Tag Archives: Brasileirinhas

Fecha a Brasileirinhas, maior produtora pornô do Brasil

A Brasileirinhas, maior produtora de filmes eróticos do país, fechou depois que o proprietário sofreu um violento assalto e decidiu atender os apelos da família religiosa de parar com a exploração do sexo, como informa a coluna “Gente Boa”, publicada no jornal “O Globo”, neste domingo.

Ainda segundo a publicação, o canal “Sexy Hot” comprou dois mil clássicos da produtora, entre eles filmes com Gretchem e Bruna Surfistinha.

Atriz pornô gaúcha quer 153 mil de indenização do CQC

Conhecida atriz pornô da produtora Brasileirinhas, Pâmela Butt (nome artístico, inspirado em Pâmela Anderson e na expressão inglesa referente ao bumbum) deverá receber uma indenização de R$ 153 mil da Bandeirantes e da argentina Eyeworks-Cuatro Cabezas, dona do famoso CQC.

Ela foi convidada para dar uma entrevista no programa e acabou sendo chamada de prostituta (e mais) por Marcelo Tas e Rafinha Bastos.

Pâmella Butt (Adriana Vailatti, gaúcha de caxias do Sul) atua no cinema erótico há dois anos e meio. “Virei atriz pornô por vingança do meu ex-namorado”, afirma.

Segundo ela, o namorado sugeriu, na época, que o casal assistisse a um filme pornô. Pâmella apenas exigiu que o longa-metragem fosse estrelado por Rita Cadillac.

No entanto, ele achou que Pâmella estava excitada com as cenas e a agrediu por ciúme. “Ele bateu tanto em mim que cheguei até a ficar internada no hospital. Por isso, a minha maior vingança foi atuar como atriz pornô”, afirma.

Vídeo quente com jogador de futebol
Pâmella virou, recentemente, alvo de polêmica. Um vídeo de sexo onde ela aparece junto ao jogador Vágner Love caiu na web. “Fiquei brava porque uma coisa é o meu trabalho e outra é minha vida pessoal”, diz.

Pâmela tem dois filhos e integra grande bloco de atrizes desse segmento (entre tantas, Vivi Fernandes, Márcia Ferro, Morgana Dark, Bruna Ferraz, Rita Cadillac e Mônica Mattos, que ganhou a versão americana do Oscar para a categoria), onde quase 100 são sindicalizadas e possuem carteira de trabalho.

Para quem não tem idéia: no mundo, a indústria do cinema pornô movimenta US$ 60 bilhões/ano; no Brasil, US$ 30 milhões/ano.

GibaUm

Caso Bruno:Eliza Samudio era atriz pornô das Brasileirinhas

Atenção nota atualizada:

Caso Bruno: Globo faz delegadas serem afastadas

Bruno: irmão confirma que a mãe é lésbica

BRUNO estava na casa e tomando cerveja na hora do assassinato

Caso Bruno: encontrado hoje corpo na casa de amigo do atleta em Minas

………………..
Clic e leia: Menor encontrado na casa do goleiro Bruno confessa que houve o assassinato

………………………….

Eliza Samudio que está desaparecida trabalhava como atriz em produções pornôs com os nomes artísticos “Fernanda Faria” ou “Victória Sanders”.

O advogado Jader Marques, que representa a família Samudio em processos na área criminal, confirmou, ontem, que Eliza fez pontas em filmes pornográficos, entre 2005 e 2009. Em uma das gravações, há cenas de sexo explícito

Quando grávida do goleiro, Eliza Samudio teria sidoi agredida e ameaçada de morte por ele, que não aceitava o nascimento da criança, forçando-a ao abordo. Mesmo sob ameaças Eliza teve o filho, para poucos meses depois desaparecer. A polícia de Minas recebeu denúncias anônimas de que Eliza teria sido espancada até a morte no sítio por Bruno e mais dois homens.

Produzido pela empresa de filmes adultos “Brasileirinhas”, o filme “Até que enfim anal”, estrelado por Márcia Imperator, tem a ex-amante de Bruno no elenco, sob o nome fictício de Fernanda Faria.

%d blogueiros gostam disto: