Arquivo do dia: novembro 28, 2018

YouTube: filmes e séries de graça

O YouTube tem planos de disponibilizar de graça toda sua programação original futura, no momento em que a unidade de transmissão de vídeos do Google busca maior audiência para séries e filmes que estão limitados a assinantes do serviço.

Pessoas em frente ao logo do YouTube; serviço premium do site custa R$ 20,90 no Brasil
Pessoas em frente ao logo do YouTube; serviço premium do site custa R$ 20,90 no Brasil – Dado Ruvic/Reuters

A mudança na estratégia significa que, a partir de 2020, a assinatura do YouTube Premium não será mais a única maneira de assistir à maior parte dos programas originais, já que todos os usuários terão acesso –os gratuitos, mediante exibição de anúncios, e os pagos, sem publicidade.

A empresa não detalhou o número total de assinantes da opção paga, lançada há três anos e disponível em 29 países.

O YouTube disse que a decisão de tornar a programação gratuita visa satisfazer o crescente interesse internacional em sua programação original e demanda de anunciantes de se associarem a conteúdos especiais.

Folha Sp

CARTÃO DE CRÉDITO

O Banco Central emitiu circular obrigando os bancos a informarem aos clientes o valor segundo a taxa de câmbio do próprio dia da operação.

O Banco Central emitiu circular obrigando os bancos a informarem aos clientes o valor em reais de compras feitas por cartão de crédito no exterior segundo a taxa de câmbio do próprio dia da operação.

A medida entrará em vigor em 1º de março de 2020. “Dessa forma, o cliente ficará sabendo, já no dia seguinte, quanto vai desembolsar em reais, eliminando a necessidade de eventual ajuste na fatura subsequente”, explicou a autoridade monetária, em nota, nesta quarta-feira (28). De acordo com o BC, a medida aumentará a previsibilidade para os clientes dos valores gastos e evitando a variação cambial entre o dia do gasto e o fechamento da fatura.

“Além disso, a medida aumenta transparência e a comparabilidade na prestação do serviço, padronizando as informações sobre o histórico das taxas de conversão nas faturas e terão que ser divulgadas em formato de dados abertos, de forma que rankings de taxas possam ser estruturados e divulgados”, completou o BC. Além do valor em reais e em dólar, as faturas também terão que informar a taxa de conversão entre as moedas para cada compra.

Estadão

Nenhum texto alternativo automático disponível.

segundo a taxa de câmbio do próprio dia da operação.

A medida entrará em vigor em 1º de março de 2020. “Dessa forma, o cliente ficará sabendo, já no dia seguinte, quanto vai desembolsar em reais, eliminando a necessidade de eventual ajuste na fatura subsequente”, explicou a autoridade monetária, em nota, nesta quarta-feira (28). De acordo com o BC, a medida aumentará a previsibilidade para os clientes dos valores gastos e evitando a variação cambial entre o dia do gasto e o fechamento da fatura.

“Além disso, a medida aumenta transparência e a comparabilidade na prestação do serviço, padronizando as informações sobre o histórico das taxas de conversão nas faturas e terão que ser divulgadas em formato de dados abertos, de forma que rankings de taxas possam ser estruturados e divulgados”, completou o BC. Além do valor em reais e em dólar, as faturas também terão que informar a taxa de conversão entre as moedas para cada compra.

Estadão

Nenhum texto alternativo automático disponível.

#ARTE O peso da mãe, da dona de casa, da mulher

#ARTE O peso da mãe, da dona de casa, da mulher, representado em uma obra de arte.

%d blogueiros gostam disto: