Monsenhor é preso no aeroporto do Rio com R$ 102 mil escondidos


.

Um novo escândalo mexe com a Igreja Católica. O administrador dos bens da Cúria e pároco da Igreja de Copacabana, monsenhor Abílio Ferreira da Nova, 77 anos, foi preso domingo à noite pela Polícia Federal (PF) quando tentava embarcar para Portugal com 52.895 euros (R$ 115.898) e 778 dólares (R$ 1.342) escondidos em bagagens e, segundo agentes, até dentro das meias.

Por lei, o passageiro só pode embarcar para fora do País com até R$ 10 mil. Quando passa desse montante, o valor deve ser informado.

Responsável pelas finanças da Arquidiocese do Rio de Janeiro, monsenhor Abílio Ferreira, foi preso em flagrante pela Polícia Federal tentando embarcar para a cidade do Porto, em Portugal, com cerca de R$ 102,6 mil não declarados. No entanto, o religioso de 77 anos não ficou preso. Apesar de ter sido autuado no domingo por suspeita de evasão de divisas, que prevê pena de prisão mínima de dois anos e máxima de seis, em caso de condenação, seus advogados pediram a liberdade provisória, alegando que o religioso possui bons antecedentes, tem mais de 70 anos e sofre com “diversos problemas de saúde”.

A Justiça aceitou o pedido e determinou que Abílio compareça às audiências quando forem marcadas. Na mala em que o montante foi encontrado, havia 52.895 euros e US$ 778. O monsenhor só havia declarado 7.000 euros. O restante foi apreendido por agentes da delegacia do Aeroporto Internacional Tom Jobim e encaminhado para um cofre no Banco Central.

Em entrevista pelo telefone de seu apartamento na orla da praia da Barra da Tijuca, zona oeste, o monsenhor afirmou que o dinheiro seria levado para seus parentes pobres  e para a igreja na qual foi batizado, em Póvoa de Varzim, em Portugal. Segundo Abílio, a quantia é fruto de economias feitas ao longo de cinco anos.
O Estado de S. Paulo.
………

Esse monsenhor Abílio Ferreira, que foi preso no aeroporto levando 52 mil euros não declarados para Portugal, é o mesmo monsenhor Abílio que levantou todas as acusações contra o último cardeal do Rio, dom Eusébio, e seus auxiliares. Vocês devem estar lembrados do caso. Envolvia a compra de um apartamento, que aliás estava em nome da Cúria, pretendendo que aquele fosse um investimento equivocado, e a aquisição de três poltronas…

Hoje, o apartamento vale uma vez e meia o valor de sua compra e as poltronas continuam a valer o preço de uma poltrona na classe executiva de um avião em que só se voa 1o horas.  Depois daquele escândalo que, mesmo não apurado, ganhou todas as manchetes de jornal tentando-se desmoralizar a Igreja Católica no Rio de Janeiro, destruindo a imagem de um sacerdote e de um cardeal, monsenhor Abílio Ferreira foi reconduzido ao mesmo cargo que tinha na gestão de dom Eugenio Salles, cardeal anterior a dom Eusébio que foi quem demitiu Abílio…

Pelos escândalo que fez, este senhor e outras pessoas da Cúria que o cercam, causaram um dano gravíssimo à Igreja. Foi um erro de avaliação reconduzi-lo. Esperamos que as outras reconduções feitas na mesma época não levem a Igreja Católica  a outros sofrimentos como estes de agora…

Hildegard Angel

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Comentários

  • Gustavo  On setembro 9, 2010 at pm:39 pm

    Não vejo nada de mais ele viajar com 102,6 mil se esse dinheiro era dele. Cabe agora provar que esse dinheiro era de seu trabalho… Acho que existe outras coisas para a policia federal verificar, e não estas besteiras, isso so pode ser pessoas que não tem o que fazer… Para uma denuncia desta. Mas agora… deve ser checado sim a origem desse dinheiro ate para reparar um possível dano a sua imagem caso esse dinheiro seja licito como ele afirma. Pra mim o governo so quer roubar Mais do povo em ter que declarar esse dinheiro para uma viagem. Acorda Brasil!!!!

  • rosany santos  On setembro 9, 2010 at pm:29 pm

    Realmente,é deprimente a situação que os homens colocam a Igreja católica.É muito triste,pois os padres e demais sacerdotes são mal remunerados,mas não justifica a atuação do Monsenhor.Que Deus perdoa,pela fraqueza;pois qualquer um de nós esta sujeito a tal situação.Mas de forma alguma que a minha fé e minha razão de continuar católica,será abalada,pois a IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA DE JESUS CRISTO,É A QUE EU CAMINHO E NÃO NA RAZÃO DA igreja humana,que é cheia de defeitos.Por isso que na oração é rezado:Igreja Santa e Pecadora:SANTA POR CAUSA DO ESPÍRITO SANTO,pecadora por causa da humanidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: