Dunga confirma demissão mesmo com apoio da equipe


O técnico Dunga confirmou, logo após a eliminação da Seleção Brasileira da Copa do Mundo da África do Sul, que não seguirá no comando da equipe. Nesta sexta-feira, o time dirigido pelo ex-jogador perdeu de virada para a Holanda, por 2 a 1, e deu adeus ao sonho do hexa nas quartas de final.

“Quanto ao meu futuro, já se sabe bem desde que cheguei à Seleção que eram quatro anos que eu ia ficar”, disse o treinador, na sala de entrevistas do Estádio Nelson Mandela Bay, em Port Elizabeth.

Nesses quatro anos de trabalho, Dunga levou o Brasil aos títulos da Copa América e da Copa das Confederações, além de terminar as Eliminatórias em primeiro lugar. Mas fracassou no momento mais importante: o Mundial da África do Sul. Os jogadores, no entanto, trataram de elogiar o trabalho realizado pelo técnico, valorizando, principalmente, o grupo que ele conseguiu formar.

– Formamos um grupo de amigos, podemos nos orgulhar disso – revelou o volante Gilberto Silva, um dos líderes da seleção.

– Sai o grupo que mais merecia ser campeão mundial e isso me deixa muito triste – lamentou o também volante Felipe Melo.

– Somando tudo, esse é um grupo vencedor. Todo mundo se dedicou ao máximo. A avaliação é positiva – disse o zagueiro e capitão Lúcio.

Luís Fabiano foi além na avaliação do trabalho de Dunga.

– Quero agradecer, porque foi o melhor treinador que tive, que teve mais confiança em mim. Fiquei um tempo sem fazer gols (foram seis jogos seguidos pela seleção brasileira, num jejum que só acabou na segunda rodada da Copa, quando fez dois sobre a Costa do Marfim) e ele sempre me deu força – afirmou o atacante.

No hotel da seleção em Port Elizabeth, durante o jantar depois do jogo, Julio Cesar chegou a fazer um discurso, em nome de todos os jogadores, para agradecer o trabalho e a confiança de Dunga nesses quatro anos.

– Você conseguiu formar um grupo de amigos, de irmãos. Queríamos ganhar muito esse hexa para você – disse o goleiro, que foi aplaudido pelos companheiros.

O próprio Dunga revelou ter orgulho da seleção que formou para a disputa da Copa.

– Me sinto orgulhoso de ter estado à frente desse grupo, que mostrou dignidade e dedicação ao trabalho. Foram quatro anos de um bom trabalho – avaliou o treinador.

AE

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: