Deputada Myriam Rios associa homossexual a pedofilia


Um discurso da ex-atriz e deputada estadual Myrian Rios (PDT) na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro tem causado polêmica. Em vídeo, postado no YouTube na última sexta-feira (24), Myrian afirma querer ter o direito de demitir uma babá lésbica, pois ela poderia tentar abusar de suas filhas.

“Digamos que eu tenha duas meninas em casa e contrate uma babá que mostra que sua orientação sexual é ser lésbica. Se a minha orientação sexual for contrária e eu quiser demiti-la, eu não posso. O direito que a babá tem de querer ser lésbica é o mesmo que eu tenho de não querer ela na minha casa. Vou ter que manter a babá em casa e sabe Deus, até, se ela não vai cometer pedofilia contra elas”, disse.

A atriz continua com os exemplos. “Se eu contrato um motorista homossexual, e ele tentar, de uma maneira ou outra, bolinar meu filho, eu não posso demiti-lo. Eu quero a lei para demitir, sim, para mostrar que minha orientação sexual é outra”, afirmou.

Católica, Myrian Rios se posiciona contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que a orientação sexual em meio aos direitos fundamentais previstos na Constituição do Rio de Janeiro, sendo sua discriminação punível no estado. Veja o vídeo do discurso da ex-mulher de Roberto Carlos.

Em nota divulgada no início da noite desta segunda, Myrian Rios disse ter sido mal interpretada e pediu desculpas por seu discurso. “Repudio veementemente o pedófilo e jamais tive a intenção de igualar esse criminoso com o homossexualismo. Se entenderam desta maneira, peço desculpas”, disse no comunicado.

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Comentários

  • Antonio Carlos  On julho 1, 2011 at pm:13 pm

    Eu concordo plenamente com a deputada, pois estão preocupados em demazia com o direito de homosexuais, acabam por furtar os direitos de que não tem esta orientação sexual. Francamente meus caros, esta mania maluca que se instalou no nosso país e de que temos que enculir a orientação sexual dos homoafetivos estamos perdendo o direito de ser eteros. Por gentileza quando é que vamos ter direito a leis contra a eterofobia. Pra mim não passa de demagogia com uma grande pitada de orgia isso sim.

  • Daniel  On junho 30, 2011 at am:54 am

    Nada pessoal contra gays, lésbicas e bissexuais, mas a deputada Myriam está certa.
    Não deixaria um homossexual ser baba de meu filho ou trabalhar na minha casa.

    O normal do ser humano (biologicamente falando ) é união de homem e mulher, para poderem se reproduzir de forma natural.

    Entendo que é um risco muito grande a integridade física, moral e “sexual” do meu filho ou filha uma pessoa homossexual dentro da minha casa.

    Não que ele seja necessariamente um criminoso, mas no mínimo exerce uma influencia negativa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: