Morre o grande cantor Pery Ribeiro


O Brasil está de luto: o cantor e compositor Pery Ribeiro (filho da cantora Dalva de Oliveira e do compositor Herivelto Martins) morreu na manhã desta sexta-feira (24), aos 74 anos, vítima de um enfarte, em Niterói, no Rio de janeiro

De acordo com a esposa de Pery, a empresária Ana Duarte, ele estava internado há 30 dias no Hospital Universitário Pedro Ernesto para tratar de uma endocardite e tinha alta programada para esta semana. “Hoje (sexta-feira) pela manhã fomos surpreendidos com esse enfarte fulminante”, lamentou Ana, casada há 20 anos com o artista.

Pery deixa dois filhos: Paula, do seu primeiro casamento, e o produtor de comerciais Bernardo Martins.

Peri Oliveira Martins nasceu no Rio de Janeiro no dia 27 de outubro de 1937.

Era filho de Dalva de Oliveira e Herivelto Martins. Tinha seis irmãos (quatro por parte de pai, um de pai e mãe, e uma irmã adotiva, por parte de mãe). Foi um grande admirador da obra artística de seus pais, e através deles conseguiu se decidir e apreciar a música, seguindo a carreira de cantor.

Despontou como cantor ainda na infância, e logo se tornou sucesso. Na chegada a adolescência passou a fazer shows profissionais.

RARIDADE) Entrevista com Dalva de Oliveira, no programa da Hebe Camargo em 1971, onde Dalva fala sobre o filho Pery Ribeiro

Mais tarde no anos 50, passou a adotar o nome artístico de Pery Ribeiro, por sugestão do radialista César de Alencar. O primeiro disco foi gravado em 1960, mesmo ano em que estreou como compositor com a música “Não Devo Insistir”, com Dora Lopes. Em 1961 foi o intérprete de “Manhã de Carnaval” e “Samba de Orfeu”, ambas de Luiz Bonfá e Antônio Maria.

Pery gravou a primeira versão comercial da canção Garota de Ipanema, sucesso em todo o mundo, além de 12 discos dedicados à Bossa Nova. A partir da década de 1970, desenvolveu trabalhos mais jazzísticos, ao lado de Leny Andrade, viajando pelo México e Estados Unidos, onde atuou também ao lado do conjunto de Sérgio Mendes.

Entre os 50 troféus e 12 prêmios que ganhou, estão o Troféu Roquette Pinto, o troféu Chico Viola e o Troféu Imprensa. Foi apresentador de programas de televisão e participou de alguns filmes no cinema nacional.

Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentários

  • Isaura Maria Silva  On fevereiro 24, 2012 at am:09 am

    Os bons estão indo tar no ceu!!!!!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: