisação de três dias nesta terça-feira. Além disso, os delegados repudiam o aquartelamento, em Porto Alegre, de contingente dos Batalhões de Operações Especiais da Brigada Militar, oriundos do interior do Estado. A nota afirma:

“A Diretoria da Associação dos Delegados de Polícia do RS, reunida extraordinariamente nesta data, reafirma seu integral apoio à justa reivindicação dos agentes policiais em busca de melhorias salariais e de condições de trabalho. Apelamos a todos os delegados de polícia para que sigam a orientação da nossa Entidade de Classe no mesmo sentido”.

“Por outro lado, repudiamos o aquartelamento, em Porto Alegre, de contingente dos Batalhões de Operações Especiais da Brigada Militar, oriundos do Interior do Estado, cuja indisfarçável finalidade é de tentar intimidar uma manifestação legítima e pacífica, criando, com isso, uma situação de confronto que não existia. Sabemos, contudo, que esta tentativa infrutífera de atemorização não conta com o apoio de conjunto da nossa Brigada Militar, cujos integrantes passam pelas mesmas dificuldades salariais da Polícia Civil”.

Os policiais civis gaúchos iniciam nesta terça-feira (4) uma paralisação de três dias em defesa de reajuste salarial, pagamento de horas-extras, plano de carreira, aumento de efetivo e aposentadoria especial para servidores que trabalham em atividades de risco. O movimento inicia às 8h30 de terça e se encerra às 18 horas de quinta-feira (6). Diretores do sindicato (Ugeirm) estarão concentrados, à frente do Palácio da Polícia (esquina da avenida João Pessoa com a avenida Ipiranga) ao longo do dia.

A Chefia de Polícia foi comunicada da paralisação e, nesse período, todas as repartições policiais deverão registrar apenas os crimes de maior repercussão: homicídio, latrocínio, estupro, atentado violento ao pudor, lesão corporal grave, seqüestro e todas as ocorrências, independentemente da natureza, que tiverem menores e idosos entre as vítimas.

RS Urgente/
%d blogueiros gostam disto: