Arquivos de tags: Esportes

Diego Hypólito: dois ouros na Copa do Mundo

O ginasta brasileiro Diego Hypólito conquistou neste sábado a prova do solo e de saltos da Copa do Mundo de Glasgow. No solo, ele finalizou a apresentação com 15,850. Ao contrário do que apresentou na prova de classificação na sexta-feira, o ginasta não executou o novo movimento “Hypólito 2”. Ele preferiu recorrer ao “Hypólito 1” e alcançou uma bela nota.

O britânico Kristian Thomas conseguiu a nota de 15,225 e ficou com a segunda colocação, o israelense Alexander Schatilove garantiu a terceira posição no solo com a nota de 15,050, em Glasgow.

“Esta é a etapa mais forte do ano, é praticamente um mundial. Eu já sai feliz, sai sorrindo, a série foi muito boa. Só tive um erro. Acho que estamos trabalhando bem. A ginástica está com muitas restrições e temos que valorizar cada conquista”, afirmou Diego ao canal Sportv. Ele ainda ressaltou que a sua nota foi a maior do ano no novo sistema de pontuação.

Depois de conquistar o ouro no solo, o brasileiro Diego Hypólito surpreendeu os rivais e também garantiu o lugar mais alto no pódio no salto. O ginasta alcançou a nota de 16,012. Vitor Camargo não teve um bom desempenho e acabou apenas na sétima colocação.

“Estou desacreditado, não esperava este ouro nos saltos. Este ano estou com menos incentivo, só com um patrocínio, mas fiz uma série de solo espetacular. Estou meio abobado. Estamos fazendo um treinamento diferente dos outros, um treinamento japonês que está dando certo”, destacou Diego.

SporTv

Record terá programa esportivo semanal

A Record deve lançar em breve um programa esportivo semanal para concorrer com o “Esporte Espetacular”.

O programa entrará no ar aos domingos pela manhã e reunirá reportagens de vários esportes, principalmente as modalidades olímpicas e as que aparecem nos Jogos de Inverno.

A idéia é preparar o telespectador para os dois eventos exclusivos da emissora, além de explorar os resultados das competições nacionais, incluindo o futebol.

O nome do programa é guardado a sete chaves, será uma provocação à Globo e deve remeter o público à adrenalida do esporte.

José Armando Vannucci

Em recuperação judicial, DalPonte fecha fábrica no RS

O pedido de recuperação judicial da Dal Ponte, fabricante de bolas, uniformes e calçados esportivos , foi aceito nesta semana pela Vara Cível de Santo Antonio de Jesus, na Bahia. Com dívidas de R$ 45 milhões, a empresa não vinha conseguindo concorrer com os produtos chineses e registrou sucessivos prejuízos desde 2005.

Nos próximos 60 dias, a firma de consultoria Corporate Consulting, responsável pela reestruturação da Dal Ponte, deve apresentar o seu plano de recuperação aos credores. A empresa possui dívidas de R$ 20 milhões com bancos e de R$ 6 milhões com fornecedores, além de R$ 19 milhões em passivos tributários.

“Neste mês, a empresa já voltou a ter lucro”, afirma Luis Alberto de Paiva, sócio da Corporate Consulting e que preside a Dal Ponte atualmente.  Paiva prevê que o faturamento da empresa vai crescer de R$ 58 milhões em 2008 para R$ 70 milhões este ano.

Como os financiamentos levantados recentemente fazem parte do processo de recuperação judicial, a nova lei garante aos credores que eles tenham prioridade no pagamento caso a empresa venha a falir e os seus ativos venham a ser liquidados, afirma o consultor.

A Dal Ponte ainda está em fase de finalização e os balanços da companhia estão sendo revistos. A empresa acumulou prejuízos de R$ 6,8 milhões em 2005, R$ 5,2 milhões em 2006 e R$ 7,9 milhões em 2007. Faz parte dos planos da Dal Ponte, porém, vender parte do seu capital a um investidor no futuro para injetar novos recursos na empresa.

Apesar de não ter ainda apresentado formalmente seu plano de recuperação aos credores, várias medidas já foram adotadas para equacionar a situação financeira da fabricante de artigos esportivos, mais conhecida pelos acessórios de futebol de salão.

A fábrica de Veranopólios (RS) foi fechada e cerca de 500 funcionários foram demitidos. A produção da Dal Ponte, que ainda emprega 680 funcionários, agora está concentrada na sua fábrica de Santo Antonio de Jesus, na Bahia. Além de ter um custo mais baixo que a unidade gaúcha, a Bahia oferece incentivos fiscais. O objetivo é vender o terreno onde está localizada a fábrica de Veranópolis, de 14 mil metros quadrados.

O mix de produtos da Dal Ponte também foi ampliado para permitir uma diversificação de canais de vendas e clientes. A empresa, que produz tênis e chuteiras, lançou um linha de calçados casuais, o que tem contribuído para elevar as vendas neste ano.

Claudia Facchini/Valor.

RBS lança site de esportes

Nesta quarta-feira (25/03) o Grupo RBS lança seu mais novo canal na internet: o clicEsportes. Seguindo a estratégia do portal clicRBS, as informações serão compiladas de todos os veículos do grupo, com destaque para o que é produzido no rádio e TV. A empresa divulga que será o site de esportes mais completo e interativo da Região Sul, oferecendo reportagens, vídeos, cobertura ao vivo de treinos e jogos, tabelas e placares das partidas.

Há espaço também para blogs de colunistas e comentaristas e também a participação dos internautas, na seção Torcedor-Repórter. Quem acessar o site poderá interagir de inúmeras formas com o envio de fotos, comentários e ainda conversar com outros usuários.

O conteúdo exclusivo será produzido por uma equipe de 25 jornalistas do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, que atuarão na atualização em tempo real das informações, das 7h à meia-noite, sete dias por semana. Os esportes representam hoje uma importante parcela da audiência digital da RBS, se aproximando de 25% do total de acessos ao mês. Com o novo canal, a empresa pretende ampliar em 50% essa audiência.

Leandro Melo/Comunique-se

F1 muda regras: número de vitórias dará campeão

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) anunciou nesta terça-feira uma mudança significativa para a temporada 2009 na Fórmula 1. De acordo com o conselho mundial da entidade, reunido em Paris, o número de vitórias ao longo do ano decidirá o campeão.

A pontuação acumulada será o critério de desempate caso dois ou mais pilotos somem o mesmo número de vitórias. Segundo o novo regulamento, o sistema de pontuação decidirá o restante das colocações do campeonato, do segundo ao último lugar.

Vale lembrar que Lewis Hamilton, atual campeão da Fórmula 1, não teria superado Felipe Massa em 2008 se as vitórias e não os pontos acumulados fossem o critério principal. O brasileiro terminou a temporada com seis vitórias, contra cinco do inglês. Na classificação por pontos, Hamilton acabou com 98, contra 97 de Massa.

No entanto, a FIA manteve o sistema de pontos como na última temporada – com dez para o vencedor, oito para o segundo colocado, seis para o terceiro, e assim sucessivamente. Uma das propostas analisadas pela entidade concederia 12 pontos ao primeiro lugar, nove ao segundo e sete ao terceiro.

A FIA também rejeitou a proposta de Bernie Ecclestone, que defendia o sistema de medalhas de ouro, prata e bronze a cada GP. Entidade determina teto orçamentário para equipes O órgão máximo do automobilismo mundial confirmou a adoção de um teto de gastos para cada equipe, que foi fixado em 30 milhões de libras esterlinas, cerca de R$ 95 milhões.

Os salários dos pilotos estão incluídos no montante. Porém, gastos com o desenvolvimento do motor de origem e multas que tenham que ser pagas à FIA estão à margem dessa soma.

Milton Neves processa Justus e vencedor de “O Aprendiz”

O nome do vencedor da última edição de “O Aprendiz” foi incluído no processo que o apresentador Milton Neves move contra o publicitário Roberto Justus. Clodoaldo Araújo foi citado no processo de reparação de danos na última sexta-feira na Justiça paulista.

A informação é da coluna Radar On-Line, da Veja. Araújo ganhou no reality show exibido pela Record R$ 2 milhões e o direito de ficar sócio de Justus.

O nome dele foi incluído porque a empresa da qual se tornou sócio – a Brainers – foi a mesma que contratou Milton Neves para um programa que não foi ao ar.

Em outubro de 2008, Clodoaldo virou dono de 49% da Brainers (o restante era de Justus). Vinte dias depois, a empresa encerrou suas atividades. O processo se originou por causa da contratação de Milton Neves por Justus para apresentar um programa que seria produzido pelo publicitário.

Porém, a atração nem chegou a ir ao ar e foi cancelada dias antes de estrear. Milton, então, alega que saiu da Record por causa do convite e ficou sem emprego. A indenização pedida por ele pode chegar a R$ 70 milhões.

Oscar Schmidt na rede Record

A Record deve anunciar a contratação do ex-jogador de basquete Oscar Schmidt.

Oscar atuaria como uma espécie de embaixador do projeto esportivo do canal, que transmitirá com exclusividade na TV aberta as Olimpíadas de 2012 e os jogos Pan-Americanos de 2011 e 2015.

O contrato só não está assinado ainda porque Oscar tem contrato com a Globo até 2011. Caso ele rompa, a emissora irá à Justiça. O vínculo de Oscar com a Record teria duração de 48 meses e serviria como ponte para atrair outros atletas e ajudaria a montar uma equipe de jornalistas e especialistas em esportes para as transmissões.

Apesar da contratação do jogador o clima não é dos melhores na Record. O diretor de jornalismo, Douglas Tavolaro, conseguiu vencer o diretor de esportes, Eduardo Zebini, e vai comandar todo o jornalismo esportivo. A família de Tavolaro é ligada à Igreja Universal e Zebini, mesmo sendo o negociador das transações que envolveram a compra dos Pan e da Olimpíada de Londres, não vai participar do gerenciamento dos eventos.

ADNEWS

Morre Helio Gracie pai do Jiu-jítsu brasileiro

Morreu nesta quinta-feira, aos 95 anos, em Itaipava, região serrana do Rio de Janeiro, o ex-lutador Helio Gracie. Uma das maiores lendas das artes marciais em todos os tempos, Helio Gracie ajudou a criar o estilo brasileiro de lutar jiu-jítsu, conhecido internacionalmente como Brazilian Jiu-Jitsu (Jiu-Jítsu Brasileiro). Segundo o hospital, Helio apresentou um quadro de pneumonia, e os exames descobriram uma leucemia. O enterro foi às 17h desta quinta, no Cemitério Municipal de Petrópolis.

A última aparição pública de Helio Gracie aconteceu em dezembro de 2008, quando participou da cerimônia de entrega de faixas dos atletas da academia Gracie Humaitá, no Rio de Janeiro. Helio Gracie deixa esposa, Vera, e os filhos Rorion, Relson, Rickson, Rolker, Royler, Royce, Rherica, Robin e Ricci.

Nascido em Belém, no Pará, em 1º de outubro de 1913, Helio gravou seu nome no mundo das artes marciais ao desenvolver um estilo próprio de lutar jiu-jítsu, utilizando alavancas e desenvolvendo uma dieta especial para lutadores. Ao longo de mais de 80 anos de prática esportiva, enfrentou diversos oponentes de renome, e invariavelmente maiores que ele, para provar que sua técnica estaria acima da força bruta.

Aos 16 anos, com a saúde debilitada e com físico pouco avantajado (pesava cerca de 62kg), Helio foi impedido de treinar com seus irmãos. Mesmo assim, passou a assistir às aulas de Carlos, seu irmão mais velho, todos os dias, criando um estilo próprio de lutar, adaptando os princípios básicos do jiu-jítsu para que qualquer pessoa pudesse praticá-lo.

Uma de suas lutas mais famosas aconteceu no Maracanãzinho, em 1955, contra o japonês Masahiko Kimura, um dos maiores nomes das artes marciais daquele país em todos os tempos. O combate durou 3h45m e foi gravado em vídeo, sendo a luta mais longa já registrada. Mesmo tendo perdido a luta por uma chave de braço, Gracie, que pesava 63 kg contra os 100kg do japonês, revelou que chegou a ficar inconsciente durante o combate, mas recuperou-se e continou lutando até ter seu braço quebrado pelo oponente, o que forçou o seu córner a jogar a toalha, encerrando a disputa.

Helio Gracie foi o último condecorado com a faixa vermelha 10º grau, graduação de grande mestre/não atingível, a falecer. O status foi dado somente aos pioneiros do jiu-jitsu, os cinco irmãos Gracie: Carlos, Oswaldo, George, Gastão e Helio.

Combates contra seu ex-aluno, Valdemar Santana (que durou quase quatro horas), e contra o judoca Kano, do Japão (duas vezes – uma no Maracanãzinho e outra no Ibirapuera, em São Paulo), e desafios aos então campeões mundiais de boxe Primo Carnera, Ezzard Charles e Joe Louis (todos recusados) fizeram a fama de Helio no mundo e o transformaram um um ícone no Brasil.

Segundo o site da revista “Gracie Magazine”, Helio Gracie não queria que os filhos lamentassem sua morte. Na comemoração pelos seus 95 anos, em 2008, Helio teria declarado que, quando morresse, gostaria que os filhos fizessem uma festa, sem bebidas ou excessos.

Pan 2015 é da Record

A Record emplacou, na última quinta-feira, a 4ª vitória consecutiva contra a Globo.

Por cerca de R$ 20 milhões, a emissora de Edir Macedo bateu o martelo na Cidade do México e comprou os direitos de transmissão dos Jogos Pan-Americanos de 2015, ainda sem cidade-sede definida.

Os direitos adquiridos valem para todas as mídias e com abrangência para o mundo inteiro, com exceção do país sede.

A vitória da Record se junta à transmissão exclusiva dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2010, o Pan de 2011 e a Olimpíada de Londres, em 2012, pelos quais a Globo também brigou, mas não levou.

As informações foram divulgadas no programa “Domingo Espetacular”.

TV: “Globo Esporte” terá edição paulista

Finalmente, a  partir da próxima segunda-feira (12), o “Globo Esporte” terá uma versão local feita em  São Paulo (SP). Atualmente feito em cadeia nacional no Rio de Janeiro, o programa esportivo passará também a contar com transmissões voltadas à população paulista, a exemplo do que já acontece há anos em Porto Alegre.

O primeiro bloco  regional será dedicado às afiliadas da emissora no interior do estado. O “Globo Esporte” versão paulista será ancorado por Tiago Leifert, até então repórter do SporTV.

As mudanças no programa não passam apenas pela divisão da transmissão em duas edições. O conteúdo do “Globo Esporte” também cederá espaço às pautas relacionadas a jogos de videogames sobre futebol, vôlei e demais modalidades.

Em contrapartida, o Teleprompter (TP), recurso utilizado pelos âncoras para lerem as notícias, dará lugar a discursos mais “abertos” e extensos. A idéia da emissora é ampliar os diálogos no programa.

Imprensa

%d blogueiros gostam disto: