Arquivos de tags: Deborah Secco

Deborah Secco teria lucrado mais de 1 milhão num esquema que desviava dinheiro público

Deborah Secco trava batalha na Justiça para tentar liberar cerca de R$967 mil além de bens que estão bloqueados. A atriz está entre 87 réus numa ação de enriquecimento ilícito e improbidade administrativa, num suposto envolvimento com desvio de dinheiro público.

Segundo informações do jornal “Extra”, hoje ela só pode movimentar a conta onde é depositado o salário da TV Globo. No último dia 25, o juiz Alexandre de Carvalho Mesquita, da 3ª Vara de Fazenda Pública, enviou um ofício ao desembargador Luiz Felipe Francisco, da 8ª Câmara Civil, perguntando “se deve ou não ser deferida a liberação dos valores bloqueados nas contas dos réus”, depois que a defesa de Deborah, de seus irmãos Barbara e Ricardo, e de sua mãe Sílvia pediu a suspensão da ação. O magistrado analisa o caso. Segundo o Ministério Público, os Secco teriam lucrado mais de R$ 1 milhão no esquema. Na ocasião foram determinados a quebra do sigilo bancário, o bloqueio dos valores dos réus nos bancos, além do arresto dos bens em nome desses.

O esquema – Foi o Sindicato dos Enfermeiros que deu entrada com uma representação que questionava a contratação de profissionais pela Fundação Escola do Serviço Público (Fesp).

O jornal informa ainda que com o avanço das investigações, identificou-se um esquema de fraude na qual sete órgãos do governo estadual — como Detran e secretarias de Educação e Segurança — contratavam a Fesp para a execução de projetos vagos, que envolviam o fornecimento de mão-de-obra terceirizada. Como não tinha condições para executar tais serviços (e isso era sabido pelos órgãos), a Fesp subcontratava quatro ONGs. Nos contratos, não era especificado, porém, o objeto tampouco o quantitativo do serviço a ser prestado.
Procurada pelo EXTRA, Deborah Secco não quis se pronunciar. Seu advogado, Rodrigo Soares, também não quis comentar o processo.

Campanha do PMDB

Embora parte dos recursos tenha pago a mão-de-obra tercerizada, milhões de reais em dinheiro público foram desviados pelas ONGs para empresas fantasmas e pessoas. Ainda houve, por parte dessas empresas, emissão de cheques em favor do PMDB como financiamento da campanha da pré-candidatura de Anthony Garotinho à presidência da República.

Chefe operacional

Ricardo Tindó Ribeiro Secco, pai de Deborah, era quem representava os interesses das ONGs junto aos órgãos estaduais e era o responsável e chefe operacional do escritório do “esquema das ONGs”.

Mais de R$ 1 milhão

Em grampos autorizados pela Justiça, Ricardo é flagrado conversando com Ruy Castanheira — responsável por algumas das empresas fantasmas — solicitando notas frias em nomes das ONGs, e ordenando que valores fossem sacados na boca do caixa. Angelina Direnna, esposa de Ricado, também é acusada de envolvimento no esquema. Ricardo apropriou-se direta, ou através de seus parentes, de mais de R$ 1 milhão.

Dois cheques

Na conta pessoal de Deborah teria sido depositado dois cheques — um de R$ 77.191 e outro de R$ 81 mil. Na conta da Luz Produções, da qual a atriz figura como dona de 99% das ações, foram mais R$ 163.700. Seus irmãos Bárbara e Ricardo e sua mãe Sílvia ainda teriam recebido R$ 282.500 mil. Já o pai e a esposa, Angelina, receberam R$ 453 mil.

Defesa

No primeiro momento, a defesa alegou que eles foram usados como “laranjas” por Ricardo, pois não sabiam das contas bancárias, e não teriam participação no esquema. Depois, a afirmação era de que o dinheiro depositado era de mesadas e pensões e de um empréstimo.

Deborah Secco mostra boa forma

Deborah Secco, aos 28 anos, aparece com esse corpão na capa da revista “Boa forma” deste mês. Ela diz que descobriu que os verdadeiros prazeres da vida são simples e que adora bancar a cozinheira para o amado, o jogador Roger.

– Fico feliz só por estar com a minha família, cozinhar para o meu namorado, ler um livro ou ainda ficar quietinha em casa, sem fazer nada – explica.

A atriz ainda diz que agora está completamente satisfeita com o seu corpo. É que ela já esteve 20 quilos acima do peso que considera ideal por causa de problemas que teve com a tireóide.

Para manter tudo no lugar, ela dá a sua dica: pilates.

– As aulas acabaram com as dores nas costas, ajustaram a minha postura e deixaram meu corpo muito mais firme e flexível. Bah!

Boa Forma

%d blogueiros gostam disto: