Falsa Psicólaga cobrava caro para tratamento de autistas


A Polícia Civil prendeu na tarde de quarta-feira (27) Beatriz da Silva Cunha uma falsa psicóloga, supostamente especializada em tratar crianças com autismo.

A mulher foi presa em Botafogo, na Zona Sul do Rio, onde funcionava um centro de tratamento especializado fundado por ela. Segundo a delegada Patrícia de Paiva Aguiar, da Delegacia do Consumidor (Decon), a mulher não possui graduação em curso superior, nem especialização em psicologia.

Matéria do Jornal da Globo

A investigação da polícia começou após uma denúncia feita na Decon por uma delegada de polícia. O filho dela estava sendo acompanhado pela mulher, mas a mãe não percebia evolução no tratamento. Solicitada, a suspeita apresentou um falso registro da profissão para a mãe do paciente, informou a polícia.

Parte da investigação feita pela Decon inclui um vídeo em que a falsa psicóloga explica que, mesmo sem conhecer uma criança que receberia atendimento, o tratamento teria que ser feito por três horas todos os dias da semana.

De acordo com a polícia, ela cobrava, em média, R$ 90 por hora. Mas a delegada que fez a denúncia afirmou na Decon que gastou cerca de R$ 40 mil por oito meses de tratamento do filho, segundo Patrícia.

A polícia informou que na delegacia, a falsa psicóloga disse informalmente só ter cursado dois períodos da faculdade de psicologia. Mas ela ainda vai prestar depoimento. A suspeita será indiciada por estelionato, propaganda enganosa e exercício ilegal da profissão.

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: