Arquivo do dia: maio 11, 2012

Dilma cria dia nacional da MPB

A pianista e regente Chiquinha Gonzaga  - Reprodução
Reprodução
A pianista e regente Chiquinha Gonzaga

A presidente Dilma Rousseff sancionou ontem lei que cria o Dia Nacional da Música Popular Brasileira, em 17 de outubro. A data foi escolhida por ser o dia do nascimento da pianista e regente Chiquinha Gonzaga (1847-1935), a primeira compositora popular do Brasil. O texto da lei 12.624 foi publicado ontem no Diário Oficial da União.

A carioca Francisca Edwiges Neves Gonzaga, a Chiquinha Gonzaga, transitava por vários ritmos (polca, tango, choro, marcha) e fazia uma ponte entre erudito e popular. É dela a canção Ó Abre Alas, sucesso eterno nos bailes de carnaval. Também fundou a Sociedade Brasileira de Autores Teatrais (SBAT).

Ex baterista dos Ramones vende almôndegas nas ruas de Nova York

O ex-baterista dos Ramones Marky Ramone (foto), único integrante ainda vivo do grupo, trabalha atualmente vendendo almôndegas com molho de tomate pelas ruas de Nova York.

Ramone criou a empresa Cruisin Kitchen (algo como fogão sobre rodas), que vende quatro tipos de pratos com almôndegas numa caminhonete negra pintada com labaredas de fogo e que tem impressa a imagem do músico com sua jaqueta de couro e tocando bateria, como pode ser visto no perfil do Facebook da marca.

As almôndegas, preparadas pelo cozinheiro Keith Album, são “ecléticas e internacionais” e são feitas com diferentes complementos, como o molho de tomate que também leva o nome do ex-baterista: “Marky Ramone’s Brooklyn’s Own Marinara Sauce”.

O frasco de molho de tomate pode ser comprado pela internet por US$ 0,88. A cozinha sobre rodas de Ramone muda de localização com o tempo e desde 1º de abril se encontra nos arredores da sala de concerto The Bell House, no Brooklyn, onde o baterista fez uma apresentação ao lado de seu novo grupo, The Blitzkrieg.

Marky, de 54 anos, que na verdade se chama Marc Bell, participou de míticos discos dos Ramones, como “Road to ruin” e “End of the century”, mas foi expulso do grupo em 1983 por seus problemas com o álcool.

DA EFE, EM NOVA YORK

AIDS: aprovado nos EUA medicamento para evitar a contaminação pelo vírus HIV

Um comitê de especialistas em saúde dos Estados Unidos apoiou, pela primeira vez, um medicamento para evitar a contaminação pelo vírus HIV.

O Comitê Consultivo sobre Drogas Antivirais dos EUA, que aconselha a Agência Americana de Drogas e Alimentos, aprovou o uso do Truvada, um comprimido de uso diário que deve ser usado por pessoas não infectadas que estariam correndo risco maior de contrair o vírus da Aids.

O uso do medicamento foi aprovado para pessoas não infectadas que têm parceiros portadores do HIV e para outros grupos considerados em risco de contrair o vírus através do sexo.

O uso do Truvada já foi aprovado pela Agência Americana para pessoas que já tem o vírus da Aids e é tomado junto com outros medicamentos. Estudos realizados em 2010 mostraram que o Truvada, do laboratório californiano Gilead Sciences, reduziu o risco de infecção pelo HIV entre 44% e 73% em homossexuais masculinos saudáveis e entre heterossexuais saudáveis que são parceiros de portadores do vírus HIV.

BBC/UK

Facebook muda e explica como maneja informações de usuários

O Facebook anunciou nesta sexta-feira que realizará uma atualização de sua política de dados para explicar de uma forma “mais transparente e fácil de entender” como administra as informações de seus usuários.

O Escritório do Comissário de Proteção de Dados da Irlanda, que regula sua filial europeia, cobrou uma melhora em sua política de uso de dados para passar a indicar, de maneira pormenorizada, o modo em que utilizam a informação de cada usuário, informa a rede social em seu site oficial.

Desta maneira, o usuário poderá perceber algumas mudanças na nomenclatura usada pela rede social, que substituirá a palavra “perfil” por “biografia” e “publicação” por “história”, além de apresentar referências de novas funções, como as fotos de capa relacionadas com a biografia.

Assim, as seções “Tua informação” e “Informação” servirão para indicar que dados do usuário serão sempre públicos e também para especificar a informação que o Facebook obtém quando alguém usa a rede social através de um aplicativo móvel.

Essas novas funções também explicarão como as informações que o Facebook recebe de cada pessoa são usadas. “Proporcionamos mais exemplos da maneira em que podemos utilizar esses dados para seguir protegendo as melhores funções e os melhores serviços possíveis”, assinala a nota publicada no site oficial.

Sobre a eliminação e desativação de uma conta, o Facebook indica que serão apresentadas informações para esclarecer “que os amigos seguirão em sua lista mesmo se tiverem suas contas desativadas”.

A rede social de Mark Zuckerberg também incluiu mais detalhes sobre a forma como as pessoas vão poder encontrar um perfil, o que dará possibilidade do usuário configurar seu perfil para controlar se alguém poderá ver suas informações de contato, como endereço de e-mail e número de telefone, na biografia.

Até o dia 18 de maio, os usuários de Facebook ainda poderão enviar sugestões e propostas para melhorar a política de dados da empresa.

EFE

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.448 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: