Arquivos de tags: datafolha

Datafolha : Fogaça e Tarso empatados

Pesquisa Datafolha sobre as eleições no Estado, encomendada pelo Grupo RBS, mostra empate entre os candidatos ao Piratini José Fogaça ( a esquerda) (PMDB) e Tarso Genro ( a direita) (PT).

De acordo com o levantamento, no cenário em que estão incluídos todos os pré-candidatos, Tarso aparece com 31% das intenções de voto e Fogaça, 30%.

A pesquisa, realizada entre os dias 30 e 31 de março, mostra outros três cenários, em todos Fogaça e Tarso estão empatados. Nos cenários em que está incluída, a governadora Yeda Crusius ( no centro da foto) (PSDB) aparece em terceiro lugar, com 8%. Na consulta espontânea – quando não são apresentados os nomes dos candidatos -, 74% dos entrevistados responderam não saber em quem votar.

No cenário em que estão todos os candidatos, Tarso obtém seu melhor desempenho entre os eleitores de 16 a 24 anos (37%) e entre aqueles com renda mensal entre dois e cinco salários mínimos (35%). Fogaça chega a 30% das intenções entre aqueles de mais alta renda. Yeda está melhor colocada entre os entrevistados com 60 anos ou mais, com 14%.

Serra lidera entre os eleitores do RS

Em relação à rejeição dos pré-candidatos, 45% dos entrevistados responderam que não votariam de jeito nenhum no primeiro turno em Yeda.

O Datafolha também entrevistou os eleitores do Rio Grande do Sul sobre a disputa pela Presidência. José Serra (PSDB) lidera com 45% das intenções de voto, seguido de Dilma Rousseff (PT), com 27%. Na pesquisa espontânea, 59% responderam que não sabem em que votar para presidente.

Como esta é a primeira pesquisa do Datafolha para o Grupo RBS depois da definição dos principais candidatos, não foram feitas simulações de segundo turno. A partir dos próximos levantamentos serão feitas simulações de segundo turno entre os candidatos que ocupam as primeiras posições.

Rigotto e Paim lideram disputa ao Senado

Na disputa para o Senado, os candidatos Germano Rigotto (PMDB) e Paulo Paim (PT) estão tecnicamente empatados segundo levantamento do Datafolha.

Conforme a pesquisa, o ex-governador aparece com 46% das intenções de voto e o petista com 45%. Em terceiro e quarto lugares estão Ana Amélia Lemos (PP), com 31%, e Eliseu Padilha (PMDB), com 13%.

Na eleição de 3 de outubro, os eleitores votarão em dois candidatos ao Senado. Na pesquisa estimulada, 35% dos entrevistados responderam que ainda não sabem em quem votar e 21% disseram que votariam em branco ou nulo.

Na Região Metropolitana, 45% dos entrevistados preferem Rigotto, 43% votam em Paim e 29% escolhem Ana Amélia. No Interior, 46% citam Rigotto, 46% Paim e 32% Ana Amélia.

No cruzamento por sexo, Rigotto e Paim obtêm melhor desempenho entre os homens. O candidato do PMDB tem 50% das intenções de voto de homens e 42% de mulheres. Paim tem 51% de homens e 39% de mulheres. Já Ana Amélia aparece melhor colocada entre o eleitorado feminino: 35% a 27% dos homens.

Rigotto consegue melhor desempenho entre os entrevistados de 16 a 24 anos (56%) e com renda acima de cinco salários mínimos (50%). Já Paim recebeu o maior percentual de intenções de voto entre os eleitores com 60 anos ou mais (47%) e com renda entre dois e cinco salários mínimos (52%). No cruzamento por escolaridade, a candidata do PP aparece melhor colocada entre os eleitores com curso superior (40%).

De acordo com o Datafolha, o grau de interesse pelas eleições para presidente da República e governador é maior do que para senador e deputados federal e estadual.

A pesquisa foi feita entre os dias 30 e 31 de março, e a margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

ZERO HORA

Aprovação do presidente Lula bate recorde

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ganhou um aliado importante neste ano eleitoral. Agora, ele tem aprovação da maioria absoluta da população brasileira, inclusive dos mais ricos e escolarizados, segundo pesquisa Datafolha, publicada nesta sexta-feira (12) pelo jornal “Folha de S.Paulo”. Lula bateu seu recorde de avaliação positiva em todos os segmentos sociais, econômicos e geográficos do país.

De acordo com a pesquisa, 64% dos brasileiros consideram o governo atual “ótimo” ou “bom”. Em março deste ano, o índice de aprovação apontava 55%.

Na avaliação da publicação, o resultado tem explicação no bom desempenho da economia, na exposição de Lula na campanha eleitoral, e nas recentes reservas de petróleo do pré-sal.

No levantamento, o Datafolha ouviu 2.981 pessoas maiores de 16 anos em 212 municípios do país entre os dias 8 e 11 (quinta-feira) de setembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou menos.

De acordo com o Datafolha, o trabalho mostra que a popularidade de Lula ultrapassa barreiras, e, agora, entra em segmentos em que o presidente não tinha índice de aprovação igual ou superior a 50%.

O Datafolha diz também que Lula tem o apoio da maioria no Sudeste (57%), nas regiões metropolitanas, entre os que têm curso superior e entre os que vivem em famílias com renda familiar mensal superior a 10 salários mínimos.

DataFolha

%d blogueiros gostam disto: