Brasil cria embaixada em Tuvalu; onde?!


Funafuti é a capital oficial de Tuvalu, um grupo de nove atóis que fica no Pacifico, na Polinésia: trata-se de uma monarquia constitucional que faz parte da Commonwealth, ou seja, a rainha Elisabeth II é a chefe de Estado, tem um governador geral e quem manda mesmo é o primeiro-ministro escolhido pelo Parlamento que tem quinze membros.

A população de Tuvalu é de 12.273 habitantes, quase todos descendentes de samoanos. Como os missionários ingleses acabaram com a religião local, hoje 87% da população é protestante.

A economia de Tuvalu (PIB de 14,8 milhões de dólares) é baseada na exportação de copra e pandara (produtos naturais) e o país vendeu seu domínio na internet para uma empresa americana por US$ 50 milhões, pagáveis em 12 anos, elevando seu PIB em 50%.

Não existe TV lá, tem um jornalzinho quinzenal (500 exemplares) e a grande surpresa é que Lula acaba de criar uma embaixada em Tuvalu, por meio de decreto de 7 de junho de 2010.

GibaUm

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Comentários

  • tnumaboa  On maio 1, 2013 at pm:23 pm

    Sou a favor de o Brasil ter uma embaixada em cada um dos 192 membros da ONU! Sou a favor de o Brasil melhorar sua infra-estrutura, o sistema de saúde público e principalmente o sistema de educação pública! Diminuir o índice de Gini a nível de país desenvolvido, melhorar os desníveis regionais, diminuir a corrupção com sistema judiciíario rígido e sério! Ter serviços públicos de qualidade e segurança de 1º mundo! Enfim, seguir a vocação de potência mundial que é a sua realidade!

  • Mário  On outubro 23, 2011 at pm:17 pm

    Não seria já mais do que tempo do mentor desta página desfazer o engano que desnecessariamente armou?
    A menos que estivesse ciente da verdade e resolvesse ainda assim criar propositadamente o imbróglio. Vai saber.

  • Mário  On outubro 23, 2011 at pm:04 pm

    Não sei se seu texto é burrice ou má intenção, mas vale lembrar, como já foi explicado atrás e mais do que uma vez, que NÃO HÁ NENHUMA EMBAIXADA (FÍSICA) BRASILEIRA EM TUVALU.

  • José Antonio de Santana  On novembro 2, 2010 at pm:51 pm

    O que precisamos saber é se essa Embaixada em Tuvalu tem retorno financeiro. Se tiver tudo bem, agora se não tiver, aí é que está o problema. Vamos ver se aprtir de janeiro a Dilma resolve esse problema, revóga essa lêi ou cobra do Lula todas as despesas referente a ela.

    • Mário  On janeiro 24, 2011 at pm:45 pm

      Zéntonho, lê o que foi sendo escrito atrás, a explicações corretas e as bobagens, e vê se para de falar besteira, sô.
      Valha-o Santa Ana, hôme.

  • Patrícia  On outubro 29, 2010 at pm:32 pm

    Pude observar, lendo estes comentários, que a pasciência do Martins, a inteligência e delicadeza em explicar exatamente o q significa uma “embaixada cumulativa” do Cristian, não deixam, movidas pelo se sabe o que, as pessoas abrirem os olhos e pararem de falar um monte de babozeiras…críticas sem fundamentos. A ignorância é pior coisa, é pior do que o analfabetismo…pq bloqueia o cérebro e não deixam as pessoas analisazem os fatos como eles realmente são. Ninguém está pedindo q se defenda o governo atual, mas não reproduzam a ignorância alheia…essa embaixada representa mais um lugar em que o BRASIL se faz presente, conhecido e respeitado…do ponto de vista do dia-a-dia (das pessoas comuns, sem análise crítica) realmente isso pode não fazer diferença, mas do ponto de vista político e econômico isso é mais uma conquista. Problemas..todos os países, inclusive países ricos, tem…o que não dá para fingir é que nada mudou neste governo, basta olhar para a população pobre e ver o quanto está aumentou seu poder de compra. Ah, também não dá para querer que em apenas 8 anos de governo do onipotente LULA, como se refere o Aaron, se resolva todos os problemas do Brasil, não se esqueça…tivemos outros presidentes antes, lembra??….não, né…é melhor não lembrar, mesmo!! E se lembrar, faz um favor?….COMPARE!!!!

    • Hélcio  On outubro 31, 2010 at pm:18 pm

      Vamos ver se Lula não sérá o embaixador nestas ilhas!!!
      Um bom lugar pra curtir e gastar o que ganhou…

    • Orlandinus kOLYUS  On outubro 19, 2011 at am:46 am

      Patricia, não vivemos de comparações. Precisamos pensar o que um paisinho de 12 mil habitantes vai comprar do Brasil? Pense numa cidade tal qual Dracena-SP, poderia oferecer de relações comerciais para o Brasil, que terá um custo com embaixador e funcionários? O que se esperar de um governante, ainda que esteja fazendo melhor que o sucessor é fazer dele muito melhor. Economizar com cartões corporativos, fazer uma reforma ministerial reduzindo ministérios, reforma administrativa, e reduzir o custo Brasil, e por fim administrar melhor. Não seria melhor ainda para os brasileiros.

      • Mário  On outubro 23, 2011 at pm:09 pm

        “Pense numa cidade tal qual Dracena-SP, poderia oferecer de relações comerciais para o Brasil, que terá um custo com embaixador e funcionários?”

        Quanta prosa, Orlandinos.
        A dúvida é: – Você não sabe ler, não quer ler, ou não está nem aí e só está querendo deitar abaixo?

  • Alberto Carlos Oliveira  On outubro 20, 2010 at pm:05 pm

    ITAMARATY – Nota nº 625

    Sobre a cumulatividade das Embaixadas no exterior

    18/10/2010 – A respeito das representações do Brasil no exterior, vêm-se difundindo informações equivocadas na imprensa no que se refere às chamadas “cumulatividades”. Nos últimos meses, divulgou-se, por exemplo, que o Itamaraty abriria Embaixada em Funafuti, capital de Tuvalu. Esta notícia não procede.
    Tuvalu e cerca de outros cinqüenta Estados constituem um mesmo caso: são países em que o Brasil não dispõe de Embaixada residente, apesar de terem sido estabelecidas relações diplomáticas. Os contatos formais entre o Brasil e esses países são feitos por meio do tradicional instituto da cumulatividade, isto é, por meio de representações já estabelecidas em países próximos. Esses casos, portanto, não implicam dispêndios adicionais para o Estado brasileiro, uma vez que não há instalações físicas ou funcionários estabelecidos nos países em questão. No caso específico de Tuvalu, o acompanhamento das relações bilaterais cabe à Embaixada do Brasil em Wellington, na Nova Zelândia.
    http://www.itamaraty.gov.br/sala-de-imprensa/notas-a-imprensa/sobre-a-cumulatividade-das-embaixadas-no-exterior

  • Sergio  On agosto 18, 2010 at pm:56 pm

    Esses emails que ficam circulando na internet… Não foi criada embaixada alguma em tuvalu. Apenas foi dito que a embaixada em Wellington, capital da Nova Zelândia, responde por tuvalu, que aliás tem alguma importância porque está no centro do problema do aquecimento global.

    • Rubens Genebra  On agosto 27, 2010 at am:44 am

      A politica exterior e os interesses de um país, nao podem ser entendidos numa simples materia de jornal… (oposicionista) rssss…
      Se vc continuar as pesquisas, vera’ que a maioria dos paises europeus tem embaixada la’, inclusive a suiça…

      Brasil faz “embaixadas do clima” em países-ilhas
      Seg, 21 de Junho de 2010 14:08

      Só em junho, foram criadas sete representações diplomáticas brasileiras para atender países-ilhas
      O menor país insular do mundo, a República de Nauru, ganhou na semana passada uma embaixada do Brasil. Só em junho, foram criadas sete representações diplomáticas do governo brasileiro para atender países-ilhas, a maioria no Pacífico Sul.
      O ingrediente que move a aproximação do Brasil com pequenas ilhas é o aquecimento global. O bloco insular é o único parceiro do Brasil no esforço para conter a venda de créditos de carbono
      para algumas atividades que não estão no mercado formal do Protocolo de Kyoto, como a captura e o armazenamento de gás carbônico.
      A prática consiste na injeção do gás, principal causador do aquecimento global, em reservatórios subterrâneos. Países como Noruega e Inglaterra desenvolvem tecnologia própria para isso há mais de dez anos.
      Reinjeção
      O Brasil não é contrário à prática, pondera Breno Dias da Costa, chefe da Divisão de Recursos Energéticos Não Renováveis do Ministério das Relações Exteriores. A Petrobrás já faz reinjeção do gás em alguns poços de petróleo. A postura brasileira é condenar que o processo gere créditos de carbono a serem vendidos aos países ricos.
      Para o governo brasileiro, não há comprovação de que a prática seja totalmente segura.
      – “Se o reservatório vazar, se a empresa for à falência, quem toma conta disso?”, questiona Helena Cantizano, da Assessoria Internacional do Ministério de Minas e Energia.
      Parceiros
      Os países que não conseguem atingir suas metas de emissão de gás carbônico, e que são livres para investir em projetos de seqüestro de carbono em países em desenvolvimento e comprar deles os créditos, estão entusiasmados com a tecnologia.
      Mas o Brasil, que poderia lucrar com o comércio dos créditos, avalia que ceder nesse ponto é perder posição como protagonista no campo das energias limpas.
      Como a maioria dos países dependentes de combustíveis fósseis defende a venda de tais créditos, restou para o Brasil o apoio das ilhas, que temem sumir do mapa com o aquecimento global.
      O mesmo peso
      Apesar de terem população e peso diplomático inexpressivos, o apoio desses países é considerado importante. No âmbito do Protocolo de Kyoto e da Convenção do Clima da ONU, todo país tem o mesmo peso para votar.
      As novas embaixadas, diz o Itamaraty, não vão gerar mais custos. A representação brasileira em Melequeoque, na República de Palau, por exemplo, funcionará nas Filipinas. O que deve ocorrer é o aumento de viagens diplomáticas aos países-ilhas

  • Giovanna  On agosto 11, 2010 at pm:13 pm

    Vcs sabiam que este paisinho minúsculo foi o foco das atenções em Copenhagen 2009 (aquecimento global)?
    Tudo por que a ilha está submergindo devido ao aquecimento global.
    Que que o Brasil tem haver com isso?
    A declaração de maior repercussão do representante de Tuvalu foi uma solicitação para que Brasil, China e Índia tivessem maior compromisso com o meio ambiente.
    O país tem recebido muita ajuda internacional e movimentado manifestações pelo mundo inteiro, Tuvalu será o primeiro país a desaparecer devido ao aquecimento global.
    Com tanta repercussão e com críticas diretas ao nosso país, acho que tinha mesmo que criar um contato diplomático. Sem falar que, como já foi citado, não houveram custos.
    Poxa… O Brasil tem muita culpa, mas deixar pra gente e ainda nos juntar com China e Índia… Eles não são bobos de mexer com o Big Boss Tio Sam, né?!

    Ps: SOCORRO! NESSAS ELEIÇÕES!
    Que que é pior?
    Marina recitando cordel?
    Serra forjando uma descontração robótica?
    Ou Dilma atropelando a eloquência e a dicção, hein?
    JURO QUE TÔ COM MEDO!

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • Eduardo  On agosto 3, 2010 at pm:13 pm

    Nossa Nilnews, porque um ato puramente administrativo, q vai ajudar aos povos dos paises envolvidos a facilitar seus assuntos diplomáticos, sem qualquer criação de cabides de empregos

    • Ezio Cirillo  On março 8, 2013 at pm:13 pm

      Muda para Funafuti, e fique mais perto da casa grande! È muito preconceito.

  • Ronaldo Magalhãe  On agosto 3, 2010 at am:36 am

    Nossa cara, pior que é verdade! me contaram e eu mal acreditei, pesquisei no site de buscas e achei teu blog, cara no Google Earth esses arquipélagos nem aparecem de tão pequenos! É isso aí seguimos nossas vida.

  • Ricardo Leite  On julho 31, 2010 at am:27 am

    Pode parecer “teoria da conspiração” mas com um presidente “turista” como o atual e que vai receber aposentadoria vitalícia com ex-presidente, não seria surpresa sabermos que, após sua saída do palácio da alvorada, Lula teria ido descansar de sua “ilíada” naquele lindo, caro e pitoresco arquipélago, hospedando-se onde bem entender, incluindo nas instalações da embaixada brasileira! É pra pensar…

  • Clovis Marques dos Santos  On julho 23, 2010 at am:57 am

    Criticar sem reflexão não é bom

    Louvai ao SENHOR, porque ele é bom; porque a sua benignidade é para sempre. Louvai ao Deus dos deuses; porque a sua benignidade é para sempre. Louvai ao Senhor dos senhores; porque a sua benignidade é para sempre. Àquele que só faz maravilhas; porque a sua benignidade é para sempre. Àquele que com entendimento fez os céus; porque a sua benignidade é para sempre. Àquele que estendeu a terra sobre as águas; porque a sua benignidade é para sempre. Àquele que fez os grandes luminares; porque a sua benignidade é para sempre. O sol para governar de dia; porque a sua benignidade é para sempre. A lua e as estrelas para presidirem a noite; porque a sua benignidade é para sempre. Que feriu o Egito nos seus primogênitos; porque a sua benignidade é para sempre. E tirou a Israel do meio deles; porque a sua benignidade é para sempre. Com mão forte, e com braço estendido; porque a sua benignidade é para sempre. Àquele que dividiu o mar Vermelho em duas partes; porque a sua benignidade é para sempre. E fez passar Israel pelo meio dele; porque a sua benignidade é para sempre.
    Salmos 136:1-14

    bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia;
    Mateus 5:7

    Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou,
    Efésios 2:4

    não pelas obras de justiça que houvéssemos feito, mas, segundo a sua misericórdia, nos salvou pela lavagem da regeneração e da renovação do Espírito Santo,
    Tito 3:5

    Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno.
    Hebreus 4:16

    Mas a sabedoria que vem do alto é, primeiramente, pura, depois, pacífica, moderada, tratável, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade e sem hipocrisia.
    Tiago 3:17

  • martins  On julho 22, 2010 at pm:10 pm

    Parece que o Marcio Viana tem alguma dificuldade em interpretar textos. Vou tentar explicar melhor:
    1) Não há qualquer gasto extra. A embaixada existente na capital da Nova Zelândia será responsável pela representação.
    2) Não há nenhuma pessoa deslocada para Tuvali, nem do Brasil nem de outros paises que fazem o mesmo (embaixada cumulativa)
    3) só se criam embaixadas em outros países. Para locais de nosso pais, elas são desnecessárias
    4) a única razão disso é que se um tuvalense quiser vir ao Brasil, não precisará fazê-lo via Europa ou EUA, poderá vir diretamente, obtendo seu visto em Wellington. E vice-versa.

    • Cristian Chaves  On julho 30, 2010 at pm:04 pm

      É como se o governo brasileiro determinasse que “eventuais” assuntos a serem tratados com Tuvalu estejam sob responsabilidade da embaixada de Wellington. Foi apenas um ato administrativo, que pode ou não produzir efeitos práticos. E como todo ato administrativo, deve ser publicado.

      Realmente o Brasil está cheio de políticos corruptos e que administram mal o nosso dinheiro. Talvez o Lula seja um deles, é verdade.
      Mas o Brasil também está cheio de pseudo-intelectuais (muitos deles mal intencionados) que propagam meias verdades (disfarçadas em textos bem redigidos) pela internet como se fossem evidências de teorias absurdas por eles criados.

      Sim, é bom questionar tudo o que o governo faz. Mas antes de acreditar em alguém que nos diz que o governo está nos manipulando, devemos nos certificar se esse alguém também não está.

      Estou sempre aberto ao diálogo.
      Grande abraço.

  • martins  On julho 22, 2010 at pm:34 pm

    Acho que o Márcio Viana tem alguma dificuldade em entender coisas, mesmo que sejam simples. Vou tentar traduzir para ele o que o Carlos disse acima:
    Não houve qualquer gasto. Não há 20, nem mesmo UMA pessoa que vá ficar em Tuvalu. Significa apenas que se um tuvalense quizer vir ao Brasil (talvez para vender óleo de copra) poderá ir até Wellington e obter seu visto. E que se uma empresa brasileira quiser montar uma estação de TV lá, já pode, espero que ninguém queira. Ou asfaltar uma estrada, também espero que não 🙂

  • Aaron  On julho 19, 2010 at am:37 am

    Já que temos os melhores hosptais públicos do mundo, a ponto de países como Noruega, Suécia e Dinamarca tentarem nos copiar. Temos também as melhores escolas públicas do planeta, causando inveja até em países como Japão, Alemanha e Finlândia. Hoje também, tudo graças ao “onipotente, onipresente e onisciente” Lula, não existem mais roubos de carros, casas, lojas, bancos… podemos caminhar por qualquer rua e avenida desse país, a qualquer hora do dia ou da noite, sem o menor temor de sermos assaltados. Nossos jovens não tem problemas com drogas, sendo que 98% deles estão nas escolas e universidades. Sendo assim, o que fazer com todo o dinheiro que sobra dos cofres governamentais?! Criar embaixadas, como por exemplo em Tuvalu, é uma ótima e inteligente opção.
    Lembrem-se, como bem disse nosso iluminado guia o honorável presidente Lula:
    “Agora o Brasil é respeitado lá fora”

  • Carlos  On julho 19, 2010 at am:16 am

    Vamos dar uma olhada no decreto 7197:

    Decreto nº 7.197, de 02 de junho de 2010

    Dispõe sobre a criação da Embaixada do Brasil em Funafuti, em Tuvalu, cumulativa com a Embaixada em Wellington.

    O Presidente República, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, inciso VI, alínea “a”, da Constituição, e tendo em vista o disposto no art. 43 do Anexo I ao Decreto no 5.979, de 6 de dezembro de 2006, decreta:

    Art. 1º Fica criada a Embaixada do Brasil em Funafuti, em Tuvalu, cumulativa com a Embaixada em Wellington.

    Wellington é a capital da Nova Zelândia. Ou seja, não houve nenhum “gasto absurdo” de construção de embaixada em Funafuti… houve apenas a criação de uma representação brasileira neste país, JUNTO (“cumulativa”) com a embaixada que já existe em Wellington, na Nova Zelândia.

    Neste link,

    http://www.portalconsular.mre.gov.br/apoio/embaixadas-cumulativas

    …podemos ver que na embaixada da Nova Zelândia existem 2 embaixadas cumulativas: Estado Independente de Samoa e Funafuti.

    Ou seja, o Brasil apenas aumentou sua representação e participação no mundo, como cabe a um país sério.

    Ah! aproveitando… Os Estados Unidos também tem representação em Funafuti, “cumulativa” (o conceito, pelo visto, é mundial…) com a de Suva, Fiji, veja em:

    http://suva.usembassy.gov/tuvalu_-_attorney_.html

    Concluindo: Parabéns ao nosso “grande líder”, por aumentar a participação, e representação do BRASIL no mundo.

    Por isso, DILMA 2010!!! 🙂

    • Aaron  On julho 19, 2010 at pm:09 pm

      “Ah! aproveitando… Os Estados Unidos também tem representação em Funafuti, “cumulativa” (o conceito, pelo visto, é mundial…)”

      Quer dizer que agora, segundo os nazipetistas, o que ó bom para os Estados Unidos é bom também para o Brasil???!Interessante! Vejam quais foram os grandes líderes que o nosso “bufão-mor” acumulou como amigos nesses seus desastrosos e corruptos quase 8 anos de poder:
      O tosco e tacanho “ditadorzinho”: Hugo Chávez
      Os esclerosados e ferrenhos ditadores: irmãos Castro
      O sanguinário, “reeleito democraticamente”, iraniano: Mahmoud Ahmadinejad
      O usurpador das refinarias da Petrobras: Evo Morales
      O tirano ditador da Guiné Equatorial: Obiang Nguema Mbasogo
      Por amigos tão “democráticos” e “liberais” iguas a esses, Lula já é considerado por muitos como o “ganhador” do Nobel da Paz 2010.
      Brasil, um país indiscutivelmete de tolos!

  • Marcio Vianna  On julho 19, 2010 at am:16 am

    Doze mil e poucos habitantes…
    Eu conheço condomínios com essa população…
    Levando-se em conta que existem, atualmente, quase 200 países no mundo, se o presidente de cada um deles tivesse a visão diplomática do nosso soberano, com 20 pessoas em cada embaixada (entre diplomatas, familiares, funcionários, adidos, seguranças etc.) teríamos 4000 pessoas ligadas à diplomacia em Tuvalu, ou seja, mais de 30% da população. A cor predominante das placas de automóveis seria, certamente, azul. Parabéns, Lula, assim você conseguiu criar vários cargos para seus parentes, amigos, parentes de amigos, amigos de parentes, e assim por diante.
    Viva Lula!
    Vote Dilma, assim conseguiremos dar continuidade à maravilhosa expansão diplomática do nosso atual líder, com as futuras embaixadas da Ilha de Paquetá e do Seridó.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: