Arquivos de tags: bonecas

Barbie negra tá chegando


No ano em que comemora seu aniversário de 50 anos, a Barbie ganha finalmente uma versão com traços negros. Até agora, as bonecas negras comercializadas pela Mattel, fabricante do brinquedo, desde 1980, eram apenas uma versão pintada do modelo da clássica loira. Agora, a boneca ganhará feições realmente negras, com lábios mais cheios, nariz mais grosso e bochechas mais pronunciadas.

A designer responsável pela boneca, Stacey McBride-Irby, que é negra, disse que ela queria criar uma linha para inspirar sua filha de seis anos e milhões de outras crianças afro-descendentes. “Eu quero que elas se vejam nas bonecas e que saibam que ser negra é bonito”, disse ela ao jornal britânico Daily Mail.

As bonecas criadas, Grace, Kara e Trichelle, têm cada uma um estilo diferente e inspiram suas irmãs menores: Courtney, Janessa e Kianna. As Barbies terão como motivação temas de formação acadêmica e carreira, fugindo do estereotipo do hip hop e dos esportes.

 Divulgação

Coleção desenhada por Stacey McBride-Irby (ao fundo)

A coleção de bonecas virá nas cores marrom claro, chocolate e caramelo e chegará ao Brasil em maio do ano que vem. No exterior, o brinquedo chegará a tempo do Natal.

A Mattel não se arrisca em divulgar expectativas de venda, mas diz que a boneca está tendo uma boa recepção entre garotas de todas as idades e cores.

A empresa já prevê a expansão da linha em 2010, com as novas bonecas Chandra e sua irmã menor, Zahara, além de Darren, jovem negro que também terá um irmão mais novo.

Época

Barbie tem 57 mas esconde idade

Na 2a feira, dia 9, a Barbie completa 50 anos. Foi em março de 1959 que a boneca foi apresentada pela primeira vez ao mercado americano, em uma feira de brinquedos. Porém, como muitas mulheres, a Barbie também tem o seu segredinho. Sua idade real, acredite, é um pouquinho maior – ela tem na verdade 57 anos.

A moça loura de pernas longas foi criada de fato em junho de 1952, pelo cartunista alemao Reinhard Beuthien, que trabalhava para uma revista de Hamburgo. Originalmente ela se chamava Lili.

Lili fez tanto sucesso com os leitores, que a revista resolveu fazer uma boneca, inspirada no desenho, para dar de brinde aos seus clientes. Em 1959, a boneca foi vendida para a empresa americana Mattel. Em homenagem a sua filha Bárbara, Ruth Handler, dona da Mattel, rebatizou a boneca como Barbie. E o resto é história.

Nesses anos todos, a Barbie acompanhou a evoluçao dos hábitos e preferências das meninas dos 4 cantos do planeta. Mas apesar de ainda ser um ícone, as vendas da Barbie nao sao mais as mesmas. Afinal, as meninas estao enjoando de bonecas cada vez mais cedo. Mesmo assim, Barbie, um dos maiores cases de marketing do mundo moderno, resiste bravamente e continua presente nas casas de muitas meninas e na lembrança de milhoes de mulheres que um dia já carregaram essa boneca debaixo do braço.

Luiz Alberto Marinho/Blue Bus

%d blogueiros gostam disto: