Pacaembu é o preferido para Copa 2014


Antigo estádio pode pintar em 2014 (Ari Ferreira)

O comitê paulista apresentará três estádios para a Copa-14 no encontro de hoje com o presidente do Comitê Local e da CBF, Ricardo Teixeira, no Palácio dos Bandeirantes. O Pacaembu passou a preferido para substituir o Morumbi, que segue nos planos, apesar do veto da Fifa. Mas o único projeto concreto é o da Arena Palestra Itália.

O jogo de abertura está descartado. O Piritubão, por ora, não será avaliado. A Prefeitura e o Estado, dada a exigência da Fifa de um estádio para 65 mil pessoas, não encontraram parceiros para uma Parceira Público Privada (PPP).

O Pacaembu ganha um novo status justamente por ser a alternativa para uma PPP. Contudo, o comitê não confirma a participação da Odebrecht nem da Galvão Engenharia para a revitalização.

Uma proposta da Prefeitura previa R$ 250 milhões para as obras.

Mas isto há um ano. O Município também não assume a retomada das negociações com o Corinthians, em parceria com a Lusoarenas ou a Arena Amsterdã – com a qual tem um acordo formal –, para a administração das propriedades (camarotes, restaurantes, estacionamento…).

Já os dados da nova Arena Palestra Itália foram entregues há mais de 15 dias ao secretário de Economia e Planejamento do Estado e coordenador do Comitê paulista da Copa-14, Francisco Vidal Luna.

– O Palmeiras se colocou à disposição para os jogos. Mas não ficaremos frustrados se isso não ocorrer – comentou o presidente do Palmeiras, Luiz Gonzaga Belluzzo.

O Morumbi só voltará a ter reais chances com muita articulação política, como do presidente Lula. Ou caso a CBF e a Fifa entendam como frágeis as demais possibilidades.

OPÇÕES PAULISTAS PARA A COPA DE 2014


PACAEMBU
Passa a ser o preferido, única alternativa para uma PPP. Existe um projeto de revitalização de R$ 250 milhões. Mas sem atendimento ás especificações da Fifa. A estrutura arquitetônica do estádio é tombada pelo Condephaat. Odebrecht e Corinthians já mostraram interesse, mas nunca cravaram participação

PALESTRA ITÁLIA
Há o terreno, o projeto e os investidores. A construção está para começar e os dados foram pedidos pelo Comitê para avaliação. A capacidade de público será de cerca de 45 mil pessoas. viável para primeira fase e oitavas. Há metrô e trem nas cercanias.

MORUMBI
O Comitê insiste no estádio, não mais para a abertura, dada a reforma em curso e dos inúmeros projetos de mobilidade urbana no entorno. Mas CBF e Fifa já o vetaram, inclusive com nova carta ao Governo do Estado. O São Paulo mantém obras independentemente da participação em 2014.

PIRITUBÃO
Falta o projeto do estádio e a Prefeitara eo Estado ainda não encontraram aliados para uma parceria público-privada. Gente no Governo já diz que a possibilidade foi descartada, por conta do aproveitamento restrito do estádio pós-Copa e das dificuldades de mobilidade urbana.

MSN/Alessandro da Mata SP

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: