Arquivos de tags: Carne Brasileira

Carne do Brasil mais perto da China

Três dos maiores frigoríficos brasileiros vão abrir caminho para que o país intensifique as exportações de carne bovina in natura para a China, com a recente habilitação para exportar concedida a unidades localizadas no interior de São Paulo pelo governo daquele país.

A notícia vem na hora certa. O ano de 2008 é extremamente favorável para abrir mercado já que se espera, pela primeira vez, que a produção chinesa não atenda o seu mercado consumidor.

As autorizações foram concedidas a uma unidade do Grupo Marfrig, em Promissão; outra do Minerva S.A., em Barretos; e, para uma unidade do Grupo Bertin, em Lins. A habilitação foi publicada no diário oficial chinês.

Até antes das três autorizações concedidas, havia apenas um frigorífico brasileiro autorizado a comercializar diretamente carne bovina in natura para a China, o frigorífico Mercosul, localizado no Rio Grande do Sul.


Segundo Paul Liu, presidente da Câmara de Comércio Brasil-China de Desenvolvimento Econômico, o maior número de fornecedores trabalhando o mercado chinês permitirá a entrada de cortes ainda não consumidos no país, como os nobres.
O potencial é grande para a exportação de patinho, paleta, coxão mole (in natura ou refrigerados) e cortes de dianteiro – que podem ser vendidos nos mercados municipais e supermercados. No caso dos cortes nobres, a demanda a ser atendida virá das churrascarias e restaurantes ocidentais presentes nas grandes cidades chinesas, informa o presidente da câmara. Há potencial para atender indústrias processadoras também.

Atualmente, as exportações de carnes para o país se concentram em miúdos de bovinos e a maior parte do volume vai para o mercado chinês via Hong Kong, praça onde a política comercial é distinta em comparação à da China.

DCI

Acaba o bloqueio à carne brasileira

A Organização Internacional de Saúde Animal (OIE) anunciou ontem o fim do bloqueio à carne bovina exportada pelo Brasil. A medida estava em vigor desde outubro de 2005, depois do registro de focos de febre aftosa em Mato Grosso do Sul e no Paraná.

– A notícia boa do dia é que todos os estados brasileiros voltaram a ficar livres do bloqueio – afirmou o ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, em almoço com cerca de 300 empresários.

Stephanes recebeu a notícia do secretário de Defesa Agropecuária, Inácio Kroetz, que estava em Paris acompanhando a reunião da plenária da OIE. Pela nova determinação, dez estados brasileiros e o Distrito Federal ganharam outra vez o status de livre de aftosa com vacinação. Os estados são Bahia, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná, Rio, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

Mato Grosso do Sul, porém, onde ocorreram os primeiros focos da doença e dono do segundo maior rebanho do país (atrás do Mato Grosso), ainda continua “sob avaliação”. Segundo o ministro da Agricultura, a OIE requisitou “informações adicionais científicas”.

Maior exportador mundial de carne bovina, o Brasil conseguiu driblar em parte o bloqueio imposto por dezenas de países, ao redirecionar suas vendas a partir de outros estados.

No início do ano, países da União Européia vetaram novas importações da carne produzida no Brasil, com o argumento de que o país havia descumprido medidas sanitárias.

– Mas o país adotou medidas e, na eventualidade de aparecerem novos focos, estaremos prontos a eliminá-los imediatamente, disse o ministro.

OGLOBO

%d blogueiros gostam disto: