Secretário da Saúde de Porto Alegre é morto com cinco tiros


O secretário municipal da Saúde e ex-vice-prefeito de Porto Alegre, Eliseu Santos (PTB), foi encontrado morto, nesta noite, dentro do próprio carro, na rua Hoffmann, no bairro Floresta. O corpo permanece no local, cercado pela Polícia Civil e a Brigada Militar. Informações iniciais dão conta de que Eliseu foi morto com pelo menos cinco tiros ao deixar um culto religioso na Matriz da Assembléia de Deus na Capital, onde estava com a família. Segundo testemunhas, homens armados desceram de um Vectra e atiraram até sete vezes. O crime ocorreu a poucas quadras do ponto onde o ex-presidente do Conselho Regional de Medicina (Cremers), Marco Antônio Becker, foi assassinado, em 4 de dezembro de 2008.

“Está parecendo uma terra de bang-bang”, disse, perplexo, há pouco, o vice-prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, referindo-se às mortes de Becker e Eliseu. “O prefeito José Fogaça deve estar muito abalado pela perda. É um momento muito triste para todos nós”, acrescentou.

No ano passado, Eliseu revelou ter sido ameaçado de morte em meio à denúncia de pagamento de propina, por meio de um diretor da Pasta da Saúde, para manter vigente o contrato de segurança nos postos de saúde, com a empresa de vigilância Reação. O advogado da empresa, na época, disse também ter sido ameaçado.

Quem foi
Médico, Eliseu Felippe dos Santos formou-se pela UFRGS, com especialização em traumatologia e ortopedia, medicina do trabalho e desportiva.
Evangélico há três gerações, iniciado pelo avô e pelos pais, era ministro atuante na Igreja Evangélica Assembléia de Deus, onde pregava.
Eliseu Santos foi vereador de Porto Alegre, pelo período de 1993 a 1994, presidindo a Comissão de Saúde e Meio Ambiente, da Câmara. Foi eleito deputado estadual para a 49ª legislatura, (período 1995 a 1998), assumindo a presidência da Comissão de Saúde e Meio Ambiente, da Assembléia Legislativa. Na mesma legislatura, foi membro titular da Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia.
Reeleito deputado estadual para 50ª legislatura (período de 1999 a 2002) , foi reconduzido à presidência da Comissão de Saúde e Meio Ambiente, da Assembléia Legislativa.

Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Comentários

  • Tyrone  On março 1, 2010 at am:25 am

    Cito “Quanto vale ou é por quilo”um filme de sérgio Bianchi e verá como desenha um papel de duas épocas aparentemente diferentes, mas no fundo semelhantes na manutenção de uma perversa dinâmica, embalada pela corrupção impune, pela violência e pelas enormes diferenças sociais.
    Historiador

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: