Arquivo do dia: maio 19, 2010

Assembléia gaúcha terá TV de sinal aberto a partir de junho

A Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul terá transmissões de programação própria a partir de junho, com sinal em televisão aberta. Para isso usará o mesmo canal da TV Câmara dos Deputados.
O acordo foi arrematado pelo presidente da Assembléia gaúcha, deputado estadual Giovani Cherini (PDT) e o presidente da Câmara dos Deputados, o deputado federal Michel Temer (PMDB).
Agora a Assembléia Legislativa gaúcha está com o compromisso de desenvolver uma programação compatível com o desafio de ter um canal de televisão aberta. A programação da TV Assembléia gaúcha é dirigida atualmente por Celina Canabarro, filha da ex-primeira dama do Estado, Neusa Canabarro.

Doente, Roberto Carlos adia shows

Em turnê internacional desde o dia 5 de abril, Roberto Carlos – que só interrompeu os shows por curto tempo quando veio ao Brasil se despedir da mãe, Lady Laura – sentiu uma contratura muscular no show que apresentou na Cidade do México, no último domingo (16/5) e teve que transferir os shows em Houston e El Paso (Estados Unidos), marcados para hoje (19/5) e amanhã (20/5) , para setembro. Seguindo recomendações médicas, o cantor ficará em repouso por três dias.

Segundo nota oficial publicada no site do artista, a dor foi a mesma que o atingiu em dezembro do ano passado antes da gravação do especial de final de ano para a Rede Globo.

Neste sábado (22/5), Roberto Carlos retorna ao palco em Chicago, e depois segue para Toronto, San Diego, Los Angeles, Guatemala, San Jose (Costa Rica), El Salvador (El Salvador), Bogotá e Medelin (Colombia).

Ainda segundo o site, Roberto Carlos já foi aplaudido por mais de 130 mil pessoas nesta turnê internacional com destaques para três shows na Cidade do México, no Auditório Nacional, com capacidade para 9.200 pessoas e na praça principal de Zacatecas, onde cantou para mais de 40 mil mexicanos.

Aprovado reajuste de 7,72% para aposentados

Em votação simbólica, os senadores aprovaram na noite desta quarta-feira (19) o reajuste de 7,72 % para os aposentados e pensionistas que recebem acima de um salário mínimo. A matéria agora vai à sanção do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva.

“Por uma questão de estratégia, estou deixando de mexer no fator previdenciário, que isso precisa ser feito. Eu recomendo a aprovação do projeto, ficando da forma que veio da Câmara”, afirmou o relator do projeto na Casa, o líder do governo, o senador Romero Jucá (PMDB-RR).

Com a estratégia do Senado, sobrou para o presidente Lula vetar a questão referente ao fator previdenciário. O termo foi criado em 1999, pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso, como forma de inibir aposentadorias precoces e reduzir o rombo da Previdência. Na prática, o fator previdenciário é um redutor do benefício, conforme o tempo de contribuição e a idade. O governo Lula já informou que não permitirá o fim do fator.

Antes de votarem o reajuste dos aposentados, os senadoresaprovaram por unanimidade, o projeto “Ficha Limpa”, que impede o registro de candidaturas de políticos com condenação por crimes graves após decisão colegiada da Justiça (mais de um juiz). Essas votações polêmicas aconteceram em uma sessão de cerca de 4 horas.

%d blogueiros gostam disto: