Arquivos de tags: Fórmula Indy

F Indy: piloto brasileiro absolvido de evasão fiscal

O piloto brasileiro Hélio Castroneves foi absolvido de seis das sete acusações a que respondia na Justiça norte-americana. Nesta sexta-feira, em Miami, ele foi considerado inocente nos casos de sonegação fiscal – o júri ainda não se pronunciou sobre a acusação de conspiração fraudulenta, a que Helinho também responde.

“Eu só quero agradecer a Deus, e aos meus fãs, e a todas as pessoasque rezaram por mim”, disse o piloto, que segurava um rosário nas mãos na saída do tribunal. “Foi um período muito difícil para mim”, emendou.

Com a absolvição, ele já deve pensar no retorno às pistas, que deve acontecer nas 500 milhas de Indianápolis, em 25 de maio, quando a equipe Penske colocaria três carros na pista.

O julgamento começou no início de março e teve duração de seis semanas até o veredicto desta sexta. As deliberações do júri começaram na quinta-feira da semana passada, e o juiz Donald Graham pediu pressa aos jurados, para que uma decisão fosse tomada o mais rapidamente possível.

A irmã e empresária de Helinho, Katiucia Castroneves, também foi absolvida das acusações de sonegação, mas ainda aguarda uma definição sobre o processo de conspiração fraudulenta.

O advogado Alan Miller, que trabalhou com o piloto brasileiro na época a que se referiam as acusações, foi absolvido de todos os quatro processos a que respondia – eram três de sonegação e um de conspiração fraudulenta.

De acordo com a acusação, o piloto teria recebido patrocínios pela Seven Promotions, com sede no Panamá, cujo dono é seu pai, sem que o dinheiro passasse pelos Estados Unidos, onde reside. A operação teria movimentado US$ 2,3 milhões (cerca de R$ 5 milhões).

Castroneves pode ser expulso da Fórmula Indy

O piloto brasileiro Hélio Castroneves, acusado de fraudar o imposto de renda americano entre os anos de 1999 e 2004, corre risco de ser excluído da Formula Indy. Segundo o vice-presidente de relações públicas da categoria, John Griffin, o caso está sendo analisado pelos dirigentes da categoria.

”Hélio tem sido ótimo para a Indy na pista, mas nós temos algumas cláusulas morais em nosso regulamento. Por enquanto trabalhamos com o conceito de que ele é inocente até que se prove o contrário”, disse o dirigente ao site ESPN.com.

Os problemas com a justiça americana também podem comprometer a vaga de Helinho na Penske, equipe que já defende há oito anos. Hélio teve seu passaporte apreendido e, por enquanto, não está liberado para participar de provas da Indy fora dos Estados Unidos. Com isso, encontra-se impossibilitado de disputar a corrida comemorativa em Surfers Paradise, na Austrália, marcada para o dia 26 de outubro.

Um porta-voz da escuderia afirmou que ainda é cedo para tomar alguma decisão sobre o destino do piloto.

No último sábado, quando Hélio Castroneves venceu uma corrida válida pela American Le Mans Series (ALMS), o chefão Roger Penske comentou a presença do brasileiro: ”Ter o Hélio aqui na corrida é importante, especialmente por causa da situação em que ele está”.

A audiência que vai determinar a sentença ao piloto deve ser realizada até janeiro de 2009. O piloto pode pegar até 35 anos de prisão.

ESPN

%d blogueiros gostam disto: