A partida do mestre Claudio Cabral


O comentarista Cláudio José Quintana Cabral faleceu na madrugada deste sábado, após sofrer uma parada cardíaca. A morte ocorreu após internação repentina na noite de sexta-feira, 13, no Instituto de Cardiologia de Porto Alegre  Aos 71 anos, Cabral deixa uma lacuna no rádio esportivo gaúcho. Filho do consagrado cronista esportivo Cid Pinheiro Cabral, formou-se em Ciências Políticas e Econômicas. Também teve passagem pela Agência France Press e rádios Sucesso, Gaúcha e Guaíba. Em 1995, retornou ao Grupo Bandeirantes, onde atuava até os dias de hoje.

Além disso, Cláudio Cabral foi, até 1985, ligado diretamente ao Sport Club Internacional. Esteve à frente da vice-presidência de futebol por duas vezes na vitoriosa década de 70, além de ter sido integrante do famoso movimento dos Mandarins, que modificou a cara do clube.

Filho do cronista esportivo Cid Pinheiro Cabral, o jornalista, também formado em Ciências Políticas e Econômicas, passou pelas rádios Guaíba, Sucesso, Difusora e Gaúcha. Também atuou na Agência France Press e foi diretor do Sport Club Internacional, na década de 1970. Atualmente, trabalhava na rádio Bandeirantes e estava escalado para comentar o jogo do Internacional contra o Cerâmica, na tarde de hoje.

O velório do mestre Cabral, como era conhecido na crônica esportiva, será realizado na Capela B do Cemitério São Miguel e Almas. O enterro está marcado para às 17h30min deste sábado.

Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: