Arquivo do dia: janeiro 10, 2013

MOTOS: produção no Brasil caiu 20,9% em 2012

 Imagem

 

A produção brasileira de motocicletas caiu 20,9% em 2012, quando foram fabricadas 1,69 milhão de unidades, e a indústria espera uma recuperação neste ano, segundo informou nesta quinta-feira a patronal do setor.

A Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Bicicletas e Similares () indicou também que a produção de motocicletas em dezembro foi de 66.200 unidades, 34,9% menor que no último mês de 2011.

O presidente de Abraciclo, Marcos Fermanian, considerou que a indústria superará a crise e estabilizará as vendas com um “modesto crescimento” de 3,7% segundo as projeções da entidade.

A queda na produção de motocicletas foi sentida também nas vendas, que em 2012 diminuíram 15,62% frente aos números de 2011, de acordo com a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores do Brasil (Fenabrave). EFE

#CINEMA: Seu Jorge, cantor brasileiro, viverá Jimi Hendrix nas tela

seu-jorge-e-jimmy_652x408[1]

 

Uma boa notícia para quem é fã de Seu Jorge: o cantor, que está de mudança marcada para os EUA, tem um ótimo motivo para tanto. É que ele viverá Jimi Hendrix no cinema. A notícia chegou nesta quinta (10.01) como uma surpresa enorme para todos.

Seu Jorge, que vai morar em Los Angeles, pretende intensificar seus estudos como ator, ficando mais dedicado enquanto estiver por lá. A produção deve começar ainda este ano de 2013 mas, por ora, nenhuma outra notícia sobre como será o longa foi dada, inclusive se será um filme exclusivo de Hendrix ou ainda que o guitarrista mais famoso do mundo faça apenas uma, digamos, aparição.

Fonte RG/Terra

VIOLÊNCIA: vetado projeto sobre porte de arma

porte+De+arma[1]

Foi publicado nesta quinta-feira (10), no Diário Oficial da União, o veto da presidenta Dilma Rousseff  ao projeto de lei que dava direito de porte de arma, mesmo fora de serviço, aos integrantes do quadro efetivo dos agentes e guardas prisionais, das escoltas de presos e às guardas portuárias, “por contrariedade do interesse público” .

Na avaliação do Ministério da Justiça e da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência, a ampliação do porte de arma fora de serviço a esses profissionais contraria a política nacional de combate à violência. Dilma também vetou integralmente o projeto de lei que alterava o Código de Transito Brasileiro propondo o fim do recolhimento da habilitação a quem dirigir veículo de categoria diferente da autorizada.

%d blogueiros gostam disto: