Arquivos da Categoria: Humor

HQ: Fãs de Batman lamentam morte de Robin

Fim do Menino Prodígio será contado na próxima edição da “Batman 

 

Os fãs de Batman vão chorar mais uma morte nos gibis — recurso que vem sendo usado à exaustão por editoras como a DC Comics para aumentar as vendas das revistas de super-heróis.

Quem se despede agora, no entanto, não é o morcegão, mas seu filho, Damian Wayne. O garoto de 10 anos é fruto do affaire do ricaço Bruce Wayne com a vilã Talia al Ghul, filha de um dos principais rivais do atormentado herói de Gotham City, Al Ghul.

 

roOs fãs de Batman lamentaram a morte antecipada de Robin, cujo fim será contado na próxima edição da “Batman Incorporated”, revista da DC Comics, que será lançada nesta quarta-feira. “Salva o mundo. Faz o seu trabalho como Robin e morre como herói absoluto”, disse o autor dos quadrinhos, Grant Morrison, em entrevista exclusiva para o New York Post.

Em “Batman incorporated”, Robin é Damian Wayne, garoto de 10 anos que é filho de Bruce Wayne e Talia al Ghul.
Não é o primeiro “Robin” a morrer. Jason Todd foi morto pelo Coringa, e depois ressuscitou em 2005.

Perguntado se Robin será substituído, o escritor disse que “nunca se pode dizer nunca no mundo dos quadrinhos … Enfim, Batman terá sempre um parceiro”.

“Foi de partir o coração”, comentou Erik Marcos no blog da DC Comics, enquanto outros fãs lamentavam o fato de estarem cientes da história antes do início das vendas da próxima edição da publicação: “Deixem que os leitores leiam a revista!”, protestou Shariq Ansari. (AFP/Correio do Povo)

Rede TV! Pode ficar com Eike Batista e Boni

amilcare-dallevo-presidente-e-proprietario-da-rede-tv-encerra-as-atividades-da-emissora-em-coletiva-de-imprensa[1]Na tarde desta quinta-feira (28/2), a presidente Dilma teve uma reunião com Amílcare Dallevo, proprietário da RedeTV!, no Palácio do Planalto. O encontro pode mudar o rumo da emissora.

A pauta da reunião não foi divulgada, mas diversas especulações circulam pelos corredores da emissora. O principal rumor é de que parte das ações do canal seria transferida para os empresários Eike Batista e Boni. A informação, no entanto, não é confirmada pela RedeTV!
A RedeTV! passa por uma crise financeira e as coisas pioraram desde que a emissora perdeu os integrantes do programa “Pânico” para a Band, já que a atração era a que gerava maior audiência e renda para o canal.
Em 2012, a Associação Brasileira de Imprensa chegou a enviar ofício à Presidência da República pedindo uma intervenção na RedeTV! devido aos constantes atrasos de salário que vinham ocorrendo.

Morre Ivan Lessa um dos fundadores do Pasquim

O escritor e cronista Ivan Lessa, colunista da BBC Brasil, morreu na tarde da sexta-feira em Londres, aos 77 anos.

Ivan era colaborador da BBC desde janeiro de 1978, quando deixou o Brasil para se radicar na capital britânica.

 Um dos fundadores do jornal Pasquim, Ivan publicou três livros – Garotos da Fuzarca (1986), Ivan Vê o Mundo – Crônicas de Londres (1999) e O Luar e a Rainha (2005).

Filho do escritor Orígenes Lessa e bisneto do gramático Julio Cézar Ribeiro Vaugham, Ivan Pinheiro Themudo Lessa nasceu em 9 de maio de 1935 em São Paulo. No jornal “O Pasquim”m, do qual foi também editor, Ivan assinava as seções Gip-Gip-Nheco-Nheco, Fotonovelas e “Os Diários de Londres”, escritos em “parceria” com seu heterônimo Edélsio Tavares.

Ao lado do cartunista Jaguar, Lessa criou o ratinho Sig, de Sigmund Freud, baseado na anedota que dizia que se “Deus criou o Sexo, Freud criara a sacanagem”. O personagem se tornou símbolo de “O Pasquim”.

Ele também trabalhou na TV Globo e foi colaborador de diversas publicações brasileiras, entre elas as revistas SenhorVeja e Playboy, e os jornais Folha de S.PauloO Estado de S.Paulo e o Jornal do Brasil.

Nos últimos anos, Ivan vinha publicando três colunas semanais no site da BBC Brasil – a última delas publicada na manhã de sexta-feira.

CliqueLeia aqui a última coluna de Ivan Lessa para a BBC Brasil

BBC/UK

Sim…eles existem!!

 
[A+Volta+ao+Mundo+com+Tim?o+e+Pumba+4]
bobesponja

Cerveja de ‘Os Simpsons’ lançada no Brasil por R$ 10

A cerveja Duff, famosa por ser consumida por Homer Simpson no seriado Os Simpsons, começará a ser vendida no Brasil no final deste mês por cerca de R$ 10.

A Duff Beer foi criada por uma parceria entre a cervejaria belga Haacht Brewery e o mexicano Rodrigo Contreras e já é vendida em outros países da América Latina como Chile, Paraguai e Colômbia.

A intenção da cervejaria é aproveitar a expansão do mercado de cervejas premium no Brasil. Segundo a Duff Brasil, responsável por trazer cerveja ao país, a Duff é uma cerveja puro malte e não irá competir com cervejas consideradas de massa.

Inicialmente a Duff será vendida apenas na cidade de São Paulo em cerca de 30 bares, considerados pela marca como referência para a cerveja. O lançamento oficial será feito em uma festa fechada nesta quinta-feira em São Paulo.

Morre José Vasconcelos um dos maiores humoristas do Brasil

Morreu na madrugada desta terça (11) o humorista José Thomaz da Cunha Vasconcellos Neto, aos 85 anos. Ele era conhecido por viver o personagem Ruy Barbosa Sá Silva na “Escolinha do Professor Raimundo”, da Globo, e “Escolinha do Barulho”, da Record.

José Vasconcellos sofria de Alzheimer, tinha problemas nos rins e estava internado no Hospital das Clínicas de São Paulo, quando sofreu uma parada cardíaca.

Logo no início da manhã, Rick Régis, sobrinho do comediante, usou o Twitter para dar a informação: “Olá Homero, perdemos o Pai do humor: José Vasconcellos”. Prontamente, ele também escreveu no microblog: “PERDI MAIS UM AMIGO….JOSÉ VASCONCELOS, UM DOS MAIORES HUMORISTAS DO BRASIL…”.

Homero pediu: “A nova geração de ’comediantes’ tem obrigação de rever vts de um dos precursores do stand up…ele fazia ’solo’ há decadas”.

Segundo amigos da família, o velório de José Vasconcellos deve acontecer ainda hoje. Ele será cremado, segundo seu próprio desejo, e depois removido para o crematório de Embu das Artes, em SP.

Natural de Rio Branco, no Acré, José Vasconcellos era considerado um dos maiores nomes do humor brasileiro. Iniciou sua carreira no rádio e ganhou destaque interpretando personagens gagos, como o Ruy Barbosa Sá Silva.

Na década de 60, criou o projeto “Vasconcelândia”. A ideia era montar um parque de diversões em Guarulhos/SP, semelhante à “Disneylândia”. Porém, o projeto acabou não sendo realizado.

Biografia

Começou no rádio, meio em que se tornou célebre por fazer imitações das vozes de outros locutores e artistas em geral, como a imitação de Ary Barrosoapresentando um programa de calouros.

Tornou-se famoso por suas piadas de gagos, sendo o esquete “O Locutor de Futebol Gago” um de seus maiores êxitos. Sua habilidade de imitador proporcionou um desempenho inigualável imitando gagos, transformando estas imitações em sua marca particular.

Produziu e atuou no primeiro programa humorístico da televisão brasileira, A Toca do Zé, exibido pela TV Tupy de São Paulo em 1952.

Em 1960 gravou um disco pela Odeon, Eu Sou o Espetáculo, sendo provavelmente o primeiro humorista a vender mais de 100 mil cópias de um LP do gênero, além de que esse disco tinha duração de 55 minutos, sendo o mais longo LP de humor já feito no país. Seu sucesso abriu caminho para que outras gravadoras investissem no segmento, mas o próprio Vasconcelos não conseguiu repetir o êxito de sua primeira gravação.

Também nos anos 60, esteve a frente de um projeto chamado Vasconcelândia, que acabou não se concretizando.

Continuou trabalhando na TV, em papéis como o do gago “Rui Barbosa Sa-Silva” na Escoliha do professor Raimundo, ém de se apresentar em casas de espetáculos por todo o Brasil.

Em 2009 foi lançado em DVD o documentárioEle é o Espetáculo, do cineasta Jean Carlo Szepilovski, uma homenagem ao conjunto de sua obra. Narrado pelo próprio humorista, apresentava depoimentos de Jô Soares , Chico Anysio e trecho de filmes e programas de rádio e TV em que atuou durante a carreira.

Afastado da televisão devido ao mal de Alzheimer,assou seus últimos anos em sua casa na cidade de Itatiba, interior de São Paulo.

O humorista deixa sua esposa, dona Irene, e quatro filhos.

Rafinha Bastos fora do “CQC”

O humorista Rafinha Bastos não estará na bancada do “CQC”, da Band, na noite desta segunda-feira (3) e nem nas próximas semanas. A emissora decidiu tirá-lo no ar após a repercussão negativa de piadas feitas recentemente e consideradas de mau gosto.
A gota d’água foi a piada feita na semana passada sobre a gravidez de Wanessa Camargo. “Eu comeria ela e o bebê”, afirmou Rafinha.

De acordo com fontes ouvidas pela Folha de SP, uma “grande surpresa” está sendo preparada para amanhã.

A decisão foi tomada agora há pouco pela cúpula da emissora na França. Eles estão no país para participar da Mipcom, feira de audiovisual que começa amanhã em Cannes.

Na última sexta (30), um dos companheiros de Rafinha no “CQC”, Marco Luque –amigo de Marcus Buaiz, marido de Wanessa–, divulgou nota sobre o caso em que reprova a piada do colega.

“Sobre a piada feita pelo Rafinha Bastos, no programa ‘CQC’ que foi ao ar no dia 19 de setembro, eu, como pai, entendo e apoio a revolta e a indignação do Marcus Buaiz, um homem que conheço e respeito. Se fizessem uma piada com este contexto sobre a minha família, certamente ficaria ofendido. Com certeza uma piada idiota e de muito mau gosto.”

Morre o humorista Serginho leite

O humorista  Serginho Leite morreu na tarde de ontem. A causa da morte foi um enfarte do miocárdio.

De acordo com o Hospital das Clínicas de São Paulo, Leite deu entrada no local por volta das 11h15. Ele foi atendido pela equipe de emergência do HC e do Instituto do Coração (Incor). O humorista morreu às 14h50, aos 55 anos de idade.

Um dos grandes nomes do rádio brasileiro, Leite trabalhou durante mais de 30 anos como locutor de rádio e se tornou bastante conhecido no programa Show de Rádio, da Jovem Pan.

Ele ficou conhecido por suas imitações de celebridades, como Pelé e Paulinho da Viola, e por paródias que criava tocando um violão.

Outros trabalhos do radialista e humorista foram em comerciais para rádio e TV. Ele dublou o personagem Bom de Boca, garoto-propaganda da Cepacol; o Tigre Tony, do cereal Kellogg”s; e o elefante Jotalhão, da Cica. Leite também trabalhou na TV Globo entre 1998 e 2000 no programa Domingão do Faustão.

Nos últimos anos, se dedicava a apresentações de seu show de imitações e dublagens. Deixa mulher e dois filhos.

Ziraldo é condenado pela Justiça Federal

O escritor e cartunista Ziraldo foi condenado por improbidade administrativa na realização de um festival de humor no Paraná, em 2003.

Incluídos em uma Ação Civil Pública por Improbidade Administrativa em 2006, Ziraldo e seu irmão Zélio Alves Pinto, juntamente com os organizadores do Festival de Humor Gráfico das Cataratas foram condenados pela Justiça Federal de Foz do Iguaçu.

De acordo com o processo, Ziraldo e o irmão receberam dinheiro público indevidamente na primeira versão do Festhumor, que os dois ajudaram a organizar em novembro e dezembro de 2003.

O famoso cartunista foi presidente de honra das três versões do Festival. Segundo a sentença, isso não impediu a organização de contratar a empresa de Ziraldo, a “Jornal Pasquim 21”, para prestar serviços. “O que caracterizou mau caráter e desonestidade”, diz o documento assinado pelo Juiz Federal, Rony Ferreira.

A Ação Civil Pública de Improbidade Administrativa 2006.70.02.005513-8/PR aplica a pena de suspensão dos direitos políticos a Ziraldo pelo prazo de oito anos, de pagamento de multa civil no valor de R$ 50 mil, bem como a proibição de contratar com o poder público municipal, estadual e federal ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente pelo prazo de cinco anos.

A sentença ainda acusa o irmão de Ziraldo de receber R$ 50 mil de verba do Ministério do Turismo para pagar despesas de viagem e palestrantes do festival, e R$ 28 mil da Prefeitura de Foz para os mesmos gastos, o que caracteriza duplicidade de cobrança. Além de receber como presidente de honra, Ziraldo também recebeu como palestrante.

Ziraldo e demais condenados no processo da 2ª Vara Federal Criminal da Subseção Judiciária de Foz do Iguaçu podem recorrer da sentença.

Millôr Fernandes é internado no Rio

 

O escritor, desenhista, dramaturgo e humorista Millôr Fernandes, de 86 anos, está internado na Clínica São Vicente, na Gávea, zona Sul do Rio de Janeiro. Nenhum boletim médico foi divulgado, a pedido da família do escritor. A data e a razão da internação também não foram informadas. A última postagem Twitter do autor data do dia 4 de fevereiro, sexta-feira.

Millôr Fernandes é um dos grandes nomes do jornalismo nacional. Na década de 40 colaborou com a extinta revista “O Cruzeiro”. Em 1969, foi um dos fundadores do jornal “O Pasquim”, um dos grandes marcos da resistência contra a censura na ditadura militar. Tem mais de 30 livros publicados, entre prosa e poesia, além de ser um dos principais tradutores de Shakespeare no Brasil.

IG

%d blogueiros gostam disto: