Arquivo do dia: junho 7, 2010

O novo iPhone 4G

O presidente da fabricante de eletrônicos americana Apple, Steve Jobs, apresentou hoje (7), em San Francisco, o iPhone 4, a nova geração de seu telefone multifuncional, cujas versões precedentes mobilizaram o setor.

“Demos o maior salto desde o primeiro iPhone”, declarou Jobs durante a apresentação do aparelho em uma conferência que reuniu a comunidade de designers de projetos de informática da Apple.

O iPhone 4 “estará à venda em 24 de junho em Inglaterra, França, Alemanha, Japão e Estados Unidos”, anunciou Jobs.

O presidente da marca afirmou ainda que o aparelho de 16 GB custará US$ 199, enquanto que o de 32 GB será vendido por US$ 299.

Jobs, que tem o costume de apresentar pessoalmente os novos aparelhos do grupo Apple, afirmou que o iPhone 4 conta com mais de 100 novas funções, entre elas uma câmera frontal que permite realizar vídeoconferências, seja com outros iPhones ou com um computador Macintosh.

O novo aparelho também conta com uma câmera de melhor qualidade, uma bateria com mais tempo de duração e uma tela com melhor resolução (128 pixels por centímetro), segundo Jobs.

“Há um número mágico de 300 pixels por polegada (118 pixels por centímetro) que é o limite da retina humana. Nós estamos além desse limite”, declarou.

Jobs disse ainda que a nova bateria permite ter 40% mais tempo de conversas que a versão anterior.Em relação ao tamanho do novo telefone, Jobs disse que o iPhone 4 – de 9,3 milímetros de espessura – é 24% mais fino que o modelo anterior, o iPhone 3G. “É realmente fino”, exclamou.

“É um dos desenhos mais bonitos. A comparação mais próxima é a bela câmera Leica”, disse.

A câmera fotográfica do iPhone 4 tem uma definição de 5 megapixels, contra apenas 3 da versão anterior.

Durante a conferência, o presidente da Apple ironizou o fato de diversos designers já conhecerem o modelo do iPhone 4 “porque algumas fotos passearam por aí”.

O site especializado Gizmodo revelou em abril o protótipo do novo aparelho, depois que um jovem engenheiro da Apple perdeu o desenho em um bar.

O projeto foi encontrado por um jovem de 21 anos que o vendeu ao site.

A Apple lançou seu primeiro iPhone em 2007 e desde então vendeu mais de 50 milhões de aparelhos.

Madoff: “As minhas vítimas mereceram”

Bernard Madoff, condenado a 150 anos de prisão por fraude financeira, disse aos seus colegas de cela que as suas vítimas “mereceram o que aconteceu, justamente por serem ricas e gananciosas”.

Segundo a rede americana CNBC, um presidiário perguntou a Madoff o que ele achava sobre as vítimas de sua fraude de US$ 65 bilhões.

Em resposta, o multimilionário afirmou: “Que se danem minhas vítimas. Aturei todos por vinte anos e agora cumpro 150 anos [de prisão]”, disse ele, de acordo com um artigo publicado também na New York Magazine.

“As pessoas continuavam a me oferecer dinheiro”, disse Madoff a um conselheiro da prisão, que deu recomendações a ele sobre como suportar a pena.

“Alguns clientes queriam investir e, caso eu dissesse que não, elas respondiam: ‘Então, você não é suficientemente bom?'”, declarou.

A reportagem da New York Magazine ainda revela que Shannon Hay, um traficante de drogas que estava preso na mesma cela de Madoff, contou que o multimilionário compartilhou com ele a sua versão dos fatos.

“Ele me contou a sua versão. Disse que tirava dinheiro de pessoas que eram ricas e gananciosas e que queriam ainda mais”, disse Hay, que foi libertado em dezembro passado.

A publicação ainda diz que Madoff é admirado na prisão, tem fãs e é visto como uma pessoa bem sucedida.

BrasilEconomico

Luan Santana seria menina, diz jornal “Sensacionalista”

//

Matéria do jornal “Sensacionalista”: Milhões de fãs do fenômeno da música sertaneja Luan Santana acordaram hoje se perguntando se vivem um pesadelo. O jovem cantor sul-mato-grossense, considerado o salvador da decadente indústria fonográfica, descobriu que carrega em seu corpo material genético compatível com o de uma mulher.

Após um exame de rotina realizado na última quinta-feira, Luan foi avisado pelos médicos que algo estranho havia acontecido na aferição dos resultados. Novos testes foram realizados sem conclusões definitivas. Foi quando um dos médicos decidiu fazer um exame pouco ortodoxo.

Luan foi levado até uma loja de bolsas e sapatos caros, e deixado lá com um cartão de crédito com limite de 8 mil reais. Luan não só estourou o limite do cartão como, na chegada ao shopping, não foi capaz de fazer baliza para estacionar o carro numa vaga de quatro metros de comprimento. No almoço, em uma churrascaria, comeu uma salada e pediu um brownie de sobremesa. De acordo com o Manual Merck de Confusão de Gênero, esses dados são inquestionáveis. Luan é mesmo mulher.

O exame confirma a suspeita que pairava há alguns meses sobre o cantor de “Meteoro” e “Minha Boca Você não Beija Mais”. Algumas fãs, como a auxiliar de manicure Keythiellen Miranda, não mostraram surpresa ao receber a notícia. “O Luan nunca teve pêlos no corpo, e sempre teve um quadril meio avantajado. Vou continuar ouvindo as músicas dele. Acho que é só mudar ‘ela’ por ‘ele’ nas letras e tocar a vida”.

Segundo uma pessoa próxima a Luan, a família já suspeitava. “A gente não falava nada para não influenciar. O sonho do pai sempre foi ter um filho homem. Infelizmente, não deu. Agora é torcer para ele virar lésbica. Parecer com a Thammy Gretchen ele já parece”.

Luiza Brunet posa completamente nua para revista

Luiza Brunet continua em plena forma. O mais novo ensaio sensual feito pela veterana comprova isso. Ousada, Luiza posou completamente nua, deitada de bruços em um sofá, para a ‘Homem Vogue’ de junho.

Foto: Divulgação

As imagens foram feitas pelo fotógrafo Bob Wolfenson.ela mostra as tatuagens espalhadas pelo seu corpo e veste lingeries e transparências. Luiza diz que não se importa com o assédio da imprensa. “Não fujo dos paparazzi; conheço cada um deles, e quando exageram ao ponto de perturbar minha paz, vou lá e peço educadamente que parem. Daí eles guardam suas câmeras e vão embora”.

Ela afirma que não pretende se casar mais uma vez: “Não penso em me casar outra vez”. E diz: “Não gosto de balada”. Luiza também elogia a filha, que trilha a carreira de modelo. “Yasmin é mais bonita que eu”.

Cada vez mais requisitada pela publicidade, Luiza Brunet também brilha durante o carnaval na Sapucaí à frente da bateria da Imperatriz.

Dor de Cabeça: comprimidos podem viciar

Para conseguir suportar as dores de cabeça que a atormentam dia sim, dia não, desde os 15 anos, a advogada Vanessa, 33, recorre logo aos analgésicos.

Sempre que o remédio deixa de fazer efeito, troca de marca ou princípio ativo. Nas crises mais fortes, consome até três comprimidos por dia.

Ela e muita gente. Em 2009, os brasileiros destinaram mais de R$ 1,5 bilhão para a compra de dipirona, aspirina e ibuprofeno, alguns dos analgésicos mais vendidos. Equivale a mais de 120 milhões de embalagens, segundo o IMS Health, que audita o mercado farmacêutico.

O uso abusivo e a automedicação levaram a Anvisa a suspender a exposição dessas drogas nas gôndolas.

No caso da dor de cabeça, o problema é mais grave, porque essas drogas têm efeito rebote: quanto mais a pessoa toma, mais dor tem. Uma análise de estudos publicada no “British Medical Journal” mostra que a ingestão em 15 dias do mês é suficiente para causar o efeito.

Cerca de 7% da população tem cefaleia crônica. É o grupo que sofre de dor mais de 15 dias ao mês -e está sujeito ao abuso de analgésicos.

O efeito rebote parece ser desencadeado pelo uso regular dessas drogas: tomar um comprimido todos os dias é mais arriscado do que ingerir três uma só vez por semana.

“A cefaleia de rebote também é comportamental. A ansiedade e o medo de ter dor trazem mais dor, não é só o uso do analgésico”, diz o neurologista Mario Peres, do hospital Albert Einstein.

SEMPRE NA BOLSA

O uso abusivo provoca efeitos colaterais, como hipertensão, gastrite e hepatite -além de dependência psíquica. Que o diga Vanessa: “Se não tiver o remédio na bolsa, já fico neurótica, achando que vou ter dor.”

“Tem gente que acha que vai ter dor e já toma aspirina. Isso, quatro vezes por semana. Alguns nem sabem que os analgésicos podem causar problemas sérios”, diz Irimar de Paula Posso, chefe da equipe de controle de dor da divisão de anestesia do Hospital das Clínicas.

A aspirina, por exemplo, inibe a produção das prostaglandinas, que protegem a mucosa gástrica e os rins. “Isso causa hipertensão e insuficiência cardíaca. Basta tomar todo dia”, diz Posso.

O paracetamol, por sua vez, pode produzir hepatite medicamentosa -principal causa de transplantes de fígado nos Estados Unidos.

APAGANDO INCÊNDIO

Em vez de apelar para paliativos, o certo é prevenir as crises. “É preciso saber os fatores desencadeantes. O analgésico só está apagando incêndio”, afirma Peres.

Se o abuso de analgésicos já é um fato, indica-se um tratamento de transição, com drogas que não causam efeito rebote ou que são utilizadas por pouco tempo, antes de atacar a origem da dor.

A interrupção do ciclo vicioso pode, sim, trazer sensações desagradáveis. Muitos analgésicos contêm altas doses de cafeína, e sua falta causa a chamada cefaleia de retirada. Por isso, é bom um acompanhamento médico para parar com essas drogas.

%d blogueiros gostam disto: