Arquivos de tags: Dinheiro no Lixo

Colchão velho no lixo com R$ 2 milhões

imagem meramente ilustrativa

imagem meramente ilustrativa

Uma moradora de Tel-Aviv (Israel) está fazendo buscas em depósitos de lixo depois de ter jogado fora um colchão velho de sua mãe, recheado com o equivalente a R$ 2 milhões.

A mulher, identificada como Anat, comprou um colchão novo de surpresa para sua mãe e jogou o velho fora. Mas, segundo a rede BBC, quando sua mãe voltou para casa, “quase desmaiou”, já que ela havia escondido suas economias no colchão. Até agora, as buscas em três depósitos de lixo se mostraram infrutíferas.

Quando a mulher se deu conta do erro, correu para tentar recuperar o colchão velho, mas ele já havia sido levado para o depósito local. Ela foi ao depósito, mas descobriu que, de lá, o colchão havia sido levado para um de outros dois grandes depósitos, junto com outras 3 mil toneladas de lixo coletadas no dia.

Gari acha cerca de R$ 36 mil em dinheiro picado

O limpador de ruas britânico Graham Hill terá de enfrentar um quebra-cabeças valioso nos próximos dias. Após encontrar cerca de 10 mil libras esterlinas – o equivalente a R$ 36 mil – em notas picadas em um saco de lixo, Hill foi informado pela polícia de que poderá ficar com o dinheiro. Mas, para utilizá-lo, ele precisará reconstruir as notas, cortadas em milhares de pedacinhos.

“Vamos aceitar o valor das notas que forem reconstruídas”, afirma um porta-voz do banco central inglês. Hill, de 43 anos, disse ao diário britânico “Daily Mail” que vai passar as próximas noites em claro para colocar as notas de 10 e 20 libras em ordem.

“Não acreditei quando encontrei o dinheiro na lixeira”, disse Hill. No dia 7 de maio deste ano, a fortuna picada estava em um saco plástico jogado fora no mercado central da cidade inglesa de Lincoln.

Agora o trabalho será de quebra-=cabeça para montar o dinheiro

Agora o trabalho será de quebra-=cabeça para "montar" o dinheiro

O lixeiro entregou as notas à polícia, que depois de seis meses de investigação, afirmou ser incapaz de encontrar a origem do dinheiro. Sem dono, a coleção de notas picadas foi devolvida ao gari.

Mail Online

%d blogueiros gostam disto: