Mais benefícios do vinho contra os derrames


O consumo regular e moderado de vinho tinto pode proteger o cérebro dos danos associados ao derrame, segundo estudo recentemente publicado na revista científica Experimental Neurology.

Em testes com ratos, pesquisadores da Universidade Johns Hopkins, nos EUA, descobriram um mecanismo molecular que pode ajudar a explicar o efeito protetor do resveratrol – composto encontrado na casca e nas sementes das uvas vermelhas e associado aos benefícios cardiovasculares do vinho tinto.

Na pesquisa, os cientistas induziram um derrame isquêmico cortando o suprimento de sangue para o cérebro dos roedores, e descobriram que os animais alimentados com uma dose modesta de resveratrol duas horas antes sofreram muito menos dano cerebral do que os ratos que não ingeriram esse composto. “Nosso estudo aumenta as evidências de que o resveratrol pode, potencialmente, desenvolver uma resistência no cerebro ao derrame isquêmico”, destacou o cientista Sylvain Dore.

Entretanto, o composto da uva não teve efeitos protetores em ratos que não apresentavam heme-oxigenase – enzima que ajuda a proteger os neurônios e cujos níveis aumentam na presença do composto. “O resveratrol por si só pode não defender as células cerebrais dos danos dos radicais livres diretamente, mas, por outro lado, o resveratrol e seus metabólitos podem induzir as células a defenderem a si mesmas”, concluíram os autores.

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: