Viciados tecnológicos procuram clínicas


O uso exagerado de aparelhos eletrônicos e da internet não é mais preocupação exclusiva de países como Estados Unidos ou Japão.

O Brasil, ao mesmo tempo em que busca caminhos para reduzir a exclusão digital, começa a lidar com um novo problema: o vício tecnológico. Em São Paulo, o Hospital das Clínicas criou o Centro de Estudos de Dependência da Internet. O local atendeu mais de 200 pessoas até agora e a procura não para de crescer.

Cidades como Rio de Janeiro e Porto Alegre também começam a se mexer. A compulsão faz vítimas como o empresário Jarbas Eduardo Leite, que perdeu três empregos porque não conseguia se desconectar da internet.

A indústria cumpre o seu papel. O lançamento de celulares, TVs e laptops nunca esteve tão acelerado, um cenário que, garantem os fabricantes, reflete o momento econômico e a vocação tecnológica do brasileiro, há muito tempo um recordista mundial de tempo de navegação na web.

Publicitários lembram que a lógica da indústria sempre foi a da obsolescência e que a propaganda, por si só, não cria necessidade de consumo, apenas estimula desejos.

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: