Dilma em NY: jantar disputado


 

 

Dia 21, a presidente Dilma Rousseff será a primeira mulher a abrir a Assembléia Geral da ONU e viaja para Nova York três dias antes para adaptar sua agenda a compromissos e pedidos de encontros paralelos. Num desses eventos, a presença é certa: ela receberá a prêmio Woodrow Wilson de Serviços Público, que já foi atribuído a Lula, dia 20, em jantar no The Pierre Hotel.

O presidente do lado brasileiro do evento é Josué Gomes da Silva (Coteminas), filho do ex-vice-presidente José Alencar. É uma promoção patrocinada: tem uma cota de US$ 100 mil (patrocinador global), outra de US$ 50 mil (internacional) e patronos e benfeitores desembolsam, respectivamente, US$ 25 mil e US$ 15 mil. Só para jantar, US$ 1,5 mil. Dia 19, poderá participar da reunião da ONU Mulheres, presidida por Michele Bachelet.

Já confirmaram presença Hillary Clinton, Catherine Ashton, da União Européia e Helen Clark, da ONU. Se esticar até dia 22, Dilma participa de encontro de chefes de Estado sobre segurança nuclear.

Dilma, que se encontra com Obama dia 20 em Nova York, marcou no dia seguinte um café com Sarkozy, no Hotel Waldorf Astoria.

Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: