Lojas Colombo poderá ser comprada pelo Magazine Luiza


A nova tacada da empresária Luiza Helena Trajano deve alterar, novamente, o cenário do varejo nacional.

A equipe do Magazine Luiza está em conversas avançadas para fechar uma transação com a Lojas Colombo, do empresário Adelino Colombo, a maior cadeia varejista do sul do Brasil. Todos os lados das negociações, por enquanto, negam as conversas.

Aposentadoria
Rumores no mercado gaúcho apontam que Adelino Colombo, 79 anos, teria planos de deixar a condição de CEO e passará ao cargo de presidente do Conselho de Administração até o final do ano.

Seria uma nova tentativa do empresário de se aposentar. No ano passado, a rede faturou R$ 1,3 bilhão em suas 342 lojas.Mas o Magazine Luiza, terceira maior rede de varejo eletroeletrônico no Brasil, está na reta final das negociações para fazer duas aquisições de peso, num primeiro sinal de reação à série de aquisições finalizadas pelos seus maiores concorrentes nos últimos meses. Havia grande expectativa em relação à forma como a companhia se comportaria após a megafusão de Casas Bahia e Ponto Frio e a união de Ricardo Eletro e Insinuante. A nova tacada da empresária Luiza Helena Trajano deve alterar, novamente, o cenário do varejo nacional.

Só faltam alguns detalhes para que, dentro de alguns dias, o Magazine Luiza possa anunciar a aquisição da Lojas Maia, rede paraibana com 140 lojas, cerca de R$ 1 bilhão de faturamento em 2009 e comandada pelos irmãos Maia, conforme apurou ontem o Valor.

Se os dois negócios se confirmarem, ao se somar as duas operações à atual estrutura do Magazine, a rede passará a registrar R$ 6,1 bilhões em faturamento bruto anual (dados de 2009) e contará com 938 pontos de venda em 16 Estados brasileiros. Com isso, ela saltaria uma posição no ranking geral e se tornaria a segunda maior cadeia varejista de eletrodomésticos e móveis do Brasil. A sua principal concorrente, a Máquina de Vendas, formada pela Insinuante, Ricardo Eletro e City Lar, deve chegar a esse patamar de R$ 6 bilhões em vendas apenas no fim deste ano.

No momento, as negociações estão mais avançadas com a Lojas Maia e caminham um pouco mais lentamente com o comando da Colombo, que historicamente tem resistido às investidas das concorrentes interessadas em adquirir os ativos da rede gaúcha. A primeira operação poderia ser fechada ainda nesta semana e a segunda, na próxima, se tudo correr bem. No caso da Lojas Maia, o valor a ser pago pelo Magazine giraria em torno de R$ 300 milhões, sendo metade paga em dinheiro e metade na forma de assunção de dívidas que a rede nordestina possui e que estão sendo renegociadas com bancos.

VALOR

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Comentários

  • Abramo e Eliane  On julho 14, 2010 at pm:10 pm

    Lojas colombo é uma rede gaucha…..deve ser fortes em certas situações e não desistir. Concorrencia é concorrencia….e as lojas colombo é diferente….colombo é uma loja de sangue…de sangue gaucho….Sr.Adelino aos poucos foi construindo tantas e tantas lojas e concerteza já passou por varios problemas….e não é agora que vamos desistir….tanto magazine luiza e lojas colombo merecem todo o sucesso sim….mas uma rede gaucha como a colombo deve permanecer….

  • Aaron  On julho 14, 2010 at pm:49 pm

    Luiza Helena Trajano merece todo esse sucesso, pois é uma trabalhadora incansável, lutadora e carismática!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: