SAÚDE: Aumenta a participação dos beneficiários acima dos 60 anos nos planos de saúde


Levantamento da entidade mostra que expansão do ritmo de contratações de planos de saúde foi puxado pelas cidades do interior

 

– Levantamento realizado pelo Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS) identifica que o número de beneficiários de planos de saúde com 60 anos ou mais cresceu 2,9% entre junho de 2011 e o mesmo mês de 2012. No mesmo período, houve uma queda de 1,1% na contratação de planos para beneficiários com até 19 anos. Os dados constam da “Nota de Acompanhamento do Caderno de Informações da Saúde Suplementar (Naciss)”, elaborada trimestralmente pelo IESS.

Hoje, os beneficiários com até 19 anos de idade representam 25,4% do total, um recuo de 6,4 pontos porcentuais (p.p.) em relação a junho de 2000, quando totalizavam 31,8% desse universo. Por outro lado, a participação de beneficiários com mais de 60 anos avançou 0,4 p.p. no mesmo período, chegando a 11,1% do total. O impulso foi mais significativo no grupo de assinantes de planos de saúde suplementar com mais de 80 anos, que, na mesma base comparativa, cresceu 5 p.p., atingindo 17% dos segurados.

Luiz Augusto Carneiro, superintendente-executivo do IESS, avalia que os dados demonstram a transição demográfica pela qual a sociedade brasileira está passando. “Percebemos que as previsões do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) de uma aceleração do envelhecimento da população brasileira já começam a ocorrer. O bônus demográfico para a população brasileira terminará em uma década e a população em idade economicamente ativa passará a ser proporcionalmente menor que a de pessoas na terceira idade”, analisa. “Fenômeno que já começa a ser notado no universo de beneficiários de planos de saúde”, completa. Diante deste cenário, Carneiro destaca o desafio do setor de saúde suplementar e do próprio governo em preservar a viabilidade econômico-financeira dos planos de saúde e das atividades relacionadas.

 

Expansão da rede

Números do IESS apontam que a contratação de planos de saúde cresceu 2,8% entre junho de 2011 e junho de 2012, chegando a 48,6 milhões de beneficiários no País. De acordo com a Naciss, no primeiro trimestre de 2012, a contratação de planos coletivos apresentou crescimento moderado, de apenas 1%, influenciada pela redução da taxa de criação de postos de trabalho formais. Já o segundo trimestre de 2012 viu o reaquecimento das contratações, com avanço de 1,3% no total de beneficiários em relação ao trimestre anterior. Os planos individuais tiveram sua carteira de beneficiários expandida em 0,4% na comparação entre o primeiro e o segundo trimestre do ano. Outro ponto de destaque no relatório foi o avanço na contratação de planos odontológicos, que teve impulso de 10,5% nos últimos 12 meses. Resultados que, segundo o IESS, se deve à estabilidade econômica no Brasil e ao relativo aumento da massa de rendimentos das famílias.

O IESS destaca, ainda, que o incremento no total de beneficiários de planos de saúde foi puxado pelas cidades do interior. Especialmente na região Norte, que cresceu 16,2% entre junho de 2011 e o mesmo mês de 2012. O maior impulso registrado no País. Nas regiões metropolitanas, levando em consideração o mesmo período, o crescimento foi de 6%. As cidades do interior do Centro-Oeste e do Nordeste também apresentaram avanço significativo no total de beneficiários de planos de saúde, de 11,8% e 9,1%, respectivamente.

Carneiro explica que a expansão da atividade econômica e do mercado de trabalho formal nos Estados dessas regiões tem impactado positivamente a contratação de planos coletivos empresariais, visto que os novos empregos criados muitas vezes incluem o benefício do plano de saúde. Além disso, nessas regiões do País, as taxas de cobertura de planos ainda estão abaixo da média nacional. O que indica a existência de um mercado potencial para a expansão do número de beneficiários.

 

Sobre o IESS

O Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS) é uma entidade sem fins lucrativos com o objetivo de promover e realizar estudos sobre saúde suplementar. O Instituto busca preparar o Brasil para enfrentar os desafios do financiamento à saúde, como também para aproveitar as imensas oportunidades e avanços no setor em benefício de todos que colaboram com a promoção da saúde e de todos os cidadãos. O IESS é uma referência nacional em estudos sobre saúde suplementar pela excelência técnica e independência, pela produção de estatísticas, propostas de políticas e a promoção de debates que levem à sustentabilidade das operadoras e contínua qualidade no atendimento aos beneficiários.

 

Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: