Pelé leva sua rede de academia para o exterior


Rede Pelé Club abrirá unidades nos EUA e na China em 2013 e outras cinco no Brasil neste ano.

O rei do futebol também mostra ter habilidade para lidar com cifrões. Os negócios do melhor jogador de todos os tempos vão ultrapassar as fronteiras brasileiras no ano que vem, quando a rede de academias Pelé Club vai inaugurar unidades em países como Estados Unidos e China.

Além disso, o preço das franquias caiu 50% no Brasil para atrair mais investidores.

Segundo André Figer, que gerencia as franquias da Pelé Club, os Estados Unidos e os países da Ásia são o foco inicial da expansão internacional.

“Fizemos uma pesquisa e constatamos que esses são os lugares onde a aceitação do nome Pelé é recorde, além de serem locais onde o futebol, principalmente o feminino, tem crescido muito”. A lista de novos destinos também inclui México, Alemanha, Rússia e Portugal.

“Já temos contatos avançados em todos esses países. O nome do Pelé abre muitas portas”, ressaltou Figer, que não soube precisar o valor das franquias internacionais, mas afirmou que os aparelhos necessários para compor as academias são até 60% mais baratos que no Brasil.

Por enquanto, o rei comanda três academias no país, duas em Minas Gerais e uma em São Paulo, ao lado de Figer, empresário com experiência no mercado da bola. Antes de alçar voos internacionais, a Pelé Club quer franquear mais cinco unidades até o fim deste ano.

“No começo da minha carreira eu não tinha estrutura para treinar e fazer musculação. Precisava improvisar e usava sacos de cimentos, não quero mais ninguém passando por isso”, lembrou Pelé.

A ideia de atrelar o nome de ex-jogador a uma rede de academias surgiu em 2005, mas o formato do negócio precisou ser revisto recentemente porque as franquias eram muito caras.

“Agora com R$ 1 milhão é possível ter uma academia com o padrão do rei. Antes, o mínimo era de R$ 2 milhões”, disse André Figer. “E sempre dá para financiar”, completou Pelé com bom humor.

Do total do investimento inicial, 40% é destinado para a compra de máquinas e equipamentos e a taxa de franquia é de cerca de R$ 120 mil. O faturamento das três unidades da Pelé Club no ano passado foi de R$ 15 milhões.

As cinco unidades abertas até o final deste ano serão instaladas nas regiões Sul, Sudeste e Nordeste, em cidades com mais de 200 mil habitantes. “Quem sabe um dia ainda não abrimos uma academia em Três Corações”, brincou Pelé, fazendo referência a cidade mineira onde nasceu.

Brasil Econômico

Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: