Arquivos de tags: Agrishow

Agrishow aposta em pequeno e médio produtor

Luiz Aubert Neto, presidente da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), aposta nas empresas de pequeno e médio porte para garantir o faturamento recorde previsto para a próxima edição da Agrishow. Neto destaca que programas de incentivo à compra de máquinas por pequenos produtores, como o Mais Alimentos, impediram a queda das vendas de máquinas superior aos 25% registrados em janeiro e motiva a contratação em empresas que produzem tratores de até 75 cavalos.

O volume financeiro previsto com a geração de negócios na Feira é da ordem de R$ 870 milhões, acima dos R$ 800 milhões levantados na edição de 2008, quando o agronegócio brasileiro vivia um forte momento de expansão e o setor de máquinas registrava vendas recordes.

Segundo a Abimaq, em meio à crise financeira, o pequeno e médio empresário não têm medo de investir. “Enquanto o grande está querendo se retrair, o pequeno e médio falam: ‘agora é minha hora'”.

A Feira tem, até hoje, 775 expositores confirmados, entre eles a Santal, empresa de implementos agrícolas que, ontem, solicitou uma ampliação de 50% para a área de ocupação na Agrishow.


Eduardo Daher, diretor executivo da Associação Nacional para Difusão de Adubo e Fertilizantes (Anda), também acredita no retorno dos investimentos. “Vai haver disputa para dar crédito”, disse ele ao revelar que as primeiras confirmações de presença da Agrishow foram feitas por cinco bancos.

A Agrishow 2009 será a última edição da feira em Ribeirão Preto (SP). No próximo ano, o evento tem nova casa: São Carlos, a 240 km de São Paulo e a 80 km de Ribeirão Preto. Para a realização da feira, a cidade vai receber R$ 53 milhões para investir em infraestrutura, como rede elétrica e modernização dos acessos à cidade.

De acordo com o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), Luiz Aubert Neto, problemas com a estrutura do evento em Ribeirão Preto desagradavam os fabricantes de tratores. “Fizemos estudos em Araras, Piracicaba, São Carlos e até em Ribeirão Preto. A melhor proposta foi de São Carlos”, diz Aubert. Ele conta que a cidade carece de rede hoteleira para atender aos visitantes da feira. “Mas isso não impede a realização do evento.” Segundo ele, as cidades próximas podem resolver o problema, inclusive Ribeirão Preto.

O presidente da Abimaq diz que outro motivo para a escolha da nova localização é o fato de que São Carlos está sendo construída a Cidade da Bioenergia, uma parceira entre o Governo Federal, Embrapa e prefeitura municipal. Serão investidos R$ 80 milhões no desenvolvimento do projeto, dos quias R$ 50 milhões vindos do Governo Federal, R$ 25 milhões da Abimaq e R$ 5 milhões do município.

A Embrapa cedeu um terreno de 240 hectares na região para desenvolver projetos de agroenergia. A concessão é por 50 anos, renováveis por mais 50 anos.

(Sérgio Toledo – InvestNews)

Agrishow : negócios de US$20 milhões

Rodada Internacional da Agrishow gera expectativa de negócios de quase US$20 milhões, promovida pela ABIMAQ, a Rodada contou com a participação de 11 compradores de nove países.

A expectativa de negócios da Rodada Internacional promovida pela ABIMAQ – Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos – na 15ª edição da Agrishow – Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação – é da ordem de US$19,9 milhões de dólares para os próximos 12 meses.

A Rodada Internacional de Negócios, que aconteceu nos dias 29 e 30 de maio, em Ribeirão Preto é um dos frutos do Projeto Setorial Integrado (PSI) Máquinas e Equipamentos da ABIMAQ com a APEX-Brasil – Agência de Promoção de Exportações e Investimentos – firmado em outubro de 2007, que rendeu ao setor um aporte de R$ 17,2 milhões, com o objetivo de aumentar as exportações de máquinas e equipamentos para US$ 142 milhões até junho de 2010, ante os US$ 123,5 em 2006.

De acordo com o diretor executivo de mercados da ABIMAQ, Mario Mugnaini foram realizadas 194 reuniões, entre 33 empresas brasileiras e os 11 compradores estrangeiros, provenientes da Bolívia, Chile, Colômbia, Egito, Emirados Árabes, Nigéria, Peru, Sérvia e Uruguai.

Dados da ABIMAQ mostram que o setor de máquinas e implementos para agricultura, teve um desempenho de R$ 5,8 bilhões em 2007 – 31,6% a mais que em 2006 – e exportou US$ 685,86 milhões – 47,3% a mais sobre 2006.

Exportação – Dentre os 10 países que mais importam máquinas brasileiras, 8 são da América Latina. A Argentina figura como o maior importador brasileiro de máquinas agrícolas, com US$ 205,72 milhões, seguida pelo Paraguai, com US$ 92,87 milhões; a Venezuela aparece em terceiro, com US$ 53,95, à frente dos Estados Unidos, que importou em 2007, US$ 41,9 milhões em máquinas para agricultura.

Fator

%d blogueiros gostam disto: